20 Melhores Animes Seinen (animes para adultos)

Os animes seinen são aqueles destinados aos adultos (seinen significa "homem adulto", em japonês). Ou seja, têm como público-alvo pessoas do gênero masculino entre os seus 20 e 40 anos, em média. 

As histórias seinen costumam abordar temas complexos e dilemas reais da vida adulta, que seriam totalmente inapropriados para a criançada. Além disso, também são regadas com conteúdo erótico e cenas de violência física e psicológica.

Seja você homem ou mulher e curte animes desse "gênero", confira abaixo a nossa sugestão com os 20 seinen mais interessantes para conhecer (e assistir)!

Atenção: os títulos listados abaixo não estão por ordem de melhor ou pior, ok? 😉

Baccano!

baccano

A história de vários personagens diferentes é contada em Baccano!, no entanto, mesmo aparentando não ter qualquer tipo de ligação, todas as narrativas estão conectadas!

Além disso, a trama apresenta uma sequência não linear, mostrando os diferentes pontos de vista sobre um determinado evento que ocorreu em Nova York na década de 30: a recriação de um elixir da imortalidade. 

Alquimistas, bandidos e forças sobrenaturais são os protagonistas dessa série que vai construindo ao longo dos episódios acontecimentos verdadeiramente caóticos.

A "confusão" cronológica da história deixa tudo ainda mais interessante, mas como era de se esperar, requer uma maior atenção ao assistir para não ficar boiando com a trama.  

Criado por Ryohgo Narita (roteiro) e Katsumi Enami (ilustração), Baccano! foi originalmente lançado como uma light novel, em 2003. A adaptação para anime chegou somente em 2007, com um total de 16 episódios.

Devilman Crybaby

devilman crybaby

Baseado na série de mangás de Go Nasai (Devilman), Crybaby definitivamente não é um anime para crianças. 

A trama fala sobre a ameaça de uma raça de demônios que estão planejando dominar os seres humanos. Akira e Ryo querem impedir que isso aconteça, mas precisam de fazer alguns sacrifícios... 

Depois de ir à uma festa demoníaca bizarra (sério, as cenas são extremamente perturbadoras) Akira se transforma em Devilman, uma espécie de demônio que preservou a alma humana do estudante. 

Os traços do anime são interessantes, e os demônios... Bem, digamos que são bem "criativos". É uma das produções mais audaciosas da Netflix, sem dúvida.

O anime tem 10 episódios e está disponível no catálogo do serviço de streaming

Darker than Black

darker than black

Criado por Tensai Okamura, Darker than Black fala sobre o misterioso surgimento do Hell's Gate (Portão do Inferno) sobre a cidade de Tóquio e as consequências macabras desse evento.

Nesse lugar caótico o céu foi substituído por estrelas falsas que representam pessoas desprovidas de sentimentos, e que passaram a ter poderes especiais. Esses indivíduos são chamados de Contratantes e são secretamente usados pelas nações em violentas missões. 

Uma peculiaridade interessante na história de Darker than Black é que cada vez que um Contratante usa o seu poder, este deve fazer um "pagamento". Essa penalidade pode ser desde beber uma cerveja no bar mais próximo até fazer coisas mesmo muito perturbadoras. 

Darker than Black tem 26 episódios (primeira temporada), OVAs, e também foi adaptado para mangá (2007 - 2008). 

Ajin: Demi-Human

Ajin

Imagina se você descobrisse que é imortal. Como acha que a galera reagiria em saber que você ficará vagando para sempre pela Terra e eles não? 

No mundo de Ajin isso com certeza seria um grande problema. A história se foca em Kei Nagai, um estudante que após um acidente descobre que é um "Ajin", criatura de uma raça imortal. 

Os Ajins são vistos como terroristas pelos humanos, que tentam capturar os imortais para poder estudá-los. Assim, toda a trama gira em torno dos conflitos sociais, políticos e éticos que pairam sobre a sociedade dividida entre mortais e Ajins.

Ah, como um típico seinen de mistério e horror, se prepare para cenas viscerais de embrulhar o estômago.

Com 13 episódios, o anime está disponível na Netflix

Afro Samurai

Afro Samurai

Com apenas 5 episódios, Afro Samurai é uma homenagem de Takashi Okazaki (criador do mangá original) aos clássicos filmes blaxploitation da década de 70. 

Com uma boa dose de humor negro, hip-hop e incríveis combates de espadas, Afro Samurai se passa em um Japão futurista, pós-apocalíptico e com características feudais (uma mistureba muito interessante). Na história a sociedade está destinada a obedecer o portador da "Bandana Número Um", um símbolo de máximo poder. 

Existem sete bandanas diferentes e os samurais devem seguir uma hierarquia de números para poder desafiar os seus adversários. Ou seja, somente quem tiver a bandana número três pode lutar contra quem tiver a número dois, e esse, por sua vez, é o único que pode desafiar o Número Um. 

Afro, o protagonista da história, é o atual dono da bandana Número Dois e parte em uma jornada a procura de vingança contra quem matou o seu pai (o atual Número Um). 

Essa é uma produção de vanguarda que definitivamente merece a nossa atenção. Se quiser assistir, os cinco episódios podem ser facilmente encontrados no Youtube (com legendas em português).

Psycho Pass

psycho pass

Pycho Pass é uma distopia cyberpunk que se passa em um mundo onde as capacidades mentais das pessoas estão constantemente sendo avaliadas. Caso o cidadão seja diagnosticado como um potencial criminoso, este pode ser sentenciado a prisão ou a morte, mesmo sem nunca ter cometido qualquer crime.

Os Executores são os responsáveis por capturar os Sybils (os "potenciais criminosos irrecuperáveis") e pôr um fim em suas vidas. Mas, ao longo da trama, nos deparamos com vários casos que exemplificam o conflito moral e ético que esse sistema provoca.

Demograficamente, Psycho Pass é classificado tanto como shōnen (nos mangás) e como seinen (na light novel). Mas convenhamos, a trama do anime é muito mais apelativa para os adultos do que para os mais jovens!

A história aborda vários temas de cunho ético, moral e psicológico da sociedade. Imagina viver em um mundo sem o medo e o stress de sofrer com a criminalidade? Uma maravilha, né? Mas, quais seriam as verdadeiras consequências disso para a população?

O anime tem duas temporadas, sendo que está previsto para sair em janeiro de 2019 um filme-série dividido em três parte (Psycho-Pass SS). 

Gantz

gantz

Uma mistura de ação, terror e ficção científica, Gantz foi criado por Hiroya Oku e foi adaptado para anime em duas temporadas, nas mãos do estúdio GONZO. 

A história fala sobre Kei Kurono, um jovem de 15 anos que morre atropelado por um metrô, juntamente com seu amigo, enquanto tentam resgatar um mendigo. 

De repente, ambos se veem na presença de Gantz, uma "esfera negra" que comanda um jogo macabro, violento e sanguinário, em que terão que participar: exterminar alienígenas. 

O anime tem cenas e situações muito fortes, que podem facilmente perturbar as pessoas mais sensíveis. Por essas e outras é voltado para o público adulto. 

Fate/Zero

fate zero

A história de Fate/Zero se passa 10 anos antes dos eventos vistos em Fate/Stay night, a visual novel criada pela Type Moon, que posteriormente também acabou sendo adaptada como anime.

Bem, mas estamos aqui para falar de Fate/Zero. Aliás, se você nunca viu nenhum outro anime da série Fate, pode começar com o Zero facilmente. Este funciona como um prelúdio da história, mostrando detalhes sobre a Quarta Guerra do Santo Graal.

Zero é uma das adaptações da série Fate com melhor crítica, pois traz uma narrativa e personagens complexos, além de explorar temas filosóficos e psicológicos com uma pegada bem sombria. 

Se você já estava pensando em acompanhar a série Fate, então fica aqui a nossa sugestão de por onde começar! 👍

Mushishi

mushishi

Criada por Yuki Urushibara, Mushishi é uma série de fantasia histórica que fala sobre as misteriosas criaturas conhecidas como Mushi. 

De acordo com a mitologia do anime, os mushis são seres que representam a energia pura da vida. Poucas pessoas são capazes de enxergar e interagir com os mushis, mas esse não é o caso do protagonista da série, Ginko. 

Mushishi é uma séria antológica, onde cada episódio trata de uma história com começo, meio e fim. Ginko está em uma jornada com o objetivo de estudar os mushis e ajudar a solucionar os problemas que as criaturas sobrenaturais provocam na vida das pessoas. 

Mushishi segue uma linha diferente de vários títulos seinen aqui listados. Não vemos cenas gore, mas uma profunda reflexão filosófica sobre vários aspectos da vida. Cada conto (episódio) tem uma mensagem importante para passar, com lições que te farão pensar por dias!

Quem quiser conferir o anime, Mushishi está disponível para streaming no Crunchyroll.

Death Parade

death parade

Baseado no curta Death Billiards, Death Parade foi criado por Yuzuru Tachikawa e produzido pela Madhouse, o que já é motivo para prestar atenção ao anime. 

Sempre que duas pessoas morrem ao mesmo tempo, suas almas são levadas para misteriosos lugares semelhantes a bares. Lá devem participar de jogos mortais que decidirão o seu destino: ser reencarnado ou banido para o eterno vazio. 

No universo de Death Parade não existe Paraíso ou Inferno. A vida após a morte se resume a duas coisas: esquecimento ou reencarnação. Esse plot é interessante, pois apresenta uma perspectiva totalmente diferente sobre um dos maiores mistérios da humanidade: para onde vamos depois que morremos?

Para quem é fã de Death Note (que também foi produzido pela Madhouse), fica ligado que existem até algumas supostas relações entre as duas séries. Assista e descubra quais são!

One-Punch Man

one punch man

Criado inicialmente como uma webcomic por ONE (pseudônimo adotado pela autor da série), One-Punch Man é erroneamente confundido por muita gente como um anime shōnen. Na realidade é uma paródia das clássicas histórias de heróis, onde temos um personagem super poderoso que sempre consegue derrotar os seus adversários. 

Acompanhamos Saitama, um herói que está totalmente entediado com a sua vida, pois se tornou tão forte que consegue acabar com qualquer inimigo com apenas um único soco! 

Não apenas o "Careca de Capa" (codinome do Saitama como herói), mas também os outros personagens e vilões (monstros bizarros) são muito engraçados. Enfim, é sem dúvida um dos animes mais populares dos últimos anos. 

Quem ainda não deu uma oportunidade para One-Punch Man, corre que o anime está disponível na Netflix.

Neon Genesis Evangelion

Neon Genesis Evangelion

NGE é outro exemplo de mangá que originalmente era destinado ao shōnen, mas que depois mudou a sua demografia para seinen (quando passou a ser publicado pela Young Ace).

Em um cenário pós-apocalíptico, a história de Neon Genesis Evangelion se foca em uma organização militar (NERV) que tem a missão de combater criaturas monstruosos conhecidas por "Anjos". 

Por mais que a trama pareça tipicamente shōnen, os conflitos que os personagens enfrentam são o highlight da série. Além disso, o anime traz reflexões sobre religião e filosofias de vida (lembra do "dilema do porco espinho"?). 

Boku dake ga inai machi (ERASED)

boku dake ga inai machi

Sempre que presencia algum evento trágico, Satoru Fujinuma consegue viajar no tempo. Esses fenômenos são chamados de Revival. Depois de passar por um acontecimento extremamente traumático, o jovem desperta um revival que o faz voltar 18 anos no tempo. 

Agora, Satoru terá que usar essa oportunidade para tentar salvar todos aqueles que foram assassinados, sejam amigos ou familiares. 

Criação de Kei Sanbe (escrita e ilustrações), Boku dake ga inai machi foi adaptado para anime com o nome de ERASED em 2016, com um total de 12 episódios. 

Quem ainda não viu, pode conferir na íntegra através da Netflix.

Berserk

berserk

Muita gente considera o mangá muito superior ao anime (e não é que estejam errados), mas Berserk não podia ficar de fora de uma lista com os principais títulos seinen. 

A trama acompanha o ex-mercenário Guts que vaga por um mundo sombrio e assustadoramente fantástico em busca de vingança. O guerreiro precisa lutar contra demônios conhecidos por "Apóstolos". 

Berserk é recheado de muita violência gráfica, conteúdos sexuais explícitos e temas bastante pesados, como traição, julgamento moral, isolamento, entre outros assuntos inerente à natureza humana. 

Alguns arcos do mangá (que ainda continua a ser publicado) foram adaptados para anime em 1997, com o título Berserk: Kenpū Denki. Em 2016 e 2017 a história voltou a ganhar uma versão em anime e, caso ainda não tenha assistido, vale a pena ver no Crunchyroll.

Steins;Gate

Steins;Gate

Baseado no game (visual novel) desenvolvido pela 5pb e Nitroplus, Steins;Gate é um dos animes mais aclamados pelo público seinen. E não é para pouco, pois tanto o enredo como os personagens são construídos de modo magistral. 

A história fala sobre um grupo de amigos que constrói um dispositivo a partir de um microondas, capaz de enviar mensagens para o passado. Logo começam a ser perseguidos pela SERN, organização que também pesquisa as viagens no tempo. 

Assim, Steins;Gate é construído com base em um emaranhado de diferentes linhas temporais que vão sendo criadas a cada vez que os jovens usam o dispositivo (a.k.a. "celular microondas"). 

O enredo e os personagens são muito bem construídos, o que já é meio caminho andado rumo ao sucesso do anime. Se você ainda não assistiu, assista. Vale muito a pena! 

JoJo's Bizarre Adventure

jojos bizarre adventure

Criado por Hirohiko Araki, JoJo's Bizarre Adventure existe desde a década de 80, mas apenas em 2012 foi adaptado pela primeira vez para uma série anime. 

O plot é focado na família de Joestar, onde cada membro tem um poder único e devem combater criaturas sobrenaturais. Falando nos personagens eles são muito criativos, com personalidades peculiares e divertidas de assistir. Aliás, quem é fã de rock n' roll vai curtir (e muito) a família de JoJo.

Mesmo você não conhecendo JoJo's Bizarre Adventure, a série é responsável por ter inspirados vários filmes, séries e games nos últimos anos. Em suma, se tornou um grande marco da cultura pop.

Ficou interessado? Você pode assistir o anime no Crunchyroll.

xxxHOLIC

xxxHolic

Obra das CLAMP (Chobits e Sakura Card Captors), xxxHOLIC mistura comédia, terror e fantasia, conseguindo criar histórias muito interessantes, que impressionam e prendem a nossa atenção do começo ao fim.

Misturando elementos da mitologia japonesa, a série se foca em Watanuki Kimihiro, um jovem estudante que se vê atormentado por fantasmas (conhecidos por ayakashi). Um dia, enquanto fugia de um grupo de espíritos, Watanuki foi parar na loja de Yuuko, uma mulher misteriosa que se disponibiliza em ajudar o rapaz a lidar com essas entidades. 

Uma característica das CLAMP é criar relações entre as suas obras, por isso é clara a ligação entre xxxHOLIC e Tsubasa: RESERVoir CHRoNiCLE. Aliás, é comum a presença de personagens de um anime em outro. 

Cowboy Bebop

cowboy bebop

Com direção de Shinichiro Watanabe, Cowboy Bebop nos transporta através de um mundo futurista ao som do jazz americano da década de 40. 

Acompanhamos um grupo de caçadores de recompensas (Spike, Jet, Valentine, Ed e Ein) que viajam pelo espaço na nave Bebop a procura de criminosos. O anime toca em temas filosóficos, como a solidão e o existencialismo. 

Motivos para assistir esse anime são muitos: trilha sonora, personagens bem construídos, enredo (mesmo que cada episódio tenha o seu próprio "universo) e visual, pois os traços são verdadeiramente belíssimos. Assista!

Samurai Champloo

samurai champloo

Do mesmo diretor de Cowboy Bebop (Shinichiro Watanabe), Samurai Champloo mistura lo-fi hip-hop com a história de tradicionais samurais do Período Edo. Elementos contemporâneos são constantemente misturados com características típicas daquela época, atribuindo uma vibe única para a série.

Acompanhamos o percurso de Fuu, uma jovem de 15 anos que busca pelo "samurai que cheira a girassóis". Na sua companhia estão Mugen e Jin, dois samurais que ajudam a menina como forma de pagar uma aposta perdida. 

Shamurai Champloo é oficialmente classificado como um shōnen, mas assim como Cowboy Bebop, traz assuntos e situações que não são muito apropriados para os mais jovens. 

Se você discorda, basta lembrar do plantio de marijuana, das prostitutas escravas, das várias cenas de combate (bem sanguinárias), e das tragédias que mostram como a vida não é feita de finais felizes como nos filmes. 

Os 26 episódios de Samurai Champloo estão disponíveis na Netflix.

Death Note

death note

Há uma grande polêmica sobre a classificação demográfica de Death Note. O mangá foi originalmente publicado pela Weekly Shōnen Jump, revista especializada em histórias para o público adolescente-jovem. Porém, é inegável que a complexidade da trama de Death Note seja condizente com as características básicas de um seinen, né gente?

Todo o conflito intelectual entre L e Kira (Light Yagami), a ausência de um herói predominante na história e toda a seriedade do enredo são elementos mais do que atrativos para os adultos (pelo menos no ocidente). 

Death Note é um dos títulos mais aclamados em todo o mundo dos animes. Se você ainda não viu, está perdendo uma verdadeira obra-prima! 

O anime está todo disponível na Netflix

BÔNUS: Aggretsuko

Aggretsuko

Não se deixe enganar pelo visual fofinho de Aggretsuko. Aliás, muita gente pensa que se trata de um Komodo, classificação demográfica dada aos animes feitos para crianças (entre os 4 e 10 anos). Mas, definitivamente não é o caso.

Aggretsuko é um anime sobre os problemas do cotidiano que quase todos os jovens adultos enfrentam: o trabalho, a falta de dinheiro, o machismo, as falsas amizades, o amor não correspondido... Enfim, os temas são variados e somos capazes (como adultos) de nos identificar com todos.

Mesmo não sendo oficialmente classificado como um seinen, este anime cairá perfeitamente no gosto desse tipo de público-alvo. Dúvida? Então assista e deixe a sua opinião nos comentários. 

Aggretsuko está disponível na Netflix (e em breve teremos uma nova temporada). 

O que é Seinen e o que é Shōnen afinal de contas?

É muito simples: seinen são mangás/animes destinados ao público adulto masculino, entre os 20 e 40 anos. Por outro lado, os shōnen são histórias para "meninos", entre os 12 e 18 anos. Mas, será que essa divisão é mesmo assim tão fácil?

Bem, a principal diferença entre ambas as classificações é clara: os temas que abordam. Os animes seinen costumam lidar com assuntos mais complexos, maduros e cruéis. Já os shōnen tendem a ter mais cenas de ação, alívio cômico e acompanhar o desenvolvimento de um herói (ou grupo) ao longo da trama. Claro, as cenas de violência física e psicológica também costumam ser muito mais soft.

Vale lembrar que shōnen e seinen não são gêneros de animes, mas sim classificações demográficas, ou seja, indicações de para qual faixa etária aquela produção é destinada. 

Além disso, precisamos ter atenção a outro fator: o conceito e critérios que definem a "maturidade" para os japoneses é ligeiramente diferente do que para a maioria dos ocidentais. Por isso, é comum que uma obra seja originalmente classificada como shōnen, mas depois que chega ao ocidente seja relançada como um seinen. 

Sabemos que existem muitos animes interessantes que poderiam estar nessa lista. Por isso, nos ajude deixando a sua opinião nos comentários com os melhores títulos da demografia seinen.