A história dos quadrinhos está repleta de personagens superpoderosos. Mas quais são os heróis brasileiros que se destacam nas HQs?

Confira as 12 escolhas em nossa lista dos super-heróis mais poderosos dos quadrinhos tupiniquins!

13. Jaguar

jaguar

Vítima de experimentos nazistas com foco na genética, Rafael Hardy virou Jaguar. Um sobrevivente em busca de vingança, Hardy se transforma num perigo felino humanóide.

12. Xexéu

Xexéu

Seu verdadeiro nome é André Mexer e sua aparição acontece numa história de Wolverine. Quando o conhecido mutante cruza com André em Fortaleza, ele vê que o garoto tem o poder da telequinesia e de mexer com o equilíbrio de outros.

André foi sequestrado por Kuhrra Daizonest e lobotomizado pelo vilão. Quando Wolverine encontra o garoto e o leva para os Estados Unidos, descobre que os danos são irreversíveis e o cérebro de André nunca mais será o mesmo.

Xexéu é então o nome atribuído ao mutante que virou zelador no Instituto Xavier.

11. Nata

Nata

A mutante Renata da Lima viu seus poderes se manifestarem quando tinha 13 anos. A garota brasileira foi expulsa de casa por seus pais, que não aceitavam sua condição mutante. Nos anos seguintes, viria a trabalhar como segurança em uma boate carioca.

Seus superpoderes são superforça, supervelocidade e superresistência.

10. José Hernandez

José Hernandez

Com uma história semelhante a Hal Jordan, José Hernandez era piloto da Força Aérea Brasileira. José se tornou o Lanterna Verde da Terra-D quando outro Lanterna – Tagin Sur – sofre um acidente e passa seu anel e bateria a ele.

José Hernandez se sacrifica para salvar a Supergirl durante o evento Crise nas Infinitas Terras.

9. Velta

Velta

Velta é o codinome de Katia Maria Lins, adolescente mineira, criada em 1973 por Emir Ribeiro. Katia ajudou um alienígena a se recuperar de ferimentos e foi recompensada com uma amplificação de ondas cerebrais.

Sempre que desejar, Katia se transforma na gigante louríssima Velta, uma super-heroína capaz de emitir energia de qualquer parte de seu corpo.

Curiosamente, Velta não combatia o crime por motivos altruístas. Ela o fazia às vezes por exibicionismo, outras vezes por dinheiro ou apenas quando dava vontade! Velta olhava sempre primeiro para ela mesma, embora seu caráter seja do lado do bem.

8. Miragem

Miragem

Miragem é o nome mutante de Miriam Delgado, uma Jovem Titã vinda do futuro. Sua viagem ao passado teve como objetivo impedir que Donna Troy desse à luz o bebê que quando adulto se tornaria no Lorde Caos.

A mutante consegue se disfarçar em qualquer pessoa através da criação de ilusões psíquicas. Foi devido a essa capacidade que se fez passar por Estelar, a namorada de Asa Noturna, e assim engravidar dele. Desde que sua filha Julienne nasceu, Miriam deixou os Jovens Titãs e se focou em ser mãe.

7. Raio Negro

Raio Negro

Raio Negro foi criado por Gedeone Malagola e marcou seu lugar na história dos super-heróis brasileiros. O herói foi criado à imagem da Era de Prata americana, e o modelo que inspirou sua criação foi Lanterna Verde.

Em meados dos anos 60, no meio da corrida ao espaço, Raio Negro se tornou o primeiro astronauta brasileiro. Seu nome original era Roberto Salles, um piloto da Força Aérea Brasileira que foi contactado por um alienígena.

O estranho era Lid do planeta Saturno, que pediu a Roberto que o orientasse de novo para o seu planeta. O piloto ajuda Lid e este agradece o gesto oferecendo a ele o Anel de Luz Negra. Esse poderoso anel é feito da energia de Saturno e confere a Roberto superforça, supervelocidade, capacidade de voo e de disparar raios energéticos.

6. Shark-girl

Shark-girl

Iara dos Santos era uma garota levando uma vida normal no Recife, até seus poderes se manifestarem estranhamente. Iara sente uma vontade súbita e imparável de comer peixes que não consegue explicar.

Num confronto com pescadores, Iara se transforma num tubarão humanóide e perde o controle. Tanto Anjo como Mística tentaram que Shark-girl se juntasse a suas equipes, mas Iara resistiu até decidir se juntar ao time de Anjo.

Sua habilidade mutante principal é a capacidade de se transformar em tubarão, mas ainda assim manter sua identidade e memória humanas. Outros poderes incluem: capacidade de sobreviver indefinidamente em água, superforça, supervelocidade, superresistência e garras e presas afiadas.

5. Capitão 7

Capitão 7

O primeiro super-herói brasileiro foi criado nos ano 50 para uma série da TV Record. O criador do Capitão 7 foi também o ator que o interpretou: Ayres Campos. Mais tarde, o super-herói passaria da televisão para os quadrinhos com a editora Continental.

Antes de ser o Capitão 7, ele era um garoto chamado Carlos do interior de São Paulo. Quando a sua família ajudou um alienígena, ele agradeceu levando Carlos para o seu planeta. Que planeta era esse? O Sétimo Planeta, é claro! Já adulto, Carlos voltou à Terra com superpoderes e com a missão de salvar os mais fracos.

Na série, o herói não demonstrava grandes poderes mas com a liberdade dos quadrinhos, os quadrinistas levaram o Capitão 7 a novas possibilidades. Os seus novos superpoderes incluíam o voo, superforça, inteligência ao nível de um gênio, supervelocidade e invulnerabilidade. Mas seus poderes só funcionam se estiver usando o seu uniforme de super-herói – vestimenta que ele guarda em uma caixa de fósforos durante o seu dia a dia normal.

Curiosidade: o número do Capitão é uma referência à TV Record, sintonizada no canal 7 paulistano. Assim era fácil lembrar que ele era o "herói do 7" ou "herói da Record".

4. Magma

Magma

Amara Aquilla nasceu na cidade fictícia de Nova Roma, uma cidade construída na Amazônia e escondida dos olhares do mundo. Magma teve de fugir de Nova Roma para não ser sacrificada pelo seu próprio povo. Ela foi descoberta numa expedição dos X-Men ao Brasil, após anos vivendo escondida na selva.

Seus poderes se manifestaram quando foi jogada em um vulcão. Descobrindo o que era capaz de fazer, Magma derrota os vilões. Mais tarde fez parte dos Novos Mutantes e foi professora na escola do professor Xavier.

Os superpoderes de Magma a tornam capaz de assumir a forma de fogo e a ser imune ao calor e à chama. A mutante consegue controlar o movimento das placas tectônicas, causando abalos sísmicos.

3. Ya’Wara

Ya'Wara

Uma grande guerreira brasileira, Ya’Wara faz parte da tribo indígena Tapirapé que habita na floresta amazônica. A guerreira é amiga próxima de Aquaman e fizeram parte de um grupo chamado Os Outros.

Ya’Wara é uma telepata natural com uma ligação telepática com seu jaguar. A sua telepatia foi também referida por Aquaman, que compartilhou um elo mental nesse nível com ela.

O lugar de Ya’Wara é na floresta onde foi abençoada pela divindade que guarda a Amazônia. Sua ligação à terra faz da brasileira um ser com habilidades características do seu meio ambiente.

2. Fogo

Fogo

Fogo é o codinome de Beatriz Bonilla da Costa, natural de uma aldeia da Floresta Amazônica. A heroína teve diversas profissões desde modelo, apresentadora de TV, agente secreta do governo federal, etc.

Mas foi enquanto membro dos Espiões Nacionais do Brasil que Beatriz viu sua vida mudar. Atingida por uma explosão de piroplasma, a brasileira ganhou superpoderes: é capaz de voar, lançar rajadas de fogo e, quando está em sua forma incandescente, qualquer objeto pode atravessar ela.

Fogo é ainda uma respeitada heroína que faz parte da Liga da Justiça Internacional.

1. Mancha Solar

Mancha Solar

Roberto da Costa é certamente o super-herói brasileiro mais conhecido mundialmente, devido a seu papel nos Novos Mutantes dos X-Men. Filho de um empresário negro brasileiro e de uma arqueóloga americana branca, Roberto nasceu no Rio de Janeiro.

O jovem era um grande jogador de futebol e seus poderes se manifestaram durante uma partida de futebol, quando foi vítima de bullying.

Mancha Solar consegue absorver energia solar e metabolizá-la em força super-humana, convertê-la em impulso para permitir vôo ou redirecioná-lo como calor ou radiação infravermelha.

Bônus: Paragon

Paragon vs Coisa

Não poderíamos incluir oficialmente Paragon por ela ser tudo menos uma super-heroína, mas seus poderes são incríveis demais para não serem mencionados.

Maya é o verdadeiro nome dessa personagem da Marvel que vem de uma aldeia indígena do Brasil. Sua vida mudou quando o Dr. Niles van Roekel a sequestrou e a transformou em uma ciborgue, utilizando tecnologia alienígena.

A jovem foi transformada em Paragon, um ser quase indestrutível e uma verdadeira máquina de guerra. Seus poderes são muitos: superforça, teletransporte, supervelocidade, superreflexos, consegue drenar vida de seres orgânicos e lançar rajadas energéticas.

Como se tudo isso não fosse suficiente, Paragon possui ainda lâminas retráteis e é capaz de se transformar sua pele em metal.