Já na sua terceira temporada, a série Gotham continua contando a história de Jim Gordon e a de alguns dos principais vilões do Batman. Apesar das sucessivas renovações para novas temporadas, a série não é unânime entre os fãs de quadrinhos, principalmente entre os fãs do Batman.

Mas Gotham é uma das séries mais bem produzidas do momento, e se você nunca viu um episódio aconselhamos fortemente que comece a seguir! 

Neste artigo vamos focar em alguns motivos que fazem de Gotham uma das mais subestimadas séries do momento! Nos arriscamos até a questionar: Será Gotham a melhor série inspirada em quadrinhos da atualidade?

Cenografia perfeita

gotham

No que diz respeito a cenografia, Gotham sobe a barra para um outro nível. Se você decide assistir a uma série, é importante que ela transmita e tenha um ambiente fiel ao da fonte de inspiração. E Gotham faz isso na perfeição.

Tanto o cenário, onde são escolhidas desde peças de mobiliário a veículos um pouco mais clássicos, até aos filtros escolhidos para a imagem na pós-produção. Gotham faz a gebnte se sentir envolvidos naquele ambiente bem semelhante à Gotham City dos quadrinhos.

Nada é deixado de lado, você não vê um único smarthphone, ou carro super moderno, mas mesmo assim a série não perde a sua contemporaneidade e faz com que o espectador sinta que tudo o que acontece é bem atual. Gotham tem que ser clássica, sombria e misteriosa e a série a define exatamente dessa forma.

Você já ouviu a trilha sonora?

Gotham tem certamente uma das melhores, se não a melhor, trilha sonora da atualidade (no que diz respeito a séries). Composta por David Russo, ela transmite ao espectador tudo aquilo que uma trilha sonora precisa transmitir, sendo agressiva nos momentos certos, mas também melodiosa e emocional naquelas cenas que fazem o coração ficar bem apertado.

Este é um elemento por muitas vezes ignorado, mas que pode fazer toda a diferença. Algo que já ficou provado em outras séries como o recente fenômeno da Netflix, Stranger Things.

Guarda roupa cheio de glamour

gotham

Não dá para negar, os personagens de Gotham são dos mais bem vestidos que você vai ver na telinha! Todos eles são representados com acessórios vintage e retro, se mantendo fiéis aos quadrinhos. Trazem sempre elementos que nos rementem às suas características mais tradicionais.

Até mesmo a Mulher-Gato, que mora na rua, consegue ter um uniforme de fazer inveja a muita gente, sem nunca perder os traços essenciais da personagem.

Precisamos ainda falar de Jim Gordon, que é provavelmente o policial mais bem vestido de todos os tempos! O cara tem uma coleção de ternos impressionante, e não é de se admirar o sucesso que ele faz no meio de todas aquelas mulheres.

Grandes interpretações

jim gordon

Em Gotham parece que todos os atores estão dando o máximo! Ben Mckenzie, que interpreta o papel de Jim Gordon, é um cara totalmente diferente daquele que vimos em The O.C.: Um Estranho no Paraíso. Na série, Jim Gordon é um policial destemido, bem agressivo e com uma dinâmica apaixonante, que não deixa ninguém ficar indiferente.

Outros atores também têm atuações impressionantes, com destaques para o Pinguim de Robin Lord Taylor, para a Lee Thompkins de Morena Baccarin ou para o Charada interpretado por Cory Michael Smith.

Também precisamos dar destaque ao jovens David Mazouz e Camren Bicondova, pois a evolução dos dois enquanto Bruce Wayne e Selina Kyle têm sido impressionante.

Esta não é a história do Batman

pinguim

Muitos fãs criticam a série por ela não ser suficientemente centrada no jovem Bruce Wayne, ou por fazer grandes alterações à origem de alguns vilões. Mas o que esses fãs precisam entender é que a série não conta a história do Batman. Sim, ela é inspirada nos quadrinhos no Batman, mas o personagem principal da série é o policial Jim Gordon. E a história conta como alguns dos vilões do Batman surgiram.

Obviamente que algumas alterações teriam que ser feitas, de outra forma nem valeria a pena assistir a série, pois tudo já teria sido contado nos quadrinhos. E apesar de algumas críticas por essas alterações, os roteiristas de Gotham estão de parabéns, pois estão conseguindo recriar personagens verdadeiramente icônicos sem tirar a profundidade necessária a cada um.