As faces do vilanesco Duas-Caras, o inimigo que já foi aliado de Batman

Duas-Caras, o terrível vilão desfigurado que quer o Batman morto, e Harvey Dent, o agente da lei que um dia quis salvar Gotham. Ambos compõem os lados de uma mesma moeda, ou melhor, os dois lados de uma mesma pessoa. Saiba como um homem honrado pode ter se corrompido em um vilão tão terrível. 

Passado conturbado

origem

Harvey Dent nasceu em uma família pobre e desestabilizada, principalmente por causa da figura paterna. O pai de Harvey era um homem violento que constantemente abusava fisicamente do filho, decidindo em um lance de moeda se iria ou não espancar o garoto. Crescer em tal ambiente fez com que Harvey desenvolvesse e reprimisse esquizofrenia e distúrbio bipolar.

Para escapar da realidade que vivia, Harvey se esforçou muito em seu trabalho e estudos, eventualmente se formando como um advogado. Seu forte senso de justiça e ética fez com que seguisse a carreira de promotor público, destemido em seu trabalho de levar a justiça aos criminosos da cidade de Gotham. Dessa forma, conquistou a amizade do Comissário de Polícia, Jim Gordon, e também se tornasse um dos primeiros aliados e apoiadores de Batman

Inimigo da máfia

inimigo da mafia

Por ser charmoso, bonito, e extremamente prestativo em seu trabalho contra o cenário criminoso de Gotham, ao mesmo tempo que parecia ser intocável pelos bandidos, Harvey Dent foi apelidado de Apolo. Contudo, apesar de seu sucesso, muito trabalho ainda tinha que ser feito. Pois o mafioso, Carmine Falcone, ainda possuía muita influência na cidade, e Dent se esforçaria para derrubar essa família criminosa.

Agindo através da lei, Dent perseguiu máfia e despertou a fúria de Falcone. Obviamente, o mafioso mandou uma gangue eliminar o promotor, mas com a ajuda de Batman e Gordon, Harvey conseguiu se safar. No entanto, esse incidente desestabilizou um pouco a mente de Harvey, fazendo com que perdesse um pouco a confiança de Batman e de Jim Gordon.  

Sua cruzada contra a máfia chegaria a um fim trágico, e foi durante o julgamento de Salvatori Maroni, o segundo maior mafioso de Gotham. Salvatori responsabilizava Dent pela morte de seu pai e em um ato de vingança, no meio do tribunal, jogou um frasco de ácido na cara de Harvey Dent. O promotor teve o lado esquerdo de seu rosto desfigurado e foi imediatamente internado em um hospital.

Um vilão surge (ou dois)

dualidade

Harvey Dent não ficou no hospital por muito tempo. Ao ver seu rosto desfigurado, seus distúrbios mentais vieram à tona com força total. Passou a alternar entre personalidades, uma sendo a já conhecida e ainda com resquícios éticos de Harvey Dent, e outra muito mais agressiva e maligna, o vilanesco Duas-Caras. Também passou a ter uma obsessão por dualidades e o numeral 2, temas bastante recorrentes em suas ações criminais.

Contudo, suas primeiras ações como um vilão não possuem relação com qualquer tipo de dicotomia, mas sim com pura e simples vingança. Duas-Caras rastreou e matou Vernon Wells, antigo assistente de promotoria de Harvey, e corrompido pela máfia. Também assassinou Carmine Falcone, seu antigo inimigo dos tempos de tribunal. Após isso, foi capturado pelo Batman e aprisionado no Asilo Arkham para criminosos insanos.

Assim como foi no hospital após seu acidente, Duas-Caras não se manteria em um quarto acolchoado por muito tempo. Logo ele escaparia de sua prisão e voltaria às ruas de Gotham e para sua extensa carreira criminosa. Geralmente contrata capangas para realizar seus assaltos, como foi o caso com Willis Todd, criminoso contratado que acabou assassinado pelo próprio Duas-Caras. Willis era o pai de Jason Todd, que no futuro se tornaria o Robin.

Destino ao acaso

moeda

Após o ataque que o desfigurou, Duas-Caras perdeu toda a sua fé no sistema de justiça e nas leis. Passou então a contar apenas com o acaso para guiar suas decisões, o que se tornou uma das características mais marcantes desse personagem.

Duas-Caras possui uma moeda de prata com com caras nos dois lados, mas após seu desfiguramento, riscou um dos lados. Sempre que precisa tomar uma decisão, ele joga a moeda para alto. Se ela cai com a face intacta para cima, ele é compelido a agir de modo bom. Porém, se o resultado é a face riscada para cima, ele age da forma mais maligna possível.

Habilidades

habilidade

Imunidade a Era Venenosa

Nunca foi explicado como isso acontece, mas ao que tudo indica, Duas-Caras possui imunidade às toxinas e feromônios que Era Venenosa utiliza para controlar as ações das pessoas.

Treinamento com o Exterminador

Após pagar uma generosa quantia ao Exterminador, esse mercenário treinou Duas-Caras para ser um exímio atirador. Geralmente o vilão carrega duas armas idênticas, tendo uma preferência por pistolas. Também possui o costume de utilizar munição ácida.

Treinamento com o Batman

Ainda quando era apenas Harvey Dent, o promotor foi treinado extensivamente em combate desarmado pelo próprio Batman.