Crítica 5ª temporada de Gotham | Será que a série deixou saudades?

Depois de 5 temporadas a série Gotham chegou finalmente ao fim. O projeto que a FOX lançou para contar a história do Cavaleiro das Trevas na perspectiva de Jim Gordon teve os seus altos e baixos ao longo da sua existência, mas certamente deixará saudades a alguns dos fãs da DC Comics.

A quinta temporada de Gotham acabou por espelhar tudo aquilo que a série foi ao longo dos tempos, um projeto que foi capaz do melhor e do pior que já vimos nas adaptações de HQs para a telinha.

No final e apesar dos aspectos positivos, conseguimos perceber qual foi o motivo que levou a FOX a cancelar a série e quais foram os fatores que levaram a que muitos fãs deixassem de se interessar por Gotham.

Adaptações muito criativas

gotham

Ao longo da sua existência os roteiristas de Gotham sempre foram muito criativos no que diz respeito a adaptações de personagens ou histórias de origem dos quadrinhos.

Apesar de algumas dessas adaptações terem sido bem feitas, a grande maioria foi bastante extravagante e isso voltou a acontecer na quinta temporada da série.

É bom não ver sempre a mesma história sendo retratada, no entanto existem elementos preponderantes que não deveriam ser simplesmente alterados, pelo menos de uma forma tão drástica e radical que acaba por fazer com que os fãs das HQs simplesmente percam o interesse.

Ritmo acelerado

gotham

A quinta temporada de Gotham teve um enorme problema, o seu ritmo. A trama se movia a uma velocidade verdadeiramente estonteante.

É bom que exista dinâmica e ação, no entanto isso se torna em algo negativo quando a forma como as coisas se resolvem parecem apressadas.

Isto acaba por ser reflexo do cancelamento da série, os roteiristas sentiram a necessidade de terminar a série de uma forma que certamente não foi a inicialmente prevista. Tudo parece feito com pouco cuidado e a trama chega muitas vezes a não fazer qualquer sentido.

Esteticamente única

gotham

Se existe um ponto positivo em Gotham é a sua qualidade a nível estético. Quer você ame ou odeie a série, numa coisa quase todo mundo concorda, Gotham tem um visual único.

Ao longo de cinco temporadas a cidade de Gotham foi retratada de uma forma muito própria e bem diferente de outras séries de super-heróis, existindo uma qualidade que se destacou.

É certo que o visual de alguns personagens pode não ser fiel aos quadrinhos, mas a qualidade de cenários, caracterização e edição foram certamente os pontos altos da quinta temporada e da série no geral.

Final pouco memorável

gotham

Como dissemos a trama da quinta temporada foi apresentada de uma forma muito apressada, deixando o espectador confuso e com uma sensação que estava visualizando uma obra inacabada.

Infelizmente o final de Gotham não foi memorável, tudo se desenrolou de uma forma previsível tendo até bastante coisas em comum com a série Smallville (a que já foi comparada inúmeras vezes).

Ao fim de cinco temporadas Gotham teve alguns aspectos positivos, mas no final de contas o cancelamento foi inevitável e não podemos dizer que não entendemos o motivo para o seu final abrupto.

E você, vai ter saudades de Gotham? O que achou da última temporada? Amou? Odiou? Deixe a sua opinião nos comentários!