Confira os piores e melhores filmes de super-heróis de 2017!

2017 foi um ano sensacional para os fãs dos filmes de super-heróis. Foram vários os longas que foram bons ou muito bons, algo inesperado dentro de um gênero cinematográfico que está agora chegando à sua fase adulta.

Justamente por isso foi tão difícil fazer esta lista no final de um ano tão fantástico e feliz para os aficionados por super-heróis. Conheça agora quais são os melhores entre os 6 filmes que estrearam este ano!

6. Liga da Justiça

Liga da Justiça

Tínhamos tantas expectativas para esse filme. Finalmente veríamos os super-heróis da DC se unindo e formando a tão aguardada Liga nos cinemas. Mas, infelizmente, o filme ficou bastante abaixo do que esperávamos e do imenso potencial que esses heróis têm.

Liga da Justiça é um filme que não acerta o tom, não sabendo aquilo que quer ser e lutando para descobrir seu lugar entre o humor e o lado sombrio clássico da DC. Sabemos que Liga da Justiça enfrentou vários problemas em sua produção, e isso é visível no resultado final que se transformou em uma oportunidade perdida.

Entre as melhores partes de Liga da Justiça estão Flash (Ezra Miller) com uma excelente introdução, um Cyborg (Ray Fisher) que foi uma surpresa prometedora e a sensacional Mulher-Maravilha (Gal Gadot).

5. Guardiões da Galáxia Vol. 2

Guardiões da Galáxia Vol 2

O segundo volume de Guardiões da Galáxia não teve uma tarefa fácil. Como superar o sucesso inacreditável do primeiro filme? Mas essa não seria a única questão a ser enfrentada pelo diretor e roteirista James Gunn; 2017 foi um ano absolutamente fantástico no cinema de super-heróis e o nível nunca esteve tão alto.

Assim se explica que Guardiões da Galáxia Vol. 2 esteja em quinto lugar na nossa lista. O filme é realmente bom, muito divertido e indispensável para os fãs do Universo Cinematográfico Marvel. A magia do primeiro filme continua presente, mas não foi suficiente para levar este segundo volume mais longe, faltando alguma originalidade e vontade de correr riscos.

4. Homem-Aranha: De Volta ao Lar

Homem-Aranha: De Volta ao LAr

O renascimento de Peter Parker nos cinemas foi uma lufada de ar fresco que não podia ter chegado em melhor momento. Homem-Aranha: De Volta ao Lar é a tradução ideal dos quadrinhos para o cinema do Cabeça de Teia, com Tom Holland em um equilíbrio perfeito como Peter Parker e Homem-Aranha.

O filme consegue transmitir esperança e alegria como poucos e balança esse otimismo com um olhar atento às pessoas comuns. É essa visão – que nunca é presunçosa – que oferece algo de diferente entre os filmes de super-heróis, especialmente quando aliada com o vilão. Adrian Toomes / Abutre (Michael Keaton) é um dos melhores vilões do UCM, mostrando um personagem complexo com motivações realistas para se transformar em vilão.

Homem-Aranha: De Volta ao Lar é o exemplo raro de filme de super-heróis que mostra de forma sensacional como seria o impacto destes personagens extraordinários no mundo à sua volta.

3. Thor: Ragnarok

Thor Ragnarok

Quem imaginaria que um dos melhores filmes de super-heróis seria um filme do Thor? Os filmes solos do deus do trovão sempre foram dos mais fracos no UCM mas com esse terceiro capítulo, Thor mostra finalmente a sua grandiosidade merecida.

O humor fora da caixa de Taika Watiti revolucionou o mundo dos deuses asgardianos, revelando um Thor (Chris Hemsworth) como nunca antes visto. Ainda no senso de humor, temos a inclusão de personagens surpreendentemente hilários como Grão-Mestre (Jeff Goldblum) ou Korg (Taika Watiti) que mostram como é possível ter vários personagens coadjuvantes memoráveis sem comprometer o ritmo do filme.

Com cenas de lutas absolutamente sensacionais, Thor: Ragnarok é um verdadeiro espetáculo visual que agarra a atenção do início ao fim. O filme tem ainda uma componente emocional forte mas sutil o suficiente para ser apreciada sem cair no drama desnecessário.

2. Mulher-Maravilha

Mulher-Maravilha

De todos os filmes de 2017, Mulher-Maravilha consegue ser o grande hino de esperança na humanidade que precisávamos no cinema de super-heróis. O filme liderado pela maravilhosa Gal Gadot é uma combinação perfeita entre emoção, humor e ação, enquanto entrega uma forte mensagem política em mundo cada vez mais dividido.

O legado de Diana Prince é honrado nesse filme com a visão de Patty Jenkins em uma Mulher-Maravilha que caminha entre o divino e o mundano. O longa mostra também como é possível ter uma super-heroína forte e vários exemplos femininos, sem entrar na sexualização fácil e sem motivo aparente.

Existem poucas palavras que possam descrever a sensação de empoderamento que Mulher-Maravilha transmite às fãs, sendo um exemplo daquilo que muitas de nós gostaríamos de ver mais nas super-heroínas no cinema.

1. Logan

Logan

Nenhum filme de super-heróis é como Logan. No universo heroico, nenhum outro filme arriscou tanto e de forma tão brilhante como Logan. O último filme de Hugh Jackman como Wolverine é algo completamente diferente do que estamos habituados a assistir dentro deste gênero.

Cru, violento e realista, Logan é magistral do primeiro ao último minuto, rasgando várias vezes o coração dos fãs sem misericórdia. Com interpretações absolutamente fantásticas de Hugh Jackman, Patrick Stewart (Charles Xavier) e Dafne Keen (Laura), um roteiro impiedoso e chocante, e uma cinematografia belíssima, este é um filme que ficará na história dentro do seu gênero (e merece o seu lugar no cinema mainstream).

Vários meses depois de assistirmos a Logan, continua ser difícil colocar em palavras o quanto adoramos esse filme. O melhor mesmo é ver com seus próprios olhos aquilo que estamos falando – e não esqueça de compartilhar conosco sua opinião.