Kevin Feige comenta sobre brigas com presidente da Marvel Comics

O sucesso da Marvel Studios levou a empresa a outro patamar e trouxe bastante reconhecimento para os super-heróis. Entretanto, nem tudo são mil maravilhas e Kevin Feige, presidente do estúdio, provou isso para o público em uma entrevista. O executivo comentou sobre algumas brigas que teve com o presidente da Marvel Comics por conta de diversidade.

Em um podcast chamado Awards Chatter, o executivo afirmou que as minorias só ganharam mais espaço no Universo Cinematográfico da Marvel por conta do afastamento de Ike Perlmutter, presidente da Marvel Comics e ex-CEO da Marvel Entertainment. Feige falou que Perlmutter não concordava com filmes protagonizados por minorias.

Kevin Feige, presidente da Marvel

O presidente da Marvel Studios ainda afirmou que a separação da Marvel Studios e Marvel Entertainment em 2015 ajudou dar mais diversidade ao elenco da UCM. O mais interessante é que a fase 2, finalizada na mesma época em que Ike Perlmutter deixou de interferir nos filmes, só tinha protagonistas brancos.

Bob Iger, CEO da Disney, já havia comentado algo do tipo em seu livro chamado The Ride of a Lifetime. Em trechos do livro, Iger afirma que a separação dos setores de Feige e Perlmutter se deu por conta dos desgastes entre os dois já que o presidente do estúdio tentava desenvolver os longas de Pantera Negra e Capitã Marvel.

Lembrando que Kevin Feige recentemente foi promovido a chefe criativo da Marvel. A nova posição do executivo agora lhe permite interferir em todas as decisões envolvendo, séries, quadrinhos e animações da Marvel.

O próximo filme do estúdio a chegar aos cinemas é Viúva Negra, que estreia em 1° de maio de 2020.

FIQUE LIGADO:

Kevin Feige publica carta de agradecimento aos fãs da Marvel

Kevin Feige volta a falar sobre a entrada dos X-men e Quarteto Fantástico no MCU!

Homem-Aranha | Kevin Feige ajudou Sony com Venom e outros filmes