The Walking Dead: Khary Payton revela o que adora em Ezekiel

O primeiro trailer da sétima temporada de The Walking Dead surpreendeu os fãs com Ezekiel. Quem era esse sujeito se autoproclamando rei e com um tigre de seu lado?

Khary Payton, o ator que interpreta o personagem, deu uma entrevista à Entertainment Weekly onde fala de como é encarnar o rei Ezekiel.

A conexão do ator ao papel

Khary Payton

Payton conta como, desde o início, sentiu uma ligação estranha com Ezekiel:

“Eu sempre digo que, quando você trabalha como ator, você tem um monte de rejeição. Você tem várias pessoas te dizendo que não e você tem que se levantar, limpar a poeira e tentar novamente. E eu sinto que, de alguma forma, Ezekiel se encaixa nesse mesmo molde, no sentido de que ele está do lado da esperança.”

O ator explica um pouco melhor seu ponto de vista:

“Eu sempre digo que estou no negócio da esperança. Você tem que manter a esperança. Você tem que se levantar e tentar novamente, não importa quantas vezes eles disseram que não vai dar certo.”

Mas como se relaciona isso com o cenário zumbi?

Khary Payton esclarece:

“Em um apocalipse zumbi, a pessoa pode vir abaixo com a situação, mas Ezekiel não é uma dessas pessoas. Ele luta com tudo o que tem para se certificar que ele se mantém positivo e alegre. É isso que eu amo nele.”

Como Payton enxerga Ezekiel

Ezekiel

O ator conta como seu fascínio pelo líder d’O Reino vem dele lutar para manter a sua humanidade através da alegria. O rei Ezekiel considera que além de sobreviver, os humanos têm que aprender a viver nesse novo mundo e redescobrir a alegria.

Khary Payton conta como o rei “desenvolveu esta estranha filosofia” de não deixar o que o apocalipse o transforme em alguém que ele não é.

O que Shiva significa para o rei

Ezekiel e Shiva

Um dos pontos mais interessantes sobre Ezekiel é sua ligação com um tigre, Shiva. Mas o que significa o animal para Ezekiel?

Shiva é o princípio e o fim de Ezekiel. Ela é uma das razões que fez ele não perder a esperança quando tudo isso começou. Ela é esta criatura bela e única no meio deste tempo negro, e por isso ela é amada. E também é um símbolo para ele do que significa ser diferente no contexto do mundo em que está vivendo.”

Khary revela como existiu uma transição emocionante entre o papel do protetor e do protegido entre Ezekiel e Shiva:

“Ela começou como sua protetora e agora ele sente que a relação inverteu e ela é este símbolo poderoso e gigante por quem ele sente uma afinidade real e uma necessidade de proteger.”