The Gifted: Conheça Fenris e suas ligações com os von Strucker!

O episódio "threat of eXtinction" de The Gifted trouxe muitas novidades sobre o que esperar do futuro da série e de seus personagens. Além disso, trouxe também uma ligação familiar com dois dos vilões mais sem escrúpulos do universo X-Men.

Confira as ligações entre a série e os quadrinhos e conheça tudo sobre esses vilões misteriosos!

Últimas revelações

otto

As últimas revelações em The Gifted vieram confirmar não só que Lauren e Andy são descendentes dos vilões clássicos Fenris, mas que também seu avô Otto é ele próprio um mutante.

Otto conta que é na realidade filho de Andreas von Strucker. Ele cresceu com seu pai e sua tia Andrea, mas jurou nunca usar seus poderes para o mal como eles haviam usado os deles. Por isso, quando adulto, começou a investigar uma forma de suprimir o gene X. E foi assim que acabou trabalhando para as Indústrias Trask. 

Quando o soro ficou, finalmente, finalizado, Otto o utilizou em seu filho Reed, que, como consequência dos efeitos secundários, acabou hospitalizado e quase morrendo como resultado.

Após saber dos poderes especiais dos jovens Lauren e Andy, seus netos, ele questionou o filho sobre se os garotos costumavam dar as mãos desde que suas habilidades haviam emergido. Isto é porque nas HQ's, os gêmeos Fenris apenas conseguiam usar seus poderes destrutivos quando em contacto físico um com o outro.

Na série, porém, é sugerido que os dois também tivessem acesso a habilidades individuais, mas mais fracas do que usadas quando de mãos dadas.

Quem é essa dupla misteriosa?

fenris

Fenris é o nome adotado pelos gêmeos Andrea e Andreas von Strucker, os filhos do criminoso de guerra nazista barão Wolfgang von Strucker. 

Von Strucker é conhecido por ser o líder da organização criminosa Hidra. Ele é também o inimigo principal de Nick Fury e conhecido de Magneto e Xavier, do tempo em que os dois mutantes ainda seriam jovens e bons amigos.

Na verdade, o vilão nunca mostrou qualquer afeto pelos filhos, que foram modificados ainda no útero para receberem seus poderes. Mas, tal como o pai, Andrea e Andreas são simpatizantes da ideologia nazista e considerados dos vilões principais dos X-Men. Na verdade, eles foram causadores de grande dano não só à própria integridade física dos mutantes como também aos seus direitos.

Contexto histórico de sua aparição

fenris

Nas HQ's existe sempre grande influência das questões sociais e políticas das épocas. Por isso temos que ter em conta como era a sociedade alemã no final dos anos 80, quando a dupla Fenris apareceu pela primeira vez em Uncanny X-Men.

Naquele período, uma inteira geração de jovens estava crescendo após a Segunda Guerra Mundial, sem ter qualquer conexão com o que havia acontecido durante os tempos sombrios da guerra. Logo, esses jovens não sentiam qualquer remorso ou responsabilidade pelo passado de seu país.

Isso levou ao estereótipo cultural dos jovens adultos alemães, ricos e mimados, que passeavam de forma inconsequente pela vida.

Andrea e Andreas são baseados precisamente nesse estereótipo. Eles aparecem como turistas ricos e decadentes, participando em um enorme número de festas luxuosas, safáris, cruzeiros, entretenimento sexual e drogas.

Primeira desavença com os X-Men

storm

Agora que você tem essa imagem cultural em conta, vai entender o porquê da ilustração desses jovens von Strucker como dois idiotas ricos, fazendo um safári pelo Quênia e maltratando a população local.

A sua primeira aparição, em Uncanny X-Men #194, mostra como Tempestade retorna ao Quênia, para recuperar seus poderes perdidos. Ela acaba intervindo na defesa dos locais ao interromper Andreas que tentava abusar de uma nativa.

Claro que os gêmeos não podiam deixar essa humilhação passar impune, alvejando Tempestade, que acaba sobrevivendo, com a bala passando apenas de raspão pela sua cabeça.

A partir daí, os gêmeos abriram guerra contra os X-Men, tentando eliminar o professor X e Magneto durante o julgamento deste último. Os dois alegavam vingança devido a desavenças passadas entre os dois mutantes e o seu pai. 

É aqui também que Andrea e Andreas revelam ser mutantes, usando pela primeira vez o nome de Fenris para designar sua dupla. Porém, o ataque acabou não tendo sucesso, forçando os dois a escapar pelo sistema antigo de esgotos de Paris.

Espalhando o terror com os Thunderbolts

thunderbolts

Após várias incursões pelo mundo do crime e das patifarias, Andrea e Andreas voltam para junto de seu pai. Cidadão V vai então os interceptar. Ele sabia que, como John Watkins, ele havia sido uma das conquistas sexuais de Andrea Strucker e que ainda seria um dos seus favoritos objetos românticos.

No entanto, eventualmente, ela descobriu que Cidadão V não era Watkins, mas sim Helmut Zemo, que lhe havia roubado a identidade. Ao ser confrontado com esse conhecimento, o novo Cidadão V acabou matando a vilã, de forma a proteger o seu segredo.

Um tempo depois, ainda nos quadrinhos dos Thunderbolts, foi introduzido um novo personagem chamado Espadachim. Esse vilão não era nem mais nem menos do que Andreas von Strucker, utilizando a pele de sua irmã no punho de sua espada para assim ativar seus poderes sempre que a segurava.

Ele conseguiu, eventualmente, que o geneticista Arnim Zola clonasse sua irmã. Porém, Andrea acabou sendo novamente morta o que levou ao descontentamento de Andreas e ao seu assassinato por Norman Osborn, o então líder dos Thunderbolts.

No entanto, esse não foi o fim dos gêmeos. Em 2015, em Illuminati #2, os dois retornaram como donos de um clube de supervilões, o Clube Fenris, indicando que seu pai os havia trazido novamente à vida.

Poderes e habilidades

poderes

Quando em contato físico um com o outro, os irmãos conseguem emitir feixes poderosos de energia a partir de suas mãos. Andreas consegue lançar energia pura enquanto que Andrea lança feixes de energia desintegrante.

Como os seus raios conseguem alcançar grandes distâncias, a dupla prefere atacar de longe e de surpresa. Além disso, embora também sejam bastante atléticos, os gêmeos não são especialistas em combate corpo-a-corpo, preferindo assim manter sempre uma distância segura de seus inimigos.

Personalidade

maldade

Andrea e Andreas von Strucker são co-dependentes um do outro, com Andrea sendo claramente o elemento dominante de sua relação perversa. Os dois são arrogantes, decadentes e cruéis, fazendo o que querem sem preocupação com as eventuais consequências.

Os gêmeos consideram também que as coisas más apenas acontecem a pessoas de baixa condição, o que significa que eles não são muito bons a avaliar riscos, tornando-se insolentes e arrogantes. Porém, seu dinheiro e contatos ajudam a contrabalançar este aspecto.

Tal como seu pai, eles se consideram defensores da agenda nazista, acreditando que todo mundo é inferior a eles e que são meros peões, descartáveis e sub-humanos.

A sua maneira de lidar com frustração limita-se a reagir com feixes poderosos de energia, destruindo tudo e todos.