Confira os melhores easter eggs de Coringa!

É certo que o filme dirigido por Todd Phillips e protagonizado por Joaquin Phoenix acaba por transportar muito pouco dos quadrinhos para a telona, mas mesmo assim existem bastantes referências e easter eggs relativos a diferentes HQs e filmes do Rei Palhaço do Crime.

Depois de termos assistido ao filme e de o analisarmos cuidadosamente, conseguimos identificar alguns detalhes que vão fazer as delícias dos fãs de quadrinhos.

Neste artigo fazemos uma lista dos melhores easter eggs que detetamos ao longo das mais de duas horas do filme Coringa!

ATENÇÃO: ESTE ARTIGO CONTÉM SPOILERS!

Tributo ao Coringa de Cesar Romero

coringa

É certo que o Coringa interpretado por Cesar Romero pode parecer desatualizado e desajustado tendo em conta as versões mais atuais do Rei Palhaço do Crime.

Contudo, ele foi sem dúvida a versão que serviu de referência que interpretaram o personagem depois dele, casos de Jack Nicholson, Heath Ledger e Jared Leto.

O Coringa de Joaquin Phoenix presta homenagem a Cesar Romero através do seu terno que tem parecenças bem evidentes com aquele que o personagem utilizava na série de televisão dos anos 60. As cores são semelhantes assim como o corte de ambos os ternos.

A máscara de palhaço

coringa

Depois de Arthur Fleck assassinar aqueles três trabalhadores ricaços da Wayne Enterprises no metrô de Gotham, um movimento nasceu. Várias pessoas dos setores mais pobres da sociedade começaram a utilizar máscaras com uma cara de palhaço de forma a simbolizar o seu descontentamento contra os ricos e poderosos.

Este movimento se manifestou um pouco por toda a cidade e curiosamente a máscara de palhaço tinha muitas semelhanças com aquelas utilizadas pelos capangas do Coringa no game Batman: Arkham Asylum.

Não sabemos se a galera que desenvolveu os trajes e adereços para o filme foi tirar inspiração ao game, mas este é sem dúvida uma coincidência bem legal.

O Coringa comediante

coringa

É certo que este é um easter egg bem óbvio, mas temos que o incluir na nossa lista exatamente por isso mesmo! Este filme tirou inspiração de uma das mais icônicas HQs do Coringa, Batman: A Piada Mortal!

No filme vemos Arthur Fleck tentando uma carreira como comediante, mas que infelizmente fracassa, algo bem semelhante com aquilo que aconteceu ao Coringa nos quadrinhos. Contudo as circunstâncias de ambos os personagens são bem diferentes.

Na HQ o Coringa se despediu do seu emprego para tentar uma carreira de comediante, já no filme, Arthur quase que se vê obrigado a tentar para conseguir uma fonte de rendimento para sobreviver (mesmo apesar de ser um sonho para ele).

A presença na televisão

coringa

Provavelmente um dos momentos mais marcantes do filme é a presença do Coringa no programa de televisão The Murray Franklin Show. O programa era apresentado pelo ídolo de Arthur, que, no entanto, só o convidou para zoar com ele pela sua fraca performance enquanto comediante.

Todas as frustrações, fracassos levaram Arthur à loucura e ele acabou por matar Murray Franklin ao vivo na televisão nacional.

Esta cena tem algumas semelhanças com a HQ, The Dark Knight Returns, onde existe uma situação onde o Coringa invade um estúdio de televisão e acaba por espalhar o terror.

Tributo a Heath Ledger

coringa

Cesar Romero não foi o único homenageado no filme dirigido por Todd Phillips, existindo espaço ainda para fazer um pequeno tributo a outro grande Coringa.

Bem no final do filme temos a chance de ver o Coringa sendo preso e levado dentro de um carro da polícia, muito possivelmente para a prisão. Durante esta cena o personagem interpretado por Joaquin Phoenix adota uma posição bem semelhante aquela que Heath Ledger utilizou numa circunstância semelhante no filme O Cavaleiro das Trevas.

Esta é provavelmente uma das cenas mais marcantes do filme, pela forma como foi gravada, pela interpretação de Phoenix e pelo seu simbolismo.

Pequenas referências

coringa

  • Na cena em que Arthur entra no apartamento da sua vizinha, temos a chance de ver um pequeno boneco de um gato preto que tem o focinho em tons de pele, numa clara referência ao Batman;
  • No final do filme é recriada a cena onde vemos o assassinato dos pais de Bruce Wayne, uma das sequências mais icônicas das HQs;
  • Durante a sua entrevista no show de Murray Franklin, Arthur diz que "basta um dia ruim" numa clara referência à frase icônica do personagem: "Basta um dia ruim, para tornar o mais são dos homens, em um lunático".

FIQUE LIGADO:

Crítica Coringa | O riso que vai ecoar nas nossas memórias!

5 coisas que você precisa saber sobre o Coringa de Joaquin Phoenix!

10 curiosidades sobre Joaquin Phoenix, o próximo Coringa