Luke Cage: 22 easter eggs e referências que você não pode perder

Se você já assistiu a Luke Cage e quer saber se pegou todos os detalhes e easter eggs, esta lista é para você!

Tem Stan Lee, visual clássico dos quadrinhos, referências ao Homem-de ferro, Vingadores e muito mais nessa super lista que fizemos para você que amou Luke Cage. Você acha que a gente esqueceu de algum?

1. Stan Lee

Cameo Stan Lee

Um cameo de Stan Lee é um elemento obrigatório em qualquer produção Marvel. E em Luke Cage, o grande mestre dos quadrinhos não faltaria.

No episódio 12, é possível ver uma foto de Stan Lee em um pôster na rua e com a frase “Viu um crime? Denuncie”.

2. Colleen Wing

Claire

No episódio final, vemos Claire tirando um papel de um anúncio de aulas de artes marciais para autodefesa. O nome da professora parece ser Colleen Wing, um nome bem conhecido dos fãs dos quadrinhos.

Colleen Wing e Misty Knight formaram as Filhas do Dragão, uma dupla de heroínas que lutam contra o crime no Harlem. Vamos poder assistir à introdução de Wing na série Punho de Ferro.

3. O antigo visual de Luke

Luke Cage

O visual clássico de Luke fez uma aparição bem engraçada no episódio que mostrou a sua fuga da prisão. Ao escapar de Seagate, Luke encontra roupa secando e rouba uma camisa amarela e umas calças ao estilo dos anos 70. Para compor esse visual extravagante, Luke ainda tinha as suas correntes de presidiário nos braços e a tiara prateada do experimento científico.

Foi um momento que fez todo o fã dos quadrinhos rir muito ao lembrar das escolhas de moda antigas de Luke.

4. Power Man

Pop

O nome Power Man é outro dos codinomes de Luke dos quadrinhos. Na sua série, vemos Pop chamar Cage de Power Man, mas o herói não parece gostar disso.

5. O rival tecnológico de Tony Stark

Hammer

As Indústrias Hammer surgem várias vezes na série através do armamento que Cottonmouth usa. Não só trabalham com armas mais tradicionais, como a criação das balas Judas se deve à empresa rival de Tony Stark.

As Indústrias Hammer pertencem ao vilão Justin Hammer, antigo rival de Stark em Homem de Ferro 2.

6. Homem de Ferro 3

Luke Cage

A cena em que Luke defende o restaurante chinês e deixa o último bandido fugir é inspirada numa cena parecida de Homem de Ferro 3. Cheo Hodari Coker, o produtor da série, confirmou isso mesmo.

7. Heróis de Aluguel

Heróis de Aluguel

É um fato antigo dos quadrinhos que Luke é pago pelos serviços heroicos que presta à comunidade. Ele e Punho de Ferro têm sua própria agência – Heróis de Aluguel – dedicada a esse negócio.

Na série, Luke se recusa a receber pelas boas ações praticadas. Vários personagens comentam isso para ele, referindo que ele podia ganhar dinheiro por combater criminosos. Mas nessa primeira temporada, Luke não está nem um pouco interessado nisso.

8. O braço biônico de Misty

Misty Knight

Na HQ, Misty Knight perde seu braço e recebe um protótipo robótico de Tony Stark.

Os fãs pensavam que iam ver Misty com seu braço biônico nos últimos episódios da temporada, mas isso não acontece. A policial quase perde o membro, mas Claire Temple o salva a tempo.

8. Demolidor

Demolidor

São várias as vezes que Claire menciona que conhece “um advogado muito bom que pode ajudar”. Ela podia estar se referindo a Foggy Nelson (que ela também conhece), mas na verdade está falando de Murdock.

Existe também uma conversa entre Claire e Luke sobre os diferentes tipos de justiça, e o próprio Cage se refere ao Demolidor como um cara mascarado em Hell’s Kitchen que anda batendo nas pessoas.

9. Jessica Jones 

Jessica Jones

Ao contrário do esperado, são poucas as referências a Jessica Jones, e as que existem são tudo menos agradáveis. Pop se refere a ela como a ex-namorada louca que disparou uma arma contra Luke e também como uma rebound girl, aquela paixão que só serve para substituir a anterior e preparar para a próxima.

Os fãs de Jessica ficaram provavelmente boquiabertos com o quanto essa história mudou diante dos acontecimentos vistos na série dela.

Por outro lado, Mariah Dillard refere-se a Jessica como “aquela mulher lá em Hell’s Kitchen que quebrou o pescoço de um homem porque ele estava... controlando a mente dela”. Esta frase é dita por Mariah como um exemplo do perigo que os super-heróis representam.

10. Trish Talk

Trish Talk

A melhor amiga de Jessica é uma celebridade de rádio bem popular no Universo Cinematográfico Marvel. E no início do episódio 6 de Luke Cage, surge a voz dela no seu programa Trish Talk, debatendo as boas ações de Luke.

11. Vingadores

Vingadores

As referências aos Vingadores são uma constante em Luke Cage. Desde o ataque de Loki em Nova York (referido como o “Incidente”) que a cidade mudou para sempre na UCM.

Existe até um cara na rua vendendo vídeos de todo esse acontecimento com frases como “Tony Stark, o cara loiro, o homem velho com o escudo, o grande monstro verde...”.

O impacto dos super-heróis na vida das pessoas comuns é até abordado num interessante diálogo entre Misty e o seu parceiro, Scarfe. Ele acha que o trabalho de um policial é ingrato e sem sentido nos dias de hoje, dizendo mesmo “Eu vi o Incidente de perto. A não ser que esta arma subitamente se transforme em um martelo mágico, todo este trabalho é irrelevante”.

Esta continuidade é especialmente importante se pensarmos que 2016 também foi o ano de Guerra Civil, e isso deixou marcas profundas naquele universo.

12. Justiceiro 

Justiceiro

A referência ao Justiceiro é feita por um promotor público, quando pensa no perigo que podem ser as balas Judas, se caírem nas mãos erradas:

“Frank Castle mergulhou a cidade em tiros. Imagine o que ele pode fazer com uma dessas coisas?”

Mais do que uma simples referência, é provável que isto seja também um indício deixado para a futura série de Frank Castle na Netflix.

13. Enfermeira Noturna

Claire

Sendo esta a terceira série Marvel na Netflix, todos já sabem que Claire é uma inspiração direta da Enfermeira Noturna dos quadrinhos.

Pela primeira vez, Claire Temple é chamada de “enfermeira noturna” por um dos bandidos de Diamondback no episódio 11.

14. De Volta Para o Futuro

Jornal

Estranhamente existe um easter egg do filme De Volta Para o Futuro. No episódio 10, a detective Misty Knight investiga o passado de Luke em jornais muito antigos.

Na mesma página onde ela encontra uma notícia sobre Luke e Willis Stryker, existe uma coluna ao lado referindo um cientista local e uma festa de caridade celebrada em sua honra. O nome do cientista é Martin Brown e existe até uma frase sobre as viagens no tempo.

15. A memória USB que Killgrave procurava

Reva

Em Luke Cage descobrimos bastante sobre Reva Connors e o seu envolvimento em experimentos científicos e psiquiátricos. Diretamente relacionado com isso está a memória USB que Reva trouxe consigo quando fugiu com Luke Cage.

Essa pen drive parece ser exatamente a mesma que incluía os arquivos de Killgrave, referidos na série Jessica Jones.

16. Wilson Fisk

Wilson Fisk

O grande Rei do Crime, Wilson Fisk, é um personagem cujo espectro paira como pano de fundo em Luke Cage.

No primeiro episódio, Mariah fala de Fisk e da sua carreira política destruída por ter se associado com criminosos. Mais tarde, o Rei do Crime é referido pela polícia e até o seu advogado surgiu em defesa dos criminosos do Harlem.

17. Referências a vários filmes

Django

Pop chama Luke de Shawshank, se referindo ao fato dele ter sido incriminado por um crime que não cometeu. A palavra vem do filme The Shawshank Redemption (no Brasil o filme recebeu o título de Um Sonho de Liberdade).

O diretor Quentin Tarantino e o seu filmo Django Livre são diretamente referidos por Tone, quando ele explica como destruiu a barbearia de Pop.

Os Caça-Fantasmas são referidos em uma conversa entre Misty e Scarfe no episódio 1. Scarfe faz também uma piada sobre estar dirigindo o carro da polícia, quando chama Misty de “Miss Daisy” – referência ao filme Conduzindo Miss Daisy.

No episódio final, Bobby Fish zoa com a roupa de Diamondback, perguntando se ele era “alguma espécie de cafetão Stormtrooper”, em uma clara referência hilária a Star Wars.

18. A presença da religião

Luke Cage

O simbologismo religioso está por toda a parte na série, e Luke é visto como o mais próximo que o Harlem tem de Jesus Cristo. Os vilões até falam do seu assassinato como “diga que você quer matar Jesus.”

A bala especial feita com material alienígena se chama Judas. A história de Caim e Abel está constantemente presente na relação entre Willis Stryker e Luke Cage, com a frase “sou eu o guarda do meu irmão?”

A recitação de escrituras por parte de Diamondback é uma constante, assim como o peso da herança do pai de ambos.

19. Dapper Dan

Bobby, Luke e Dapper Dan

Para o funeral de Pop, Luke precisa de um terno apropriado para a ocasião. E Bobby Fish tem o homem certo para ele: Dapper Dan.

Dapper Dan é um icône do hip-hop e do Harlem desde os anos 80, graças ao império de moda que construiu. E nessa cena é realmente o famoso alfaiate que surge para auxiliar Luke.

20. Method Man

Method Man

Em uma série amplamente influenciada pela música, não foi de se admirar o cameo de um famoso rapper: Method Man. O membro dos Wu-Tang Clan aparece no episódio 12 quando é salvo de um roubo por Luke Cage.

21. Timely Trash

Timely Trash

Em uma caçamba de lixo, vemos o nome Timely Trash com um logotipo familiar. O nome e o logo são uma homenagem à Timely Comics, o nome original da editora Marvel.

22. O visual clássico de Misty

Misty Knight

No último episódio, Misty Knight entra em Harlem’s Paradise com um vestido vermelho e um um penteado fabuloso. Este visual é diretamente inspirado no seu visual clássico dos quadrinhos.