TWD: Showrunner se diz positivo sobre permanência de Lauren Cohan

Este mês, surgiram rumores apontando que Lauren Cohan poderia não voltar para a nona temporada de The Walking Dead. Recentemente, Scott Gimple, showrunner da série, confirmou a possibilidade de a atriz que dá vida a Maggie não estar no programa no próximo ano, mas afirmou estar otimista quanto a um novo contrato que mantenha a intérprete na série.

"Espero que tudo dê certo"

Rick and Maggie

Em entrevista publicada ontem ao TV Line, Scott Gimple, o showrunner de The Walking Dead, afirmou estar "incrivelmente esperançoso" sobre um acordo entre Cohan e a emissora que garanta sua permanência na série.

Mesmo tendo em vista a importância da atriz para a história e o fato de sua personagem seguir viva nos quadrinhos, Gimple admite, porém, que a possibilidade de ela sair existe. E não seria a primeira vez que uma mudança do gênero ocorre, vide saída da atriz Laurie Holden, que interpretava Andrea.

"Essas coisas acontecem na televisão. Mas nós estamos conversando."

Diferença salarial seria o motivo da saída de Lauren

Maggie TWD

No início de fevereiro, o Deadline publicou a notícia de que Lauren Cohan estaria em processo de renegociação de seu contrato. O motivo seria a diferença entre seu salário e os dos protagonistas masculinos vividos pelos atores Norman Reedus (Daryl) e Andrew Lincoln (Rick).

Os agentes de Cohan teriam, até então, negado um aumento que a AMC ofereceu, que ainda não deixaria o salário da atriz similar aos de Lincoln e Reedus. O argumento da emissora é de que os personagens dos atores aparecem em mais cenas da série. Por outro lado, a personagem de Cohan se tornou uma importante líder política na oitava temporada e seu arco é fundamental para os acontecimentos da história da Guerra Total.

The Walking Dead retorna para a segunda parte da oitava temporada no dia 25 de fevereiro.