Black Mirror: confira todos os easter eggs da 4ª temporada!

O criador da série Black Mirror, Charlie Brooker, tem sugerido a ideia de que todos os episódios façam parte do mesmo universo compartilhado, deixando vários easter eggs e referências espalhados por toda a antologia.

Confira todas essas referências que encontramos na quarta temporada de Black Mirror!

Ep.1: USS Callister

Rumo aos planetas Rannoch B e Skillane IV

rannoch

Os planetas visitados pela tripulação da USS Callister são Skillane IV, onde Daly e Cole nadam em um lago, e Rannoch B, onde o “vilão” Valdack se encontra. Na verdade, esses são, também, os nomes dos criminosos do episódio Urso Branco. Nesse episódio, Iain Rannoch e sua namorada Victoria Skillane raptam e matam uma garota.

Porém, é também possível que Rannoch seja uma referência ao planeta com o mesmo nome do videogame Mass Effect 3. Brooker já veio dizer ser fã da saga e que jogou o game. Aí, o planeta Rannoch tem também uma história de terror tecnológico, em que sua raça original, os Quarians, foi expulsa por um exército rebelde de inteligência artificial que eles mesmos criaram.

Dois cameos de peso

dunst

Dois atores que participam momentaneamente no episódio são Aaron Paul e Kirsten Dunst. Os dois contracenaram com o ator principal, Jesse Plemons, em outros projetos passados.

Dunst é vista no escritório durante uns breves segundos enquanto que Paul dá a voz a gamer691, um jogador que insulta a tripulação da USS Callister quando esta entra na versão online do game.

Pegue seu cálcio com Leite Raiman

leite

Daly bebe leite da marca Raiman. No episódio Engenharia Reversa, uma soldado chamada Raiman fala de sua família e de sua fazenda de laticínios.

Pulando de retro para futurista

update

Durante todo o episódio, a tripulação da USS Callister se parece com a Série Original dos anos 60 de Jornada nas Estrelas. Porém, quando a nave estelar deixa a simulação de Daly e entra no servidor principal do game, toda a decoração e uniformes mudam para se parecerem com o reboot de Star Trek de J.J. Abrams, incluindo sua imagem de marca, o lens flare.

EP.2: Arkangel

Fãs de Waldo

waldo

Quando Marie leva sua filha Sarah até ao parque, vemos no carrinho de bebê uma lancheira com Waldo, o personagem animado que se torna um político no episódio O Momento Waldo.

Compartilhando o interface

interface

Quando Sarah descobre que sua mãe continua a espiar sua vida, ela acede ao tablet Arkangel para rebobinar suas gravações. O interface que é utilizado é igual ao que é usado no episódio Toda a Sua História para acessar às memórias guardadas.

Censurando a guerra

censura

Para testar o sistema de censura do novo sistema Arkangel, é mostrada a Sarah uma gravação militar violenta. Essa filmagem mostra Raiman, do episódio Engenharia Reversa, disparando sobre o que eles chamavam de “baratas”.

Aficionada

tusk

Quando Sarah já é uma adolescente, vemos no seu quarto um cartaz de Tusk, o rapper que é escolhido como alvo de um movimento online e assassinado no episódio Odiados Pela Nação. Além disso, existe também um cartaz de Harlech Shadow, o game de realidade virtual desenvolvido por Saito no episódio Versão de Testes.

Ep.3: Crocodilo

Tocando sempre a mesma canção

song

A música Anyone Who Knows What Love Is (Will Understand) de Irma Thomas é tocada em todas as temporadas. Na primeira temporada, no episódio Quinze Milhões de Méritos, Abi canta essa música no programa de talentos Hot Shots.

Na segunda temporada, em Natal Branco, Beth canta a mesma canção em um bar de karaokê. Na terceira temporada, em Engenharia Reversa, é Raiman que canta essa música enquanto aponta a arma a um prisioneiro.

Já em Crocodilo, a música está tocando quando o acidente com o carro de pizzas acontece e continua se ouvindo por todo o episódio.

Assistindo a canal de adultos

babes

Wraith Babes é um pornô que está disponível no hotel em que Mia se encontra. Na verdade, esse é o canal de adultos para quem Abi, em Quinze Milhões de Méritos, acaba trabalhando.

Noticiário UKN

ukn

Mia queima um artigo de jornal da agência de noticiário UKN Online. Essa agência tem sido proeminente em vários episódios da antologia, desde o primeiro, O Hino Nacional.

A melhor pizza do futuro

pizza

A empresa que atropela um homem com seus carros automáticos e que desencadeia os eventos que levam à espiral de loucura de Mia é a Fence Pizza. Essa é a mesma empresa que entrega as pizzas na casa de Daly, no episódio USS Callister.

Mantendo a privacidade

crocodile

Quando Shazia pede informações sobre Mia no hotel em frente ao local do acidente que ela está investigando, o recepcionista indica a política restrita de privacidade do hotel.

Essa política se deve a um jornalista que descobriu que um dos juízes de Hot Shots, o programa de talentos de Quinze Milhões de Méritos, andava se encontrando com um garoto.

Ep.4: Hang the DJ

Ouvindo The Smiths

smiths

O título do episódio se refere à música Panic dos The Smiths, que se ouve tocar na cena final. Curiosamente, Panic é uma das músicas que Charlie Brooker diz ter inspirado a criação do episódio San Junipero.

O Tinder do futuro

app

A app de encontros que é a base do episódio é usada também por Elena Tulaska, a recepcionista no episódio USS Callister. Além disso, Cooper do episódio Versão de Testes, também usa esse aplicativo.

Ep.5: Metalhead

De San Junipero com amor

junipero

Durante o episódio, Bella se esconde em uma casa luxuosa e, ao revistar algumas gavetas, encontra um postal de San Junipero, uma clara referência ao episódio com o mesmo nome.

Ep.6: Black Museum

De corda ao pescoço

bloom

Carlton Bloom, o artista que chantageia o Primeiro Ministro se enforcando de seguida no episódio O Hino Nacional, está em exposição no museu de horrores de Black Museum.

Espiar também é crime

tablet

Você pode também rever o tablet que a mãe superprotetora do episódio Arkangel utiliza para espiar a filha. Ele ainda se encontra estilhaçado e ensanguentado como a adolescente o deixou no final do episódio.

Saint Juniper, o hospital dos horrores tecnológicos

hospital

Rolo conta que no passado trabalhou para a empresa TCKR, a companhia que desenvolveu o sistema San Junipero. Além disso, o hospital em que ele trabalhava se chamava Saint Juniper.

Os cookies também têm direitos

cookies

Ao contar uma de suas histórias, Rolo fala da transferência de consciências e do movimento de direitos civis dos cookies. Esse conceito se refere às réplicas de consciências humanas que encontramos pela primeira vez no episódio Natal Branco.

Dois ratos dançando

ratos

Os ratos utilizados como cobaias nos experimentos de Rolo se chamavam Kenny e Hector. Esses eram os nomes dos personagens do episódio controverso Manda Quem Pode.

Criando personagens virtuais

chupa

Você pode também ver exposto no museu o extrator de DNA e o pirulito que Daly usava para “criar” seus personagens, no episódio USS Callister.

Novelas gráficas biográficas

bing

Em uma das histórias contadas por Rolo, Jack e Carrie estão lendo uma novela gráfica chamada 15M Merits, contando a história de Bing, um personagem do episódio Quinze Milhões de Méritos.

A banheira dos horrores

banheira

Outro objeto sangrento que você pode revisitar no museu é a banheira onde Mia assassina o marido de Shazia, no episódio Crocodilo.

Assassina de garotas

mugshot

Logo no início da exposição, podemos ver uma fotografia de quando a assassina de garotas Victoria Skillmane foi presa, no episódio Urso Branco.

O torturador

gorro

Esse gorro que se encontra em exposição foi usado pelo torturador de Skillmane, no Justice Park, durante o episódio Urso Branco.

Abelhas mecânicas

abelha

Você pode também rever um dos exemplares das abelhas mecânicas assassinas, que atormentavam quem a internet escolhesse no episódio Odiados Pela Nação.

Harlech Shadow

playtest

Outro objeto que pode passar despercebido no museu é o game Harlech Shadow do episódio Versão de Testes, que se encontra em uma das vitrines.