Com a capacidade de entender TODAS as linguagens e idiomas do Universo, Douglas Ramsey é um dos membros da segunda turma de heróis a entrar para os Novos Mutantes. 

Criado por Chris Claremont e Sal Buscema, a primeira aparição de Cifra (codinome que Doug Ramsey passou a usar como herói) nos quadrinhos foi na New Mutants vol. 1 #13, em março de 1984.

Mesmo sem grandes habilidades físicas, Cifra foi peça-chave em inúmeras missões dos Novos Mutantes. Confira alguns fatos e curiosidades interessantes que separamos para que você conheça melhor o herói.

Quais são os seus poderes?

Cifra

Cifra tem a capacidade de compreender e se comunicar em absolutamente todas as linguagens e idiomas que existem no Universo, incluindo até de outras dimensões!

No entanto, todo este conhecimento não significa que esteja relacionado ao intelecto de Doug. O seu poder permite que ele tenha lapsos de compreensão quando em contato com outro ser, ou seja, não consegue entender o porquê de saber se comunicar em determinado idioma e muito menos explicar para outras pessoas aquilo que sabe. Ele simplesmente sabe.

Cifra domina não apenas as linguagens usadas pelos seres vivos, mas também das máquinas. O mutante se estabeleceu como um hacker, atuando como especialista em escrever programas de treinamento para os X-Men na "Sala do Perigo", local que usam para os seus treinamentos.

Ao contrário dos seus colegas de equipe, Cifra não é dotado de nenhum incrível poder de ataque. Por este motivo, sempre se mostrou bastante vulnerável quando estava em campo de batalha.

Warlock, uma amizade verdadeira

warlock e cifra

Se não fosse Cifra e seus poderes, os Novos Mutantes nunca teriam o suporte de Warlock no time. Este organismo tecno-orgânico chegou à Terra e, por não conseguir se comunicar com os humanos, acabou provocando algumas confusões.

Doug era o único capaz de manter um diálogo com o alien e, por isso, acabaram criando um laço muito forte de amizade. Além disso, por não ter grande capacidade física para o combate, Cifra estava sempre acompanhado de Warlock, que servia como protetor do mutante.

Morte comovente e ressurreição assustadora

cifra

Ao tentar salvar a vida de Lupina (Rahne Sinclair), sua companheira de equipe, Cifra foi fatalmente baleado pelo Ani-Mator (Dr. Frederick Animus), um geneticista que conduzia experimentos médicos, e que eram intitulados de "Ani-Mates". 

A cena da morte de Doug é considerada bastante emocionante pelos fãs dos Novos Mutantes, mesmo Cifra não tendo conquistado o agrado da maioria dos leitores. Aliás, esta foi uma das principais razões que levaram os produtores da série a colocar um fim no personagem.

Como era de se esperar, Warlock ficou extremamente perturbado pela morte de seu melhor amigo. O alien, num gesto de inocência, tentou "ressuscitar" Doug, reanimando o seu cadáver através de suas habilidades especiais. No entanto, foi convencido pelos Novos Mutantes a devolver o corpo de Cifra e fazer um funeral para o amigo. 

No entanto, este não foi o fim definitivo do herói. Durante a saga Necrosha, a mutante Selene encontrou o corpo de Doug e conseguiu reanimá-lo, mas alterando a sua personalidade. O objetivo dela era fazer Cifra se infiltrar nos Novos Mutantes e matar Magma, a sua principal inimiga. 

O surgimento de Douglock

douglock

Após a morte de Warlock (que é assassinado por Cameron Hodge, durante o evento conhecido por X-Tinction Agenda), as cinzas do alienígena são espalhadas no túmulo de Doug por Lupina. 

Mais tarde, o alienígena Falange, que pertence a raça nativa de Warlock, os Technarchy, ressuscita o ex-membro dos Novos Mutantes, mas fazendo com que tenha a aparência de Doug. Essa nova entidade formada pela união entre as mentes e poderes de Warlock e Cifra passa a assumir a identidade de Douglock.

Douglock, no entanto, consegue se livrar do comando de Falange e ingressa no time Excalibur, um grupo criado pelo Professor X e Magneto. Esta nova entidade ainda teve a oportunidade de ter um envolvimento amoroso com Lupina que, em outrora, também nutria fortes sentimentos por Doug.

Depois de um tempo, a personalidade de Warlock ressurge em Douglock. O alienígena mantém a sua fala humana e manifesta os poderes de tradução de Doug, pois ainda mantém uma cópia das memórias de seu amigo dentro de si. No entanto, a personalidade de Cifra está totalmente inativa, fazendo de Douglock apenas Warlock.