TWD: Como o Daryl vai lidar com a culpa e qual será o seu futuro?

Na estreia da sétima temporada de The Walking Dead, o taco de beisebol de Negan se revelou sanguinário, clamando brutalmente pelas vidas de Glenn e Abraham.

Se a primeira morte era inevitável naquele cenário, a segunda morte pode ter sido culpa do Daryl?

Como aconteceu a morte de Glenn?

Rosita

Abraham morreu pelas mãos de Negan como vingança pelos atos do grupo de Rick. Isto era algo que já tinha sido estabelecido no último episódio da temporada 6.

A morte do veterano de guerra foi zoada até o limite pelo vilão, colocando a sua Lucille ensaguentada junto ao rosto de Rosita e ordenando a ela que olhasse. Nesse momento de tensão, Daryl não se conteve e socou a cara de Negan.

Embora tenha sido uma satisfação momentânea, a verdade é que o custo desse soco seria alto demais. Negan já tinha avisado que a primeira interrupção seria “gratuita”, sem retribuição da sua parte, quando Glenn se rebelou contra ele. Mas outras revoltas não seriam mais toleradas.

Até que Daryl agiu e Negan cumpriu a sua palavra.

A opinião de Jeffrey Dean Morgan

Jeffrey Dean Morgan e Norman Reedus

O ator que interpreta Negan, Jeffrey Dean Morgan, declarou no programa Talking Dead:

“Lembrem-se, eles mataram muitas pessoas do meu grupo. E lembrem que se não fosse pelo Daryl, Glenn ainda estaria vivo!”

Os fãs mais emocionados podem não concordar mas, analisando friamente, a realidade é que Negan estabeleceu as (terríveis) regras. E Daryl não as cumpriu.

Quando o grupo de Rick chega ao ponto de estarem ajoelhados perante Negan, já tinham conhecimento da brutalidade que eles eram capazes. E após a morte brutal de Abraham, eles tiveram a certeza de que Negan era alguém sem humanidade.

O ato de Daryl é plenamente justificado, mas as consequências impostas pelo vilão eram cruelmente claras.

Como isso vai afetar Daryl?

Daryl Dixon

Em entrevista exclusiva ao site Comicbook.com, Norman Reedus desvenda um pouco sobre o estado de Daryl depois desses acontecimentos:

“Eu acho que pesa profundamente nele. Eu não sei se alguém do grupo culpa ele por alguma coisa, mas ele culpa a si próprio mais do que tudo. Realmente leva ele a um ponto tão baixo que qualquer porcaria jogada pra ele, ele vai simplesmente aceitar.”

Daryl é agora um prisioneiro de guerra dos Salvadores e vai cair em um caminho desolador:

“Ele vai mergulhar na escuridão. Ele faz certas coisas das quais não vai poder voltar. Ele vai para um lugar muito, muito sombrio. É uma combinação de ódio. É uma combinação de autodepreciação. (…) Ele odeia o mundo em que vivem, e ele não perdeu a luta que tem dentro de si, mas definitivamente já não vê nada de bom no mundo, isso é certo.”

Resta esperar para assistir a essa dura caminhada de culpa de Daryl e descobrir se a culpa pela morte de Glenn vai ser algo sentido pelo grupo.