Star Trek: Discovery está de volta para a segunda parte da primeira temporada e continua surpreendendo os fãs. Mais uma vez, esse episódio traz várias referências ao universo de Jornada nas Estrelas para além de teorias e problemáticas que os fãs podem esperar se desenvolverem nos próximos episódios.

Confira os easter eggs de Apesar de Você e uma nova teoria sobre o Pingo que Lorca mantém em seu escritório!

Atenção: contém spoilers da série Star Trek: Discovery!

Os melhores Engenheiros-Chefe são escoceses

scotty

Para sobreviver no Universo Espelho, a tripulação da USS Discovery teve de fazer algumas adaptações, sendo uma delas a adoção de Tilly como capitã. Lorca, por sua vez, assumiu a identidade de Engenheiro-Chefe da nave estelar e escondeu sua verdadeira voz ao falar com um forte sotaque escocês.

Essa foi, sem dúvida, uma referência a um dos personagens mais icônicos do universo de Jornada nas Estrelas, o Engenheiro-Chefe da USS Enterprise, Montgomery Scott.

Na verdade, é possível mesmo que Lorca conheça Scotty, visto que este se alistou na Frota Estelar em 2241, enquanto que os eventos de Star Trek: Discovery se passam em 2256, na mesma cronologia. Logo, é muito provável que os dois tenham se conhecido no passado, no início de suas carreiras.

Relembrando a USS Defiant

defiant

Durante o episódio Apesar de Você, a tripulação percebe que para voltar para seu universo original eles precisam pegar informação sobre uma outra nave da Frota Estelar. E a nave que viajou para o Universo Espelho é a USS Defiant.

Essa é uma referência à nave estelar que apareceu pela primeira vez em 1968, na terceira temporada da Série Original. Aí, a USS Defiant é sugada para uma outra dimensão, sem ser confirmado ao certo qual.

Em 2005, na temporada final de Jornada nas Estrelas: Enterprise, conhecemos finalmente o destino de USS Defiant, que não só viajou para outro universo alternativo, mas também para trás no tempo. Ou seja, esses acontecimentos se passaram cerca de cem anos antes dos eventos de Star Trek: Discovery.

No final do episódio duplo, vemos as versões espelhadas da tripulação da Enterprise recolher a nave e utilizar sua tecnologia avançada para dominar seu universo. Ficamos à espera para ver o que aconteceu no século que, entretanto, decorreu.

Terranos: Mestres da tortura

agonizer booth

No final do episódio, Lorca acaba preso em um aparelho que já havia aparecido em episódios passados no Universo Espelho. Esses sistemas de tortura servem para causar grande dor em inimigos ou mesmo aliados que tenham chateado alguém importante nesse universo.

No episódio In a Mirror, Darkly, foi revelado que os aparelhos haviam sido criados por Dr. Phlox e Malcolm Reed, dois personagens muito benevolentes no Universo Primário.

Teoria: Irá o Pingo de Lorca denunciar Tyler?

tribble

Na Série Original, no episódio The Trouble with Tribbles, um agente klingon chamado Arne Darvin toma a forma humana para se infiltrar na Federação. São, então, essas criaturas peludas, os Pingos, que o denunciam. Na verdade, esses queridinhos sentem um desconforto intenso quando se encontram perto dos Klingons e foi isso que alertou Kirk para a presença do espião.

É sabido desde o início da primeira temporada de Star Trek: Discovery que o Capitão Lorca tem um Pingo em seu escritório. Pode ser apenas decorativo ou um mecanismo de aliviar seu estresse, visto que as criaturas manipulam o sistema nervoso dos humanos, os deixando mais calmos e felizes.

Mas, agora que é certo que Tyler esconde algo muito klingon dentro de seu corpo, uma das teorias mais populares é que vai ser essa criaturinha que vai desmascarar a sua verdadeira identidade secreta.