Descubra os segredos da SHIELD, a organização secreta da Marvel

Não importa qual é a ameaça, se são alienígenas, supervilões, inimigos sobrenaturais ou um lagarto gigante e radiativo, se é uma ameaça para o mundo, a SHIELD entrará em ação. Conheça mais sobre a maior organização secreta da Marvel que está a serviço do bem.

Significado do nome e função

Significado

Inicialmente, a sigla SHIELD significava "Supreme Headquarters, International Espionage, Law-enforcement Division". Em português, isso pode ser traduzido como "Divisão de Quartel General Supremo, Espionagem Internacional e Aplicação da lei". Ainda bem que os tradutores tiveram a decência de manter a sigla original, ou essa agência seria conhecida como DQGSEIA, que não é nem um pouco sonoro ou mesmo pronunciável.

Atualmente, SHIELD possui outro denotação, mas não muito diferente da original. Agora significa "Strategic Homeland Intervention, Enforcement and Logistics Division". Em tradução livre, significa: "Divisão de Intervenção Estratégica da Pátria, Execução e Logística". A sigla perfeita para uma organização que tem a defesa do mundo como principal tarefa (shield em inglês significa escudo).

Como ambas as siglas dão a entender, a SHIELD é uma força internacional especializada no combate de terroristas, aplicação da lei e vigilância. É sancionada pelos Estados Unidos, mas responde diretamente ao Conselho de Segurança Mundial, que é constituído por membros de vários países.

A origem da SHIELD

Origem

A ideia original de uma organização aos moldes da SHIELD para proteção mundial foi pensada pela primeira vez pelo Coronel Nick Fury, poucos anos após o fim da Segunda Guerra Mundial. No entanto, o militar nunca apresentou seu conceito para o Governo Americano, pois tinha a convicção de que jamais investiria in tal iniciativa.

Suas ideias, contudo, chegariam ao conhecimento de uma organização das Nações Unidas, que não só apresentou para os Estados Unidos, como conseguiu ser financiada pelo país. Foi alegado que uma divisão especializada seria uma boa contramedida ao crescimento das forças da Hydra.

Por ser uma organização secreta, tudo isso foi mantido em segredo e nem mesmo Nick Fury soube que sua ideia havia sido colocada em ação. Só foi saber da existência da SHIELD tempo depois de já estar funcionando, quando foi chamado para assumir o posto de Diretor de Operações, pois o anterior havia sido assassinado pela Hydra. No entanto, Fury não é o comandante definitivo da agência e ainda deve prestar ordens ao Conselho de Executivos, composto por 12 pessoas misteriosas.   

O Diretor de Operações

Nick Fury

Nick Fury serviu ao Exército Americano durante a Segunda Guerra Mundial. Liderava um esquadrão de homens extremamente habilidosos, o chamado Comando Selvagem, e juntos foram enviados para diversas missões perigosas. Lutaram ao lado do Capitão América e de Bucky, enfrentaram não apenas nazistas, como também supervilões como o Caveira Vermelha e Barão Zemo.

Com a SHIELD sob seu comando, Nick Fury mostrou que não é o típico comandante de atitude reservada e serena, que dá ordens aos seus agentes por detrás de uma mesa de escritório enquanto está assentado confortavelmente em sua cadeira reclinável. Ele é mais do tipo de comandante que lidera pelo exemplo, pegando um par de pistolas, um fuzil e pulando para o campo de combate nas mais diversas missões.

Os melhores agentes

Agentes

Uma das primeiras ações de Nick Fury como Diretor da SHIELD foi recrutar agentes altamente qualificados ao redor do mundo, sendo que alguns dos primeiros agentes a responder o chamado de Fury foram seus companheiros do Comando Selvagem. Os agentes podem compor as mais diferentes equipes, desde trabalho de inteligência atrás das telas de computadores, passando por espionagem e até operações armadas. Possuem até mesmo um Esquadrão Godzilla, criado especialmente para enfrentar esse monstro.

A SHIELD sempre manteve boas relações com grupos de super-heróis, mais notavelmente com os Vingadores e o Quarteto Fantástico, com quem ocasionalmente trabalhou em conjunto. Também já contou com um time próprio de super-agentes e a ajuda regular de outros super-humanos como a Viúva Negra, Capitão América e Wolverine.

Tecnologia de ponta

tecnologia

Um dos principais aliados da SHIELD são as Indústrias Stark, o que garante que a agência possua sempre a tecnologia mais avançada ao seu dispor. O principal exemplo disso é o Aeroporta-Aviões, que, como o nome sugere, é um porta-aviões que voa! Essa aeronave também funciona como a base de operações principal da agência, abrigando boa parte do equipamento militar que possuem.

Seus agentes também são equipados com os melhores armamentos disponíveis no mercado, além de alguns itens especiais, como mochilas a jato, munições com ponta explosiva, e equipamentos de espionagens dignos de um filme do 007. Também têm diversos tipos de aeronaves e carros voadores para sua locomoção.

Uma das tecnologia mais marcantes da SHIELD são seus iscas de modelo-vivo. Tratam-se de androides programados para simular perfeitamente a aparência e os comportamentos de pessoas. Geralmente são colocados no lugar de pessoas cuja vida estão em perigo iminente. 

Principais inimigos

hail hydra

Como foi dito anteriormente, a SHIELD foi criada para combater a Hydra, organização paramilitar que surgiu de dentro da Sociedade Thule, um grupo ocultista nazista. O supervilão Barão von Strucker subiu nos ranques militares até se tornar o líder Thule e então fundou a Hydra, sem informar ou esperar o consentimento do Führer. Os objetivos de von Strucker para com a Hydra é a dominação mundial através de atos terroristas e manipulações políticas.

No entanto, a Hydra não e a única ameaça ao mundo enfrentada pela SHIELD. Muitas outras organizações malignas já foram combatidas pela SHIELD, como foi o caso do Tentáculo, dos Mestres do Mal, a HAMMER, o Zodíaco, os Illuminati, e os Thunderbolts.

Agora você já sabe quem chamar caso um dia tenha algum problema com organizações que almejam a dominação mundial.