Ragnarok | Final explicado e teorias para 2ª temporada

Ragnarok, nova série norueguesa da Netflix chegou de mansinho e já levou muitos assinantes do streaming a maratonar os 6 episódios em um único dia. Mas o final da temporada pode ter deixado alguns espectadores confusos. Não temam, o Aficionados explica agora o que aconteceu!

Ah! E, claro! A gente já está cheio de teoria para uma possível segunda temporada (renova, Netflix!).

Final explicado

A cena

ragnarok final explicado

Nos últimos momentos da 1ª temporada, Magne chega ao galpão abandonado a tempo de salvar Gry da tentativa de Fjor de matá-la. Já certo da identidade do jovem, o gigante Vitar Jutul aparece para enfrentá-lo.

Magne manda Gry e Fjor, que já voltou a si, saírem de lá, e confronta Vitar. Porrada vai, porrada vem, os dois acabam fora do galpão. Quando Vitar parece preste a ganhar a luta, Magne instintivamente levanta suas mãos na direção do céu.

Um raio cai em direção aos dois, que são lançados para longe com a força da explosão e acabam desmaiados. Ali próximo, escondida, Wenche, a senhora idosa que deu/ativou os poderes de Magne, parece se transformar em um corvo.

Enquanto ela voa para longe, ouvimos sua voz dizer que, ao contrário do que muitos pensam, o Ragnarok não é o fim, mas sim o começo.

A história por trás

ragnarok final

Antes de explicarmos a cena, precisamos falar rapidinho sobre parte da mitologia nórdica em que a série se baseia. Nas lendas nórdicas, o Ragnarok é o fim do mundo, marcado pela batalha final entre deuses e gigantes.

Ele teria início com catástrofes naturais (ok, a série cobriu isso com o derretimento das geleiras) e com a morte prematura do filho de Odin associado a justiça e sabedoria, Balder (referenciado na Isolde, talvez?). Seguiria-se, então, uma grande batalha, um incêndio global e a submersão da terra pelo mar. A terra ressurgiria fértil e seria repovoada pelos poucos sobreviventes dos deuses (Thor morre, caso esteja se perguntando...) e dos humanos.

Outro detalhe importante é o fato de que o primeiro registro que se tem da explicação do Ragnarok é o Völuspá, um poema que está no livro Edda em prosa (sim, o mesmo nome da cidade da série!), do século XIII.

O poema narra o momento em que uma völva (vidente) revelou A Profecia da Vidente (Völuspá) a Odin: o Ragnarok. Ela revelou a ele os acontecimentos que antecediam o evento, a batalha e a nova chance que o planeta teria.

A explicação

ragnarok final

Talvez você já tenha entendido tudo com os fatos acima da mitologia nórdica, mas vamos lá!

Inicialmente, a batalha entre Vidar e Magne parece desesperadamente desigual porque Magne ainda não tinha aceito por completo os poderes de Thor. No momento em que está para ser derrotado, o jovem ergue os braços para o céu em um instinto, mas com isso se rende por completo aos novos poderes e ao seu destino.

Wenche, a senhora misteriosa cheia de palavras aparentemente sem sentido, é ninguém menos que a vidente. Basta perceber sua função de guia, ou mesmo o senhor na cadeira de rodas que ela tanto acompanha. Ele tem apenas um olho... assim como, você sabe, Odin!

Embora os espectadores talvez tenham esperado um pouco mais da batalha final, esta primeira temporada teve como função apresentar os personagens e ver Magne conhecendo e aceitando seu destino e seus poderes.

Teorias para a 2ª temporada

Laurits é filho de Vitar

ragnarok teorias

Quem imaginaria que a mitologia nórdica poderia explicar um possível caso de família! Bem, as evidências de que Laurits é Loki são bem claras. Além de o cara ser irmão de Magne/Thor, ele tem várias características que lembram o deus da trapaça e da travessura.

Um figura contraditória, ele é traiçoeiro e de pouca confiança, mas ajuda Thor e os deuses várias vezes. Outra forte marca sua é a capacidade de assumir a forma do que e de quem quiser, se passando por essa pessoa, talento que Laurits demonstrou ao brincar assumindo o lugar de Ran Jutul.

Assumindo, então, que Laurits é Loki, precisamos lembrar que, na mitologia nórdica, Loki não é filho de Odin, mas sim dos jötunn (gigantes) Farbanti e Laufey. Loki, porém, tem uma relação próxima e conflitante com os deuses, chegando a ter uma relação fraterna com Thor e sempre tentando merecer um lugar em Asgard.

Pois bem, alguém se lembra das sugestões que a série fez sobre um possível e rápido romance entre a mãe de Magne e Laurits e o gigante Vidar, no Ensino Médio? Seria possível, então, que, assim como Loki, Laurits fosse filho de um gigante? Outro indício é o quão bem o jovem se mistura a Saxa e Fjor na emblemática cena da dança de gigantes. Já pode explorar isso, segunda temporada!

O pai de Magne tentou enfrentar os Jutul

ragnarok teorias

A primeira temporada nos deu bem poucos informações sobre o pai de Magne, morto quando o jovem ainda era uma criança pequena. Mas no último capítulo, Vitar Jutul volta a falar do pai do novo portador dos poderes de Thor. Enquanto ameaça o garoto, ele diz:

"Eu estava enganado. Você não é o deus Thor. Você não é o velho arqui-inimigo dos gigantes. Você é só um rapaz. Um rapazinho assustado. Assim como seu pai."

É difícil saber se o pai de Magne também se tornou portador dos poderes de algum deus nórdico ou mesmo se sabia que a família Jutul era, na verdade, alguns dos últimos gigantes.

O fato é que ele parece ter enfrentado Vitar de alguma forma. Ele também descobriu os crimes das Indústrias Jutul? Ele também tentou deter Vitar? A esperança dos fãs é de que a segunda temporada nos traga mais informações sobre isso. Mas isso nos leva a uma outra teoria!

Magne é Magni. Seu pai era Thor

ragnarok teorias

Na mitologia nórdica, Magni era o filho de Thor. Em algumas interpretações da série, assim como outros personagem, Magne também poderia ter tido seu nome escolhido apenas como referência a mais uma figura mitológica, e ainda assim representar Thor. Essa interpretação se apoia em cenas como o momento em que ele se vê como Thor no espelho dos Jutuls, ou quando conversa com Wenche no supermercado, ou ainda quando é testado pelos Jutuls com o hidromel (teste que, na mitologia, é feito com Thor).

Ainda assim, e se Magne realmente representar Magni, mas tiver recebido os poderes de Thor depois de seu pai? Conforme explicamos na teoria acima, há algo no passado do pai de Magne que o liga a Vidar, uma indicação de que o personagem também tentou combater o vilão de alguma forma.

E se o pai de Magne também recebeu os poderes de Thor, mas fracassou em sua missão? E agora, Magne seja o representante de Thor, mas também traga esse nome como indicação do passado de seu pai?

A verdade sobre a Vidente e Odin

ragnarok teorias

Segundo a mitologia nórdica, o Ragnarok (fim do mundo após a última batalha entre deuses e gigantes) foi avisado a Odin (principal deus do clã Æsir, o mais importante dos deuses) por uma vidente.

A chamada Profecia da Vidente, registrada na obra Edda em prosa, do século XIII, narrava o momento em que a vidente revelava a Odin o que se passaria antes, durante e depois do Ragnarok.

Como já explicamos acima, a cena final da primeira temporada confirma a teoria de que Wenche, a senhora que ativou os poderes em Magne, é de fato a vidente. O fato de ela ter se transformado em um corvo nos faz pensar ainda que a personagem também personifica os mitológicos Huginn e Muninn.

Com seus nomes significando respectivamente "pensamento" e "memória", os corvos eram companheiros fiéis de Odin, e lhe traziam todos os tipos de informação. Se isso ainda não foi o suficiente para acreditar que o senhor da cadeira de rodas a quem Magne ajuda no início da temporada é, de fato, Odin, basta lembrar que o personagem também tem apenas um olho. Odin deu seu olho em troca de mais conhecimento.

Diferente de alguns personagens, cujas referências a figuras mitológicas podem ficar apenas como sugestões para os espectadores, é pouco provável que Odin e a vidente passem todas as temporadas sem revelarem seus reais poderes. Talvez na segunda temporada já vejamos mais deles!

O longo inverno vem aí?

ragnarok teorias

De acordo com a Profecia da Vidente, o Ragnarok tem início com catástrofes naturais, que resultam no chamado Fimbulvetr, ou "longo inverno", um inverno de três anos consecutivos.

Na série, o derretimento do gelo nas montanhas de Edda representaram as catástrofes naturais. A segunda temporada, então, pode abordar o passo seguinte do evento? Mas faz sentido termos um inverno longo se a catástrofe natural é justamente o aquecimento global?

Bem, embora não tenhamos como responder a isso ainda, faz sentido que a segunda temporada siga abordando os próximos momentos do Ragnarok, já que, como a vidente disse, isso era apenas o começo.

Teremos mais informações sobre Iman

ragnarok teorias

Iman é uma personagem cheia de atitude que entra na série no 4º episódio e reaparece apenas por segundos no 5º capítulo. Além de a adição da personagem provavelmente não ser em vão, o diálogo que ela tem com Magne parece entregar que há muito a ser revelado sobre a estudante.

Próximos à pista de corrida, os dois assistem à aula de atletismo, no momento em que Saxa Jutul tenta lançar uma lança. Iman, porém, demonstra saber que a colega está apenas fingindo não saber lançar. Será que ela sabe a verdade sobre os Jutul?

Magne alerta Iman sobre Edda ser um local cheio de problemas. E é nesse momento em que ela responde:

"Então talvez possamos mudar isso?"

Será que vamos ter mais informações sobre ela na segunda temporada?

Mais deuses e mais gigantes

ragnarok teorias

Com o Ragnarok apenas tendo início, é bem provável que outros deuses e outros gigantes surjam conforme as temporadas avancem.

Resta descobrirmos quais deles (são muitos na mitologia nórdica!) devem aparecer para a batalha final, e quais realmente mostrarão seus poderes, como Thor, ou apenas serão referenciados nos personagens (como Loki até o momento, com Laurits).

FIQUE POR DENTRO

Séries incríveis para ver na Amazon Prime Vídeo este ano

As melhores séries da Netflix para ver este ano

Conheça grandes séries de Ficção Pós-Apocalíptica

Séries marcantes que valem a pena ver de novo!