O Universo Marvel mergulhou no caos após a revelação de que Capitão América sempre foi um agente da Hydra. Muitos fãs têm protestado contra esta ideia e colocando em causa toda a história do super-herói.

Com toda a indignação em torno de Steve Rogers, olhamos agora para os super-heróis da Marvel e DC Comics que caminharam para o lado negro.

1. Adrian Veidt (Ozymandias)

Ozymandias

Adrian Veidt, o super-herói Ozymandias, é uma das figuras principais e mais controversas de Watchmen. Aquele que foi considerado o homem mais inteligente do mundo, revelou também ser capaz de sacrificar milhões de pessoas em nome da paz global.

Sabemos que Ozymandias tinha sido um vigilante contra o crime, mas não sabemos durante quanto tempo ele dedicou ao seu grande plano que o viria a tornar um vilão. Compreender a verdadeira natureza de Adrian Veidt veio com um alto custo para Rorschach, e levou os leitores a perguntarem “será que os fins justificam os meios?”

Conheça melhor Rorschach, o terror do submundo!

2. Jean Grey

Jean Grey

A saga da Fênix Negra é considerada a história dos quadrinhos por excelência da transformação de um herói em vilão. Jean Grey foi um dos primeiros membros da primeira equipe de X-Men e seus vastos poderes mentais faziam dela uma mutante poderosíssima.

Mas nada podia preparar Jean ou os X-Men do poder inacreditável da Fênix Negra. Quando a Jean foi consumida pela Fênix, a mutante não resistiu à corrupção através do poder milenar da entidade.

Jean Grey renasceria como Fênix Negra, abandonando a sua identidade e abraçando os desejos da entidade. Devorando a energia de estrelas, ela causou a destruição de um sistema planetário e ameaçou todo o universo.

Os X-Men tentaram de tudo para travar a Fênix, mas, no final, foi Jean Grey quem colocou um ponto final à devastação. Durante um breve momento, Jean conseguiu voltar à sua verdadeira identidade e se suicidou para libertar o mundo da Fênix Negra.

Descubra quem são as super-heroínas mais poderosas dos quadrinhos

3. Hal Jordan

Hal Jordan

Um dos mais icônicos Lanternas Verdes, Hal Jordan caminhou para o lado negro devido a uma tragédia. Hal enlouqueceu quando viu a sua cidade e todos os habitantes serem destruídos por Mongul, um conquistador alienígena.

Ele decide recriar toda a cidade novamente com o poder do seu anel, algo que o leva a enfrentar julgamento em Oa. E é aqui que a sua passagem para vilão se inicia: Hal Jordan mata toda a Tropa dos Lanternas Verdes e assume a identidade de Parallax.

Durante anos Hal Jordan causou problemas para outros Lanternas, a Liga da Justiça e ameaçou até reconstruir o universo, com sua obsessão de impedir que tragédias como a da sua cidade voltassem a ocorrer.

Mais tarde foi revelado que Parallax era uma entidade que tinha possuído Hal Jordan e era a responsável por toda a destruição causada em seu nome. Parallax é um parasita que representa o Medo e busca espalhar a devastação no universo.

5 fatos essenciais sobre o Anel do Lanterna Verde

4. Bishop

Bishop

Uma história verdadeiramente chocante é a jornada épica e trágica de Lucas Bishop. Nascido em um futuro alternativo onde os Sentinelas controlavam a América do Norte, Bishop cresceu com uma admiração total pelos X-Men.

Graças a um acidente, Bishop viaja até o passado onde conhece os seus heróis e se declara o guarda-costas do Professor Xavier. Antes desta viagem, Bishop tinha descoberto uma gravação antiga de Jean Grey onde a mutante falava de um traidor dentro dos X-Men. Agora fazendo parte da equipe, Bishop estava determinado em descobrir a identidade do judas mutante.

Quando Feiticeira Escarlate retirou os poderes a milhões de mutantes, o futuro nunca pareceu tão negro para os portadores do gene X. Durante muito tempo não nasceram novas crianças mutantes e se acreditava que esse era o fim para a espécie. Mas Hope Summers veio trazer a esperança com o seu nascimento: a primeira bebê mutante desde o lançamento da maldição.

Mas esta esperança trazia também a possibilidade do perigo em si mesma. Bishop e um grupo chamado os Purificadores acreditavam que ela seria a responsável pelo fim da liberdade dos mutantes. Segundo eles, Hope mataria milhões de humanos em apenas 6 minutos, criando uma nova era de perseguição aos mutantes e originando o futuro de onde Bishop tinha surgido.

Cable acreditava que Hope era a salvadora dos mutantes e da Humanidade, e fez de tudo para a proteger das tentativas de assassinato. Querendo a morte da bebê a todo o custo, Bishop acabou por se revelar como o traidor dentro dos X-Men. A sua descida à vilania seria marcada por uma perseguição através do tempo em busca de Cable e Hope Summers.

Tudo o que você precisa saber sobre Cable, o mutante viajante do tempo

5. Superman

Superman mata o Coringa

O Homem de Aço pode ser conhecido por representar o melhor de todos nós mas o seu passado está marcado por ações questionáveis e algumas realmente malignas.

Mas a história que demonstra o quão terrível o Superman se pode tornar está curiosamente relacionada com o maior vilão de Batman: o Coringa. No arco narrativo de Injustiça: Deuses Entre Nós, o Coringa sequestra Lois Lane e coloca um mecanismo no seu coração capaz de detonar uma bomba nuclear.

Horas depois, Superman e a Liga da Justiça vão ao submarino do Coringa mas, mais uma vez, o vilão pensou em tudo. Confundindo o super-herói com um gás, Superman vê Apocalypse e agarra nele, levando o vilão para o espaço.

Quando o efeito do gás passa, Superman vê quem verdadeiramente trouxe consigo: Lois Lane. Fora da atmosfera terrestre, ela morre nos braços de Clark e leva junto consigo o filho que carregava no ventre. Quando o coração de Lois pára de bater, a cidade de Metropolis desaparece com a explosão da bomba nuclear.

Com a destruição da sua família e da sua cidade, Superman é levado à loucura total. O super-herói assassina o Coringa e decide que o mundo precisa de uma nova ordem mundial. Ele se transforma no ditador deste novo mundo, levando vários heróis a se revoltarem contra o Homem de Aço.

Descubra a origem misteriosa do Coringa, o Rei Palhaço do Crime

6. Homem de Ferro

Homem de Ferro lutando contra Capitão América

Tony Stark já teve várias atitudes que o levaram a ser visto como anti-herói ou até mesmo um vilão. O Homem de Ferro pode ser um super-herói extremamente popular no cinema, mas ele se tornou o personagem mais odiado da Marvel durante a primeira Guerra Civil.

Ele liderou facção que apoiava o Ato de Registro dos Super-Heróis, acreditando que era necessário que os heróis revelassem suas identidades. Stark levou a ideia do bem maior ao extremo, sacrificando amizades e criando a discórdia que fraturaria todo o Universo Marvel.

Um dos pontos mais baixos de Stark durante a guerra foi quando ele usou um fio de cabelo de Thor para criar um clone robótico. Com a ajuda de Reed Richards, Stark construiu o robô para combater os heróis que estavam contra a nova lei. Mas este clone de Thor não possuía a moral do verdadeiro herói e acabou por matar brutalmente um Vingador.

A morte desse Vingador manchou a reputação de Tony Stark mas este se manteve determinado com seu plano. Chegou ao ponto de Danny Rand, se fazendo passar pelo Demolidor, jogar prata aos pés de Tony em uma referência às 31 moedas que Judas recebeu por trair Jesus Cristo.

Além da Guerra Civil e ao longo da sua história, o Homem de Ferro teve momentos de moral questionável como a criação dos Illuminati. Este supergrupo secreto foi o responsável pelo envio forçado de Hulk para fora do planeta Terra. Esta ideia de Stark viria a correr muito mal, mais uma vez caindo na sua própria arrogância.

Os 8 vilões mais implacáveis na história do Homem de Ferro

7. Superboy Prime

Superboy Prime

Nos vários universos da DC Comics existe um mundo onde a nossa Terra está representada e os super-heróis são apenas ficção. É nesse mundo que surge o Superboy Prime (também conhecido como Superboy Primordial), um jovem com os poderes do Superman.

Durante o evento Crise das Terras Infinitas, Superboy foi parar a uma dimensão juntamente com Superman, Lois Lane da Terra-2 e Lex Luthor da Terra-3. Durante anos aprisionado nessa dimensão onde o tempo não passava, Superboy permaneceu um garoto sem nunca poder alcançar o seu sonho de ser Superman.

Frustrado por não conseguir sair dessa dimensão, ele quebra a barreira da realidade e inicia uma série de eventos terríveis em conjunto com Alexander Luther. Superboy Prime matou vários membros dos Jovens Titãs naquele que foi o início da sua ascensão a vilão.

Ele fez parte da Tropa Sinestro e mesmo após ter sido aprisionado pelos Guardiões do Universo, ele conseguiu escapar e continuar a espalhar o terror.

Conheça Superman Prime, a versão mais poderosa do Superman

8. Anjo / Arcanjo

Arcanjo

Warren Worthington III foi um dos membros fundadores dos X-Men onde ficou conhecido como Anjo. Mas o mutante aparentemente divino desceria ao inferno quando as suas asas foram amputadas após um ferimento grave em batalha.

Sem suas asas, Warren caiu em uma depressão profunda e tentou o suicídio. Todos julgaram que ele tinha morrido mas, na realidade, Anjo tinha sido salvo pelo supermutante Apocalipse. Este ser ancestral deu novas asas metálicas a Warren e tornou ele em um dos seus Cavaleiros do Apocalipse.

Após servir o vilão em vários atos terríveis, Anjo se liberta do pacto e retorna à sua identidade verdadeira. De novo junto com os X-Men, Warren decide mudar seu codinome para Arcanjo. A experiência sombria com Apocalipse transforma drasticamente a personalidade de Warren, sendo agora alguém capaz de matar sem pensar duas vezes.

Durante a saga do Anjo Negro, Warren cedeu perante os seus demônios interiores e se transformou em uma nova versão do Apocalipse. Arcanjo tem até os seus Cavaleiros do Apocalipse com quem batalhou contra os X-Men, incluindo o amor da sua vida: Psylocke. No final, seria ela a sua salvação.

Desde que Arcanjo despertou em Warren que o mutante tem vivido uma batalha contínua entre o seu lado negro e o seu lado luminoso, oscilando entre Anjo e Arcanjo.

Saiba mais sobre Anjo, o mutante divino dos X-Men

9. Reed Richards (Universo Ultimate)

Reed Richards

A versão Ultimate do Senhor Fantástico é o maior vilão desse universo alternativo. Embora o Reed Richards da Terra-616 seja um personagem com uma história com momentos de moral duvidosa, o seu contraparte mais jovem é verdadeiramente um cientista louco.

Após vários eventos dramáticos, Reed Richards mudou completamente a sua visão do mundo, entrando em uma espiral de loucura. Ele cometeu uma série de crimes muito graves (incluindo o assassinato da sua família) até ser travado por super-heróis e enviado para a Zona Negativa.

Quando conseguiu retornar à sua realidade, Reed criou uma sociedade de super-humanos a que chamou de Filhos do Amanhã. Richards assumiu também o codinome de Criador e lançou o terror a uma escala mundial.

Sob o seu comando, os Filhos de Richards matariam todos os Asgardianos em busca da origem do poder de Thor. Como Criador, Richards acreditava que ele iria transformar a Terra em um lugar melhor sob o a sua liderança intelectualmente avançada. Custasse o que custasse.

9 pensamentos inspiradores de personagens da Marvel

10. Jason Todd

Capuz Vermelho

Jason Todd apareceu como o segundo Robin após Dick Grayson se transformar em Asa Noturna. Mas infelizmente, este novo Robin não duraria muito tempo graças ao infame Palhaço do Crime. O Coringa assassinou Todd na aclamada história Morte em Família.

Após vários anos, Jason Todd voltaria a aparecer em Gotham graças à Crise nas Terras Infinitas. O antigo Robin retornou à vida e foi encontrado desmaiado na estrada. Após um longo período em coma, Jason acordou com danos cerebrais e parcialmente catatônico.

Jason fugiu do hospital e passou a viver nas ruas, onde foi reconhecido e levado até Talia al Ghul. A filha do Cabeça de Demônio mergulhou o antigo Robin no Poço de Lázaro, restaurando o seu corpo e memórias. Mas devido a todo o trauma, Jason continuou sofrendo de instabilidade mental, algo que mudaria drasticamente a sua identidade.

Todd assumiu o codinome de Capuz Vermelho e demonstrou uma raiva profunda contra o seu antigo mentor. Ele nunca perdoou a Batman por este não ter assassinado o Coringa como vingança pela morte do jovem.

Como Capuz Vermelho, Todd assumiu o controle do tráfico de droga em Gotham, dominando vários gangues da cidade. Recusando os ideais de Batman, Capuz Vermelho usa a força brutal contra os criminosos, preferindo pagamentos sanguinários a uma sentença de prisão.

Em Novos 52, Jason Todd foi transformado em uma figura de anti-herói em vez de um verdadeiro vilão. Embora com um temperamento perigoso e usando seus próprios métodos, Todd faz parte da Bat Família.

Conheça os 17 vilões mais icônicos do Batman

11. Demolidor

Demolidor

Matt Murdock sempre foi um herói sombrio mas o Tentáculo transformaria o Demolidor em um vilão. Em uma viagem ao Japão, o super-herói assumiu o controlo d’O Tentáculo e retornou a Nova York decidido a usar a organização para o bem.

Murdock construiu a sua nova fortaleza em Hell’s Kitchen que chamaria de Terra das Sombras. Este quartel-general funcionava também como uma prisão para todos aqueles que fossem uma ameaça ao seu domínio.

Os seus amigos notaram algo diferente em Matthew que agora exibia um comportamento muito mais agressivo e perigoso. A sua brutalidade chegou ao ponto de até matar o Mercenário a sangue frio e tentar matar Foggy Nelson, seu melhor amigo

Os seus amigos descobriram então que Murdock tinha sido possuído por um demônio do Tentáculo. Graças aos poderes de Punho de Ferro, o Demolidor se libertou da influência do demônio e abandonou a liderança d’O Tentáculo.

Os 10 principais vilões da história do Demolidor nos quadrinhos

12. Bucky Barnes

Soldado Invernal

O amigo mais leal de Steve Rogers foi dado como morto durante décadas até uma terrível descoberta acontecer. Bucky Barnes estava vivo durante todo esse tempo e trabalhando como agente secreto da Hydra.

O antigo aliado do Capitão América tinha sido sequestrado e submetido a experimentos científicos que forçaram a sua obediência à Hydra. Com a identidade de Soldado Invernal, Bucky se tornou um dos principais assassinos da organização terrorista, causando um impacto terrível durante a Guerra Fria.

Foi necessário o Capitão América usar um Cubo Cósmico para restaurar as memórias do velho amigo. A sua experiência de décadas como Soldado Invernal transformou Bucky em alguém com uma visão endurecida do mundo, sendo dos primeiros a aceitar fazer algo em nome do bem maior.

Quem pode ser o próximo Capitão América no cinema?