Vão existir mais crossovers entre as séries do Arrowverso e os filmes da DC! (TEORIA)

O impensável aconteceu e durante o último episódio do crossover Crise nas Infinitas Terras tivemos a oportunidade de assistir ao primeiro cruzamento entre as séries do Arrowverso e o Universo Estendido DC Comics da telona.

Esse crossover aconteceu de um jeito bem especial, com o Flash de Ezra Miller aparecendo para interagir diretamente com o Velocista Escarlate interpretado por Grant Gustin. Ninguém estava a contar que tal fosse possível, mas a Warner Bros lá decidiu oferecer um verdadeiro momento único!

Mas será que este foi mesmo um momento único e irrepetível ou voltará a acontecer no futuro destas franquias? Existem algumas indicações que este poderá ser o início de uma relação bem mais complexa do que o público pode estar esperando.

Uma questão de negócios

arrowverse

Há alguns anos este cenário seria totalmente posto de parte, pois não existia qualquer interesse por parte dos executivos da Warner Bros em misturar os dois universos.

Contudo as coisas mudaram, o Universo Estendido da DC Comics não foi o sucesso que todo mundo estava esperando e o Arrowverso conseguiu estabelecer uma base de fãs bem fiel, continuando se expandindo através de novas séries e projetos.

Para a Warner Bros aceitar cruzar os dois universos devem ter sido necessárias muitas reuniões, montes de discussões e um esforço financeiro considerável.

Criar este crossover entre os dois universos não deve, nem pode ser levado levianamente pelos fãs da DC Comics, pois é algo extremamente importante - afinal de contas todos os heróis dos filmes passam a estar ligados com os das séries da CW, ou seja, certamente que vão existir mais interações no futuro.

Ciborgue será o próximo?

Bem no final do diálogo entre o Flash de Ezra Miller e o Flash de Grant Gustin, o personagem do Universo Estendido DC Comics disse o seguinte:

"Eu disse ao Victor que era possível!"

Esta foi uma clara referência ao personagem Victor Stone, mais conhecido pelos fãs dos quadrinhos pelo nome de Ciborgue. Ou seja, apenas com uma frase ficamos sabendo que o Flash e o Ciborgue já tinham falado sobre a possibilidade de existir um Multiverso.

Desta forma se abre um montão de possibilidades! Mais personagens do cinema poderão aparecer nas séries e os heróis do canal televisivo norte-americano CW podem mesmo chegar a fazer parte de alguns dos próximos filmes da DC Comics.

Mais no filme solo do Flash?

flash

E a próxima interação entre os filmes e as séries poderá acontecer já no filme solo do Flash que segundo vários rumores terá um papel decisivo no futuro do Universo Estendido da DC Comics.

Um desses rumores é que o filme servirá para fazer um reebot geral ao universo da DC Comics nos cinemas, fazendo uma adaptação da HQ Ponto de Ignição (Flashpoint).

A forma ideal poderá mesmo passar por um cameo do Flash de Grant Gustin que tem imensa experiência em viagens no tempo, algo crucial para desfecho da trama da HQ que se centra essencialmente nesse conceito. Por isso não se admire se Grant Gustin aparecer para uma breve participação.

FIQUE LIGADO:

Crise nas Infinitas Terras | Acompanhe tudo o que aconteceu no crossover!

Arrowverso | TODOS os personagens do crossover Crise nas Infinitas Terras!

Grant Gustin ou Ezra Miller: qual o melhor Flash da atualidade?