Legion: O verdadeiro vilão e o caminho para a destruição do mundo (finale)

Alguns fãs talvez já estivessem na expectativa de David assumir seu lado negro, principalmente pelos indícios que a segunda temporada de Legion vinha dando. Uma grande parte dos espectadores, contudo, provavelmente assistiu ao episódio desta semana ainda com esperanças de um plano milagroso resolver todos os problemas.

Não apenas não resolveu, como - a exemplo da primeira temporada - deixou um problema ainda maior e uma revelação: David é o vilão de Legion.

A batalha de David

legion finale

Após um início musical marcado pela batalha mental entre David e Farouk - uma cena cheia de elementos das HQs - vimos mais um relance do futuro. Um futuro, três anos à frente, no qual Oliver e Melanie estão separados de seus corpos, em uma outra dimensão. 

Sydney foi traída por David após a batalha contra o Rei das Sombras, quando o mutante se volta para o lado do mal depois de conhecer aquele que seria seu destino.

Tudo parece improvável, mesmo com este segundo pedacinho de futuro indicando que o protagonista tem grandes chances de seguir pelo caminho do mal. Mas as coisas começam a desandar.

A ilusão de David

legion finale

No presente, Sydney mudou de ideia sobre tentar salvar David. Agora, ela o encara conforme Oliver e Melanie narraram, conta o futuro para o namorado e atira nele. Lenny consegue interceptar o tiro com outra bala, mas os dois acabam desacordados.

David desperta em uma espécie de conversa com sua consciência, mas agora não vemos mais apenas um David, ou mesmo os dois Davids que vimos na primeira temporada. Agora já são três Davids, dando indícios do crescimento de suas múltiplas personalidades. 

Um dos Davids aponta que a ilusão do mutante é Sydney. O "sonho" termina com ele decidido sobre o que vai fazer. Sydney acorda sem saber o que aconteceu, pois ele decidiu controlar sua memória para recuperar o amor da namorada. Uma linha que não deveria ter ultrapassado.

O jogo virou

legion finale

Fukuyama e Cary capturam Farouk e, por um momento, achamos que o episódio final da série culminaria enfim na destruição do Rei do Crime e na vitória de David.

Contudo, Cary descobre o que David fez à memória de Sydney. A Divisão III, avisada por Sydney (com a memória recuperada) e por Farouk (!), leva o filho de Charles Xavier a uma espécie de julgamento ou intervenção, prendendo-o para evitar seus crimes futuros e oferecendo ajuda para evitar tudo que estaria por vir.

A decisão de seus amigos, porém, parece ser exatamente o que precisava acontecer para que o destino sobre o qual a Sydney do futuro alertou se concretizasse. David se vê encurralado, com seus amigos o acusando e suas consciências o aconselhando a fugir. 

Ele, então, foge. E leva Lenny consigo, no que parece ser o início do caminho que, de fato, pode levar o mutante a cumprir o futuro sombrio como o vilão Legião. O crescimento de suas múltiplas personalidades, inclusive, indica que o personagem se aproxima cada vez mais de se tornar este alter ego, pois David agora não é mais apenas um, mas muitos, uma legião.

Nos quadrinhos

legion finale
Embora não seguindo os exatos acontecimentos de uma HQ específica, mas aparentemente pegando elementos de quadrinhos variados, o Legião que vimos no penúltimo episódio é o mesmo de X-Men: Legacy.

Na edição, David enfrenta o trauma da morte de seu pai, Charles Xavier. Em um choque psicótico, suas outras personalidades ganham poder sobre quem ele é (parece familiar?). O mutante passa, então, a travar uma nova batalha contra sua mente, tentando conter o caos que se forma dentro de si, para honrar seu pai e se tornar o herói que sempre quis ser.

Em entrevista a Entertainment Weekly, o showrunner Noah Hawley confirmou que mostrar o conflito de David com suas múltiplas personalidades e abordar seu lado vilão sempre esteve nos planos.

"Sim. Eu sempre tive essa pergunta em minha mente, o que aconteceria se Walter White fosse um super vilão? Aquela série de super herói Breaking Bad. Essa ideia, especialmente no universo dos X-Men, de que a linha moral entre o bem e o mal é constantemente passível de ser uma mentira. Magneto, que por vezes é o vilão e em outras está do lado do bem, e a ideia de que o que é certo a fazer pode mudar dependendo das circunstâncias. Então eu queria evoluir a série para que você percebesse que, talvez, David não seja o herói, mas talvez Sydney seja.

Segundo Hawley, uma vez que você percebe isso, a série se torna algo diferente.

"Você vai assistir com um olhar diferente neste ponto - o que não significa que David não possa voltar ou que, no final, ele não acha seu caminho de volta. Mas em algum nível, a série inteira é uma parábola de uma doença mental, a ideia de que [David] tentou se matar e ele foi para o hospital, e eles ajeitaram ele, deram-lhe remédios, e o deixaram ir, e ele tomou seus medicamentos por um tempo, e então decidiu que não precisava mais dos remédios e acabou entrando em um surto psicótico. Exceto que David substitui a palavra 'remédios' pela palavra 'amor'. Ele percebeu que tinha essa história de amor que estava fazendo dele uma pessoa melhor - mais sã, mais estável - e, então, começou a mentir para a mulher que amava e a não ser consistente. Quando ele vira as costas para a história de amor, tudo começa a ruir."

Se o final da primeira temporada chocou os fãs com a revelação sobre Lenny e o desaparecimento de David, o episódio desta semana seguiu a mesma linha. Mas se Lenny era a vilã ou o instrumento do vilão na primeira temporada, nesta David tem potencial para se revelar o vilão de toda a série.

E novas perguntas se desenham aqui:

  1. Se o futuro apresentado por Oliver e Melanie se passa três anos à frente, isso quer dizer que teremos então três temporadas para reverter isso e mudar esse futuro?
  2. O que será preciso para mudar o futuro?
  3. Melanie e Oliver seguem sob domínio do Rei das Sombras?
  4. Kerry se adaptou por completo a viver fora de Cary?
  5. Qual o papel de Ptonomy agora que vive apenas por meio de sua consciência?
  6. Como a série vai tratar essa abordagem de tempo? O que já foi mostrado vai acontecer ou o futuro pode ser alterado? O próximo passo de Syd na tentativa de mudar isso é mandar a orbe ou ela vai tentar outra coisa?

Embora com um ritmo mais lento que a primeira temporada, a segunda não decepcionou os fãs da série no que condiz a dar um nó em suas cabeças, contrariar expectativas e lhes dar mais um final surpreendente e angustiante.

A terceira temporada de Legion já está confirmada, mas ainda sem data de estreia.