Olhar para a história dos quadrinhos é olhar para a evolução da sociedade moderna. Ao longo das décadas de páginas, vemos as histórias e personagens frequentemente refletirem os grandes temas, esperanças e medos que se sentiam na época em que foram escritos.

Agora olhamos para o legado dos quadrinhos em matéria de representatividade e inclusão de importantes heróis e heroínas negros.

1. Pantera Negra

Pantera Negra

Criado por Jack Kirby e Stan Lee em 1966, Pantera Negra é um personagem marcante na história dos quadrinhos por ser considerado o primeiro super-herói negro.

Embora já existissem heróis negros como Lion Man em 1945 (da extinta All-Negro Comics, uma editora exclusivamente com artistas e escritores negros) ou Gabriel Jones do Comando Selvagem de Nick Fury, estes eram personagens heroicos sem superpoderes.

Pantera Negra foi assim inovador ao apresentar um super-herói negro com poderes extraordinários. O seu nome verdadeiro é T’Challa e Pantera Negra é o título concedido ao rei da nação africana de Wakanda, um reino ultra-avançado tecnologicamente.

T’Challa é um líder excepcional, um guerreiro feroz e uma das pessoas mais inteligentes do planeta. Os seus superpoderes são atribuídos a uma erva mágica em forma de coração que deve ser ingerida por todos os futuros reis de Wakanda. Esta poção mística criou uma ligação entre T’Challa e o Deus Pantera, que elevou todos os sentidos e atributos físicos do rei a níveis sobre-humanos.

2. Tempestade

Tempestade

Tempestade é uma das mais famosas personagens negras do mundo dos quadrinhos, e uma super-heroína com uma das histórias e personalidade mais complexas do mídia. Mesmo antes de descobrir que era mutante, Ororo já tinha um legado familiar impressionante: ela é descendente de uma linha de sacerdotisas africanas.

Graças aos seus poderes mutantes, Ororo já foi venerada como deusa da chuva por várias tribos africanas. Mas o altruísmo falou mais alto e Tempestade largou o papel de divindade. Ela decidiu usar seus poderes para o bem de toda a humanidade e assim se juntou aos X-Men, tornado-se o primeiro membro afro-americano do grupo.

Ororo viria a tornar-se uma das melhores líderes dos X-Men e já foi rainha de Wakanda ao lado do seu marido T’Challa. O seu poder mutante é a manipulação do clima, conseguindo facilmente fazer chover, nevar, criar nevoeiro, trovoada e furacões, entre vários outros fenômenos meteorológicos.

3. Super Choque

Super Choque

Super Choque foi criado em 1993 por Dwayne McDuffie e John Paul Leon mas foi com a série animada dos anos 2000 que o herói se tornou realmente popular. Super Choque era Virgil Hawkins, um adolescente nerd que adorava quadrinhos quando uma catástrofe transformou sua vida para sempre.

Da noite para o dia, Virgil ganha superpoderes eletromagnéticos e adota o nome de Super Choque. Ele possui os superpoderes de absorver, gerar e manipular energia eletromagnética que pode usar como ataque (lançando raios das suas mãos, por exemplo) ou como defesa através da criação de escudos protetores.

Virgil continua a defender a sua cidade de criminosos mas também faz parte dos Jovens Titãs.

4. Luke Cage

Luke Cage

O homem da pele inquebrável é cada vez mais famoso graças à parceria Marvel / Netflix. Mas a sua criação data de 1972, em Luke Cage, Hero For Hire #1 uma HQ que fez história nos quadrinhos: ele foi o primeiro super-herói negro a estrelar na sua HQ.

Foi também nas páginas de Luke Cage que, pela primeira vez, existiu a representação das tensões políticas da comunidade negra nos Estados Unidos da América. Este era um super-herói que lidava com políticos corruptos, gangues com vasto poder e influência e policiais tão ou mais criminosos como aqueles que perseguiam nas ruas.

Este icônico personagem começou como Carl Lucas, um jovem que foi preso injustamente apesar de ser inocente. Na prisão, ele foi submetido a experimentos científicos (sabotados por um guarda preconceituoso) que acabaram por lhe dar superforça e pele inquebrável. Quando ele escapou da prisão, adotou o nome de Luke Cage e usou os poderes para se tornar um herói de aluguel.

5. Vixen

Vixen

Mari McCabe é uma super-heroína africana que também já teve uma carreira como modelo internacional. Os seus superpoderes têm uma origem divina e surgem através da sua ligação a um artefacto sobrenatural: o Tantu Totem. Este objeto mágico foi dado aos seus antepassados pelo deus africano Anansi, e tem a capacidade de fazer Vixen usar as habilidades de qualquer animal que quiser.

Com o Tantu Totem, Mari consegue invocar a velocidade de um leopardo, a força de um urso, e voar como uma águia. O reino animal e a sua imaginação são tudo o que precisa para se transformar na feroz Vixen, Ela já trabalhou em missões solo mas pertence à Liga da Justiça Internacional e já fez parte do Esquadrão Suicida.

6. Blade

Blade

Blade é um dos heróis mais badass de todo o universo dos quadrinhos. Sua vida começou de forma bizarra e trágica quando, durante o parto, sua mãe foi mordida fatalmente por um vampiro que se fez passar por médico.

Este ato cruel transformou o sangue do bebê, passando para a sua corrente sanguínea enzimas que o tornaram imune a mordidas de vampiros, uma sensibilidade única para o mundo sobrenatural e uma resistência ao envelhecimento.

Foi assim que o então bebê Eric Brooks se transformaria em um dhampir, um ser que foi tocado pelo vampirismo mas não convertido, algo normalmente conhecido por ser meio-vampiro. Eric cresceu com um ódio profundo por vampiros e a sua missão de vida se tornou a erradicação desta espécie. Muitos anos mais tarde, o caçador de vampiros se tornaria naquilo que mais odeia quando foi mordido por Morbius, um vampiro diferente da sua espécie.

Blade ganhou muitos dos poderes tradicionais dos vampiros sem sofrer com as suas fraquezas. Isso significa que a luz solar não o afeta e possui força, sentidos e estamina acima de um humano e ainda fator de cura acelerado.

7. John Stewart (Lanterna Verde)

John Stewart

John Stewart fez história na DC Comics por ser o primeiro super-herói afro-americano da editora. Criado em 1971 por Dennis O’Neal e Neal Adams, John Stewart é um veterano da Marinha dos Estados Unidos e um arquiteto que serviu como substituto de Hal Jordan na Tropa dos Lanternas Verdes.

Stewart viria a tornar-se um Lanterna Verde a tempo inteiro nos anos 80 e para muitos é considerado o melhor nesse cargo, graças às várias séries animadas em que ele foi representado. O anel do Lanterna Verde dá o poder ao seu usuário de criar o que quiser, voar e uma invulnerabilidade quase total.

O super-herói dedicou sua vida a combater as injustiças em todo cosmos e se tornou o primeiro humano Guardião do Universo, uma raça de imortais que fundou a Tropa dos Lanternas Verdes.

8. Falcão

Falcão

A primeira aparição de Falcão aconteceu em setembro de 1969 e foi o primeiro super-herói afro-americano dos quadrinhos. Além dessa estreia, foi também a primeira vez que um super-herói negro não tinha a palavra “negro” no seu título.

Seu uniforme cibernético e suas asas foram construídos pelo Pantera Negra, dando ao herói a capacidade de voar, resistência a pequenas armas de fogo e ver coisas através de infravermelhos. Sam Wilson tem uma amizade lendária com Steve Rogers, sendo um aliado vital no espaço aéreo que o Capitão América não alcança. Em uma época de grandes dificuldades para Rogers, foi Falcão quem o substituiu no papel de Capitão América.

Sam Wilson tem uma ligação telepática com Asa Vermelho, o seu falcão treinado, e consegue ver através dos seus olhos. Treinado por Steve Rogers, Falcão é um guerreiro de excelência com os sentidos aguçados que provaram ser valiosos quando se tornou um Vingador.

9. Raio Negro

Raio Negro

O super-herói da DC Comics foi criado em 1977 por Tony Isabella e Trevor Von Eeden e fez história ao tornar-se o primeiro super-herói afro-americano a ter a sua própria HQ solo. Raio Negro tem o poder de criar e manipular campos eletromagnéticos e usar eletricidade de várias formas, contando com uma longa lista de superpoderes relacionados com a eletricidade.

Um antigo atleta Olímpico e professor, Jefferson Pierce virou um super-herói quando um dos seus alunos foi assassinado por um grupo criminoso. Raio Negro dedicou-se a proteger os habitantes da frágil comunidade de Beco do Suicídio e a eliminar as ameaças criminosas, especialmente focados na luta contra o tráfico de droga. É também membro da Liga da Justiça e dos Renegados.

10. Misty Knight

Misty Knight

Uma personagem que encarna os anos 70 americanos, Misty Knight marcou pela diferença com sua atitude e determinação. Ela foi uma policial nova-iorquina até que, durante um assalto a um banco, uma bomba explodiu e obrigou a uma amputação do seu braço direito. Ela viria a recuperar com um braço biônico construído por Tony Stark que lhe deu superforça e ânimo para mudar sua vida.

Sua grande amiga Colleen Wing foi essencial na sua recuperação e juntas criaram uma agência de investigação privada chamada Filhas do Dragão. Eram frequentes as colaborações entre elas e os Heróis de Aluguel de Luke Cage e Punho de Ferro, chegando ao ponto de Misty liderar uma nova versão desta agência.

11. Manto

Manto

Tyrone Johnson cresceu em um bairro muito pobre mas seu futuro era promissor graças ao seu sucesso na escola. Mas ele sofria de um problema de fala que se viria a revelar trágico, e lhe roubaria o seu melhor amigo quando a polícia confundiu Billy com um ladrão.

Sentindo-se responsável pela morte de Billy e temendo a polícia, Tyrone fugiu para Nova Iorque onde virou sem-teto. Foi nessa cidade que ele conheceu Tandy Bowen, uma adolescente rica que tinha fugido de casa, e rapidamente ficaram amigos. Ambos se tornaram vítimas de um cientista criminoso quando foram cobaias forçadas de uma nova droga sintética, da qual conseguiram escapar com poderes.

Tyrone viu seu corpo transformado em escuridão pura e em um portal para a Dimensão Negra. Ele também consegue manipular a energia da Dimensão Negra, usando-a para se tornar intangível, absorver a energia vital de inimigos e enviá-los para esse mundo de escuridão. Tyrone adotou o nome de Manto e Tandy passou a ser Adaga e juntos protegem crianças e adolescentes de criminosos, em uma luta incessante contra o mundo da droga.

12. Cyborg

Cyborg

Um dos super-heróis mais icônicos da DC Comics, um dos fundadores da Liga da Justiça e um famoso membro dos Jovens Titãs. Victor Stone nunca sonhou ser um super-herói mas uma invasão alienígena abriu o seu caminho para o heroísmo, ironicamente quando ele ficou severamente ferido.

Atingido por um raio energético que quase desfez todo seu corpo, Victor foi salvo pelo seu pai, que reconstruiu o filho com componentes cibernéticos. Ele renasceu como meio-homem, meio-máquina, algo que o afeta profundamente e faz Cyborg temer a perda de toda a sua humanidade.

Mas com um organismo cibernético, o adolescente descobriu as suas novas capacidades e poderes incríveis. Os implantes tecnológicos deram-lhe uma superforça tremenda, o seu corpo robótico dá a ele uma elevada resistência a dano, os seus braços podem ser reconfigurados para se transformarem em armas variadas, e consegue voar.

Além destes poderes, Cyborg consegue se comunicar e manipular com quase todas as formas de tecnologia, dando-lhe acesso a vasta informação e a possibilidade de interceptar os sistemas inimigos.