Se tem série perfeita para quem adora um mistério e questionar o que está assistindo, essa série é Westworld. A nova produção da HBO tem tudo para deixar os espectadores buscando respostas para esse novo mundo surreal.

Com produção de J.J. Abrams e criada por Jonathan Nolan e Lisa Joy Nolan, já sabíamos que a história seria tudo menos simples e linear.

Conheça agora 3 teorias criadas pelos fãs de Westworld!

Homem de Preto e William são a mesma pessoa

Homem de Preto

A teoria mais incrível e consistente dos fãs é a de que o Homem de Preto e William são a mesma pessoa, mas em linhas temporais diferentes. Ou seja: para acreditar nessa teoria, você precisa aceitar que não está assistindo a uma história linear mas sim a duas histórias que ocorrem em dois tempos diferentes.

Segundo essa teoria, o mocinho William vai se tornar no pistoleiro Homem de Preto. E quais os fatos que sustentam essa argumentação? Vamos por partes:

Lawrence = El Lazo

El Lazo

Em “Contrapasso”, o episódio 5, assistimos à morte e ressurreição do anfitrião interpretado por Clifton Collins Jr. Vimos como o Homem de Preto assassinou Lawrence para fazer uma transfusão de sangue para Teddy. Momentos depois, em uma outra cena, William, Logan e Dolores conhecem o líder criminoso, El Lazo.

Lawrence e El Lazo são interpretados pelo mesmo ator. Parece bem improvável que os gestores do parque reutilizassem o mesmo anfitrião para dois papéis de destaque em tão pouco tempo. 

Mas o que sabemos aqui é que William conheceu El Lazo 30 anos antes em Pariah. 3 décadas depois, o Homem de Preto busca o mesmo anfitrião – agora com o nome de Lawrence – porque considera ele uma peça fundamental na sua busca.

A mesma cena da lata de Dolores

Dolores na cena da lata

Tanto William como o Homem de Preto vivenciaram a mesma cena com Dolores: ela colocando as compras em seu cavalo e uma latinha rolando para longe dela. Quem apanha essa lata? William e Homem de Preto.

Sabemos que isso acontece também com o anfitrião Teddy e faz parte da história e ciclo artificial de Dolores com Teddy. Mas alguns fãs sugeriram que Ford, co-criador de Westworld, pode ter até pegado esse momento com William para usar no roteiro de Dolores e Teddy.

William está caminhando para o lado negro

Logan e William

A entrada de William em Westworld foi muito tímida, especialmente em contraste com seu companheiro de viagem, o amoral Logan. William negou os avanços da anfitriã da recepção e da prostituta Clementine, se mostrando um noivo fiel à irmã de Logan. Em um parque onde os visitantes buscam todas as tentações terrenas, o comportamento de William é marcadamente diferente.

Por outro lado, ele não queria ter nada a ver com a violência. Poucos episódios mais tarde, assistimos ele matando alguns anfitriões para salvar Dolores e Logan e vemos como isso o afeta. Mais tarde, ele e Dolores se beijam apaixonadamente e William abandona Logan para ser espancado pelos Confederados.

A situação financeira desastrosa do parque

Logan e William

Em “Contrapasso”, Logan conta a William como o suicídio de Arnold colocou o parque em uma situação financeira terrível. Logan já tinha referido que a sua empresa (na qual William é vice-presidente executivo) estava planejando comprar Westworld. Assim, a viagem dos dois ao parque era uma mistura de negócios com prazer.

Se Logan diz que Westworld está tendo uma “hemorragia de dinheiro”, isso coloca a presença dos dois em uma situação passada. Atualmente, Westworld não se encontra em problemas financeiros.

Os privilégios do Homem de Preto

Lawrence e Homem de Preto

Se depois dos acontecimentos da visita de William e Logan, a empresa deles realmente comprou Westworld, isso deu enormes privilégios a ambos. Como, por exemplo, visitar quantas vezes quiser Westworld e fazer tudo o que der vontade – ainda mais do que o normal.

Vemos Stubbs referir-se ao Homem de Preto como “esse cavalheiro tem o que quiser” na sala de controle do parque. Em “Contrapasso”, o Homem de Preto é surpreendido pela visita de Dr. Ford e os dois parecem se conhecer há muito tempo. Nesse encontro, o Homem de Preto fala de Arnold e de como ele queria fazer desaparecer o parque:

“O homem que tenho procurado morreu há 35 anos. Quase levou esse lugar com ele. Quase, mas não conseguiu graças a mim. Talvez ele tenha deixado algo para trás.”

Portanto, foi graças a ele que o parque sobreviveu. Talvez ele tenha feito isso quando se lançou à aventura com Dolores, 30 anos antes?

Eles usam a mesma faca

faca

Os diferentes logos de Westworld

Os logotipos de Westworld surgem na série em duas versões. Quando William e Logan chegam no parque, vemos esse logo:

Logo Westworld

Em outra cena, quando uma nova história do parque está sendo apresentada, vemos esse novo logo, que é igual ao usado na promoção da série:

Logo Westworld

E sabe quando voltamos a ver o logo que William viu? 30 anos antes, no jaleco de um cientista de Westworld:

Logo Westworld

Se acha que tudo isso é uma loucura, a conta oficial de Twitter de Westworld disse para ficarmos atentos a esses detalhes:

Tradução

Em Westworld, até os logos merecem um olhar mais atento.
Abra a porta em discoverwestworld.com.

Estamos assistindo Dolores em épocas diferentes

Dolores

Baseada na teoria que sustenta que estamos assistindo a personagens em momentos distintos, como a teoria do Homem de Preto ser William. No caso de Dolores, isso é mais difícil de captar graças ao fato dela não envelhecer.

Em algumas cenas é possível ver que Dolores está claramente sozinha para depois, subitamente, surgir William. A edição das imagens é sutil, mas depois que você prestar atenção nisso, vai começar a se tornar cada vez mais evidente. Isso é especialmente claro quando Dolores está no cemitério e na cena final de “Contrapasso”, dentro do trem com os explosivos.

Dolores no cemitério

Algo aconteceu há 30 anos que a fez retomar novamente a sua versão programada. Talvez Dolores tenha estado muito próximo de se libertar da sua vida no parque para, no último momento, tudo ter se perdido. Assim se explica porque a encontramos com o vestido azul e dentro do seu ciclo fechado com Teddy, no primeiro episódio.

3 décadas depois, ela está escutando uma voz que está acordando ela da sua condição. Dolores está agora sozinha fazendo a mesma viagem de auto-descoberta que fez há 30 anos com William.

Conheça a teoria de que Dolores é Wyatt!

Bernard não é humano (e pode ser uma cópia de Arnold)

Bernard

As primeiras objeções a essa teoria são de que o lado humano de Bernard já foi mostrado: seu filho morrendo no hospital e uma conversa com sua (ex?) mulher. Mas esses argumentos também podem ser vistos por uma outra perspectiva.

Começando com o filho, essa narrativa não faz muito sentido quando lembramos de uma conversa entre Bernard e Dr. Ford sobre doenças. No episódio piloto, Ford diz a Bernard:

“Conseguimos escapar da prisão evolutiva, não é? Nós podemos curar qualquer doença, manter até o mais fraco de nós vivo e, um belo dia, talvez até ressuscitaremos os mortos.”

Em um mundo livre de doenças, como poderia ter acontecido a tragédia do filho de Bernard?

Já a videochamada com sua mulher pode ser explicada como uma memória do passado do próprio Bernard. Ou até mesmo uma história criada por Ford para dar um passado ao androide.

Esta teoria foi confirmada. No episódio 7 “Trompe D’Oeil”, é revelado que Bernard é realmente um anfitrião criado por Robert Ford.

Ford e Bernard

A teoria que sustenta que Bernard é uma cópia de Arnold diverge em duas explicações. Por um lado, existem aqueles que acreditam que Ford programou uma história para Bernard; por outro, há quem argumente que estamos assistindo a não 1, nem 2, mas sim 3 linhas temporais em Westworld.

Ou seja, além de existir a linha temporal presente, e a de 30 anos atrás, existe uma outra passada há 35 anos – quando Arnold estava vivo. Segunda essa teoria, a linha temporal de 35 anos atrás é vista quando Bernard está falando com Dolores, vendo seu filho morrer, falando com sua mulher, etc. Nessas ocasiões, esse não é Bernard, mas sim Arnold.

Esta teoria foi confirmada no episódio 9 "The Well-Tempered Clavier". Bernard foi realmente criado à imagem de Arnold. Saiba tudo aqui.

Vejamos agora as pistas que parecem indicar que Bernard é uma cópia de Arnold:

A fotografia de um jovem Robert Ford

Ford e pai

Sabemos que Dr. Ford programou os anfitriões para não conseguirem ver aquilo que poderia machucar eles. Vimos isso com Dolores no episódio 1 quando ela não enxergava o mesmo que o seu pai em uma fotografia perdida no parque.

E voltamos a ver isso acontecer no episódio 7 quando Theresa e Bernard exploram a casa escondida da “família” de Ford. Theresa abre uma porta que Bernard não consegue ver, dizendo mesmo “Que porta?” quando ela se refere a isso.

No início da temporada, Robert mostrou a Bernard uma fotografia onde surgia mais jovem, junto de um homem que ele dizia ser Arnold. Mais tarde, Bernard encontra uma casa escondida no Setor 13 do parque e descobre uma família vivendo lá. Ford surge e revela que essa família é uma réplica da sua verdadeira família.

Mas o que marca essa cena é que o homem que Ford aponta como seu pai, é o mesmo homem que surge na fotografia ao seu lado. Aquele que ele dizia ser Arnold.

O que isso indica é que Bernard não consegue ver a imagem do verdadeiro Arnold – pois veria o seu próprio reflexo olhando de volta. É possível reparar que existe um grande espaço ao lado do pai de Robert, um espaço suficiente para caber outro homem ao seu lado: Arnold.

Sala secreta

Você se lembra de todas aquelas conversas íntimas entre Dolores e Bernard? Veja essa foto:

Dolores e Bernard

Essas conversas sempre pareceram acontecer em um outro lugar que não o que conhecemos como oficial. Veja as escadas e a luz natural entrando pelas janelas – isso não é o mesmo aspecto que a típica sala de luz artificial e predominantemente escura de Westworld.

Agora compare a foto de cima com essa imagem:

Theresa e Bernard

No episódio 7, vemos Theresa e Bernard descobrir uma sala semelhante na casa secreta do Setor 13. Bernard se refere a este local como “espaço de diagnóstico remoto onde Ford e o seu primeiro parceiro usaram quando o parque abriu”.

Como Bernard sabe disto, se só recentemente ele descobriu a casa e não conheceu este espaço? Porque ele tem as memórias de Arnold implementadas como suas e elas podem ter sido ativadas quando ele entrou na sala secreta.

Os diagramas de anfitriões

Bernard olhando para o diagrama

Quando Theresa e Bernard descobrem a sala secreta, encontram uma série de diagramas de anfitriões. É possível ver claramente o diagrama de Dolores, com o seu nome indicado em baixo na folha e outros diagramas também contêm nomes.

Mas quando Theresa encontra o diagrama de Bernard, não existe um nome acomapanhando. Como o público descobre que Bernard é um anfitrião ao mesmo tempo que ele, estamos então vendo as coisas pelo seu ponto de vista; o que quer dizer, que ele não lê o nome Arnold devido à sua programação, negando assim ao público a sua identidade.

Mas o que levaria Ford a criar um clone de Arnold? Isso é uma questão para outro momento.

Identidade de Arnold revelada e seu impacto na série!