2016 não foi somente um ano pesado e marcante em mortes de figuras célebres mas também de super-heróis amados. Redescubra agora quais os personagens que partiram recentemente das páginas dos quadrinhos.

Superman (Novos 52)

morte do Superman

Clark Kent dos Novos 52 teve a sua morte anunciada pela DC meses antes de acontecer. A editora planejou a morte deste Superman de forma a lançar novas histórias para a série Rebirth.

Em Superman #52 de Peter J. Tomasi, o Último Filho de Krypton morre de envenenamento por kryptonita. Salvando o mundo por uma última vez, Clark Kent dos Novos 52 morre devido aos efeitos cumulativos das suas aventuras em Apokolips.

Esse Superman não tem a Matrix da Regeneração, o que torna impossível o seu retorno do mundo dos mortos.[LEITURA-RELACIONADA=1280 "Fique por dentro de TODOS os poderes do Superman!"]

Superwoman

morte da Superwoman

Lois Lane encarnando o papel de Superwoman foi algo ansiado pelos fãs mas rapidamente destruído nas páginas do seu primeiro número. Lois estava presente durante a morte do Superman dos Novos 52 quando aconteceu uma explosão de energia final. Tanto Lois Lane como Lana Lang foram atingidas e absorveram poderes em esse acontecimento.

O paralelismo entre a morte de Lois com a morte de Superman é evidente quando, nos seus últimos momentos, Lois vê Clark. Na sua visão, ela declara que finalmente entende algo sobre a morte dele.

Máquina de Combate

Thanos matando Máquina de Combate

Em Guerra Civil 2, a Capitã Marvel usa os poderes de Ulysses para tentar travar o supervilão Thanos. Mas a consequência dessa ação é a morte de Máquina de Combate às mãos do vilão intergalático.

Esta tragédia tem um impacto muito significativo nessa nova guerra civil. James Rhodes era o melhor amigo de Tony Stark e o namorado de Carol Danvers. A sua morte afastou ainda mais os dois super-heróis, extremando as posições de ambos em esse novo conflito.

Hulk

morte do Hulk

Uma morte que deixou o público louco foi a de Bruce Banner pela seta do Gavião Arqueiro. Ulysses teve uma visão do Hulk descontrolado e matando vários heróis, algo que perturbou Bruce profundamente. Ele fez um acordo com Clint para que este o matasse quando a sua transformação em Hulk estivesse iminente.

Passando os últimos meses a medicar-se para controlar a sua raiva, Bruce tentava convencer Stark e Danvers de que conseguia não se transformar em Hulk. Quando começa a ficar agitado, uma seta surge e coloca um fim na vida de Bruce.

Clint entrega-se à justiça e é absolvido, com a opinião geral de que ele evitou uma tragédia futura com essa morte.

Vin Vision

Visão

Visão criou a sua família sintetizada com a esperança de ter uma vida tão normal quanto possível. Mas em uma família de super-heróis, a tragédia não se fez esperar por muito tempo.

O seu filho Vin foi morto acidentalmente por Victor Mancha quando este espiava a família de Visão, tendo sido enviado pelos Vingadores. Agatha Harkness tinha previsto que Visão iria tornar-se maléfico e os super-heróis queriam impedir isso.

Mas, como frequentemente acontece com as premonições dos quadrinhos, foi a interferência dos Vingadores que causou a transformação de Visão.

Victor Mancha

Virginia mata Victor Mancha

Após destruir inadvertidamente o filho de Visão, o super-herói sintezóide está cego de raiva e decide matar Victor Mancha. Os Vingadores tentam tudo para impedir a vingança dele mas todos são surpreendidos pela aparição de Virginia, a mulher de Visão.

Uma mãe em sofrimento profundo, Virginia arranca o coração de Mancha. As últimas palavras do jovem foram “eu não serei Victorious”. Isto é particularmente significativo tendo em conta a origem e profecia de Victor. Criado por Ultron, Victor iria crescer para se tornar o super-herói Victorious, infiltrando assim nos Vingadores com o objetivo de destruir a equipe.

Morrendo antes de cumprir o seu destino, Victor Mancha deixa este mundo em paz, sabendo que nunca irá ser o assassino profetizado.

Homem-Múltiplo

Homem-Múltiplo morrendo

A primeira vítima da névoa terrígena é Jamie Madrox, o mutante conhecido como Homem-Múltiplo. Momentos antes de morrer, Madrox avisa Ciclope e Emma Frost que a névoa terrígena é fatal para os mutantes.

A sua morte é particularmente horrível devido ao seu poder mutante: existem inúmeras cópias de Madrox mortas e ele sente cada uma dessas mortes antes de finalmente morrer de vez.

Ciclope

Ciclope morrendo nos braços de Emma Frost

A morte de Ciclope foi algo orquestrado pela Marvel de uma forma que ninguém esperava. No final da minissérie Death of X, Raio Negro e Medusa confrontam Ciclope e o rei dos Inumanos mata o mutante.

Mas, na verdade Ciclope estava morto há muito tempo e o Scott Summers que vimos durante a minissérie era uma projeção mental de Emma Frost. O verdadeiro Ciclope morreu no primeiro número de Death of X, na Ilha Muir onde tinha encontrado o Homem-Múltiplo moribundo.

Após o contato fatal com a névoa terrígena, Scott implora a Emma: “Nós… não podemos… não pode acabar assim. Não deixe isso terminar, Emma!”. A namorada de Scott acredita que a luta dos mutantes não pode acabar desse jeito e sabe que eles precisam de um líder. Ciclope é esse líder – e mártir – e Emma fabrica assim um Scott Summers brutal que inicia uma guerra com os Inumanos.

Apolo

Apolo no Inferno

O retorno de Meia-Noite e Apolo em Rebirth foi muito antecipado pelos fãs do casal gay mais incrível dos quadrinhos. Mas eles seriam separados com a morte de Apolo às mãos de Mawzir. O pior de tudo? Meia-Noite assistiu a tudo, sem conseguir salvar o seu namorado, estando aprisionado por Henry Bendix.

Mais tarde, vemos Apolo acordar no Inferno, havendo a esperança que ele consiga retornar do mundo dos mortos.