O universo de Harry Potter é bastante vasto e aumenta cada dia mais. Novas escolas de magia e governos mágicos são revelados, novos feitiços, criaturas e personagem são apresentados. Um universo complexo e bastante detalhado, abrangendo à moda, estilo de vida, arquitetura, cultura, terminologia, e símbolos próprios. Este artigo focará nesse último. Quais são os principais símbolos presente no mundo mágico?

As Relíquias da Morte

Relíquias da morte

Este símbolo composto de um triangulo que envolve um círculo e uma reta, tornou-se o emblema da série Harry Potter. Muitos fãs usam pingentes com esse símbolo, ou mesmo o tatuam na pele para demonstrar seu amor pelo universo mágico.

Nos livros, este símbolo possui dois significados, sendo um deles bastante polêmico. O primeiro, o significado original, é a representação gráfica das Relíquias da Morte, três itens mágicos poderosíssimos que, segundo uma lenda, a própria Morte teria presenteado os irmãos Peverell. Esses itens são: A Pedra da Ressurreição, representada pelo círculo; A Capa de Invisibilidade, representada pelo triângulo; E a Varinha do Destino, representada pela reta.

O segundo significado deriva do primeiro. O antigo mago das trevas Grindewald, possuía uma obsessão pela lenda das relíquias da morte, sempre em busca desses objetos mágicos. Por esse motivo ele se apropriou do símbolo e o utilizou como a assinatura de seus feitos malignos e para identificar seus seguidores. Isso fez com que o símbolo, já não muito conhecido na comunidade bruxa, passasse a significar apenas Grindewald.

Esse processo de assimilação de símbolos, "corrompendo" o significado original não aconteceu apenas no mundo de Harry Potter, possui um paralelo no mundo real. A Alemanha Nazista também fez isso. Em seu objetivo de restaurar a identidade germânica, o movimento incorporou vários traços e símbolos da mitologia nórdica e germânica, como o Mjölnir de Thor e o Valknut de Odin. Esses símbolos sao bastante utilizados por neo-nazistas até hoje. Até mesmo a suástica, símbolo do partido nazista, passou por um processo semelhante.

A Marca Negra

A Marca Negra

Símbolos são uma ótima forma de unificar pessoas em uma causa. Por isso é tão popular entre os vilões. Obviamente, Lord Voldemort, o principal inimigo de Harry Potter, não ficaria de fora dessa moda. Por isso criou a Marca Negra.

Provavelmente o símbolo mais sinistro a aparecer nos livros e filmes. A figura da Marca Negra é a de uma caveira humana com uma serpente saindo da boca. A parte da serpente provavelmente remete ao fato de Voldemort ser descendente de Salazar Sonserina. A caveira geralmente é associada à morte, servindo para tornar a imagem aterrorizante para os inimigos do lorde das trevas.

A Marca Negra é mostrada de duas formas distintas. A primeira é apenas um símbolo flutuante no céu, invocado através do feitiço Morsmordre. Essa forma é usada para mostrar a presença de Voldemort e de seus Comensais da Morte, uma tática para espalhar o terror.

A segunda forma que a marca é mostrada é como uma tatuagem. Todos os seguidores de Voldemort possuem uma Marca Negra estampada no antebraço. Contudo, não se trata de uma simples tatuagem para mostrar o que os Comensais da Morte possuem espírito livre e uma alma criativa. Sempre que Voldemort precisa convocar seus seguidores, todas as tatuagens começam a queimar, avisando os comensais de que estão sendo requisitados.

As casas de Hogwarts

Casas de Hogwarts

Todo mundo já está canado de saber das quatro casas de Hogwarts e que cada uma possui um animal como símbolo. Esses animais também estão presentes no brasão da escola de bruxaria. Porém, seria um sacrilégio fazer uma lista sobre símbolos do universo Harry Potter sem citá-los. Aqui estão:

O leão da Grifinória: Como não poderia ser diferente para esse animal, simboliza as virtudes da coragem, bravura, determinação, ousadia e cavalheirismo.

A águia da Corvinal: Possui sua simbologia mais voltada para aspectos da mente, como sabedoria, aprendizado, sagacidade, inteligência, criatividade, originalidade e individualidade.

O texugo da Lufa-lufa: Considerada a casa mais inclusiva entre todas. Valoriza traços de personalidade como a paciência, lealdade, dedicação, trabalho duro, jogo limpo, bondade e tolerância.

A serpente da Sonserina: Apesar de ser um animal de má fama, simboliza algumas virtudes. Os valores desta casa são a liderança, ambição, astúcia, desenvoltura, auto-preservação, fraternidade e, assim como sua rival Grifinória, a determinação.

As casas de Ilvermorny

Casas de Ilvermorny

Ilvermorny, a escola de bruxaria da América do Norte, feita nos moldes de Hogwarts, tendo também quatro casas para seus estudantes. Diferente de Hogwarts, as casas de Ilvermorny possuem criaturas mágicas como símbolos em vez de animais comuns. Veja o que cada uma dessas criaturas representa:

Pumaruna: Um animal semelhante a um puma de seis patas, é incrivelmente rápido e quase impossível de matar. Simboliza o corpo de um bruxo ou bruxa. Esta casa favorece guerreiros.

Pássaro-trovão: Um pássaro semelhante à uma águia gigante, capaz de criar tempestades com o bater de suas asas. Simboliza a alma de um bruxo ou bruxa. Esta casa favorece aventureiros.

Pukwudgie: Criatura que parece uma pessoa com um nariz enorme, medindo até 90 cm de altura e com a habilidade de desaparecer. Simboliza o coração de um bruxo ou bruxa. Esta casa favorece curandeiros.

Serpente chifruda: Uma cobra enorme com um par de chifres e uma jóia na testa que concede os poderes de vôo e invisibilidade. Simboliza a mente de um bruxo ou bruxa. Esta casa favorece estudiosos.

Brasão de Beauxbatons

Brasão de Beauxbatons

A heráldica que simboliza a Beauxbatons, escola de magia situada na frança, varia dos livros para os filmes. Na obra original, o brasão é descrito apenas como um escudo azul com duas varinhas cruzadas com três estrelas na ponta de cada uma delas.

Nos filmes esse símbolo foi "aprimorado". O escudo se mantém azul, mas com um "B" floreado em seu centro. Vários detalhes em dourado foram acrescentados às bordas e as varinhas cruzadas foram realocadas para a parte superior do escudo. As estrelas desapareceram.

Brasão de Durmstrang

Brasão de Durmstran

A terceira escola que compõe o Torneio Tribruxo. A Durmstrang possui a má fama de produzir muitos bruxos das trevas (Grindewald se formou aqui) e possui um brasão adequado para sua reputação. Uma águia de duas cabeças entre as galhadas de um crânio vermelho de um veado. Entre os chifres da caveira está uma faixa com o nome da escola em alfabeto latino e em cirílico.

Gringotes

Gringotes

Até mesmo o Gringotes, o banco dos bruxos, possui seu símbolo próprio. Embora neste caso seja algo mais próximo de uma logo da empresa do que algo verdadeiramente simbólico com um significado profundo embutido. Trata-se apenas de uma letra "G" envolvendo o rosto em perfil de um duende, utilizado nos sinetes e carimbos do banco.

O Ministério da Magia

Ministério da magia

Mantendo a linha de símbolos em logos, agora é a vez do governo bruxo. O símbolo, uma varinha no meio de uma letra "M" que tem cada perna em um dos pratos de uma balança, mostra bem que é nesse lugar que as leis e a justiça do mundo mágico são feitos. A logo faz parte da criação da identidade visual do Ministério da Magia desenvolvida pela equipe de produção dos filmes da franquia Harry Potter.

MACUSA

MACUSA

Agora atravessamos o Oceano Atlântico para ir de um governo bruxo para outro. O Congresso Mágico dos Estados Unidos (cuja sigla em inglês é MACUSA) foi apresentado pela primeira vez no filme spin-off da série Harry Potter, Animais Fantásticos e onde Habitam.

O brasão do governo é composto por elementos tipicamente americanos, como a águia, as faixas e as estrelas. As chamas presentes nas asas da águia pode ser uma referência aos Julgamentos de Salém, quando vinte pessoas foram executadas acusadas de serem bruxas.

O menino que sobreviveu

O menino que sobreviveu

Para finalizar, a marca que começou com tudo. Pode-se dizer que a cicatriz em formato de raio que Harry Potter carrega em sua testa é o maior símbolo presente em toda a série. Não só simboliza o personagem principal, como toda a série de livros.

Na história simboliza o menino que sobreviveu, a única pessoa a resistir à maldição Avada Kedavra e que, no processo, derrotou Lord Voldemort. A cicatriz de Harry simboliza o triunfo do bem sobre o mal, é uma marca de esperança.

O símbolo do raio pode ser um tanto genérico, mas é só adicionar um par de óculos redondos que se torna inconfundível.