Game of Thrones | Os DILEMAS que o quarto episódio deixou em aberto

Mesmo tendo concluído o arco de uma grande ameaça no episódio da semana anterior, Game of Thrones mostrou no último capítulo que, apesar de estar a apenas dois episódios do fim, ainda há muito a se desenrolar em Westeros.

Passada a importante batalha que colocou lado a lado até antigos inimigos em nome da sobrevivência dos Sete Reinos, as antigas diferenças voltaram à tona com ainda mais força nessa reta final do seriado. Confira os principais dilemas que a série terá que resolver nos próximos episódios.

ATENÇÃO: Texto com SPOILERS da 8ª temporada de Game of Thrones!

O Destino de Daenerys

oitava temporada

Depois de vencerem o Rei da Noite, apesar das pesadas baixas militares, o grande dilema de quem é que vai se sentar no Trono de Ferro volta à mesa. Se na temporada passada nós tínhamos uma Daenerys triunfante, uma escolha quase unânime para governar os Sete Reinos, o último episódio parece ter vindo para desfazer qualquer certeza sobre quem vai ganhar afinal o "jogo dos tronos".

Com apenas um dragão sobrevivente, seus exércitos drasticamente reduzidos e desconfiança crescente até por parte dos seus aliados mais próximos, Daenerys vê suas pretensões ao trono perderem espaço para seu amante (e sobrinho): Jon Snow, que revelou ser na verdade Aegon Targaryen, está a sua frente na linha sucessória e é um rosto bastante conhecido e amado Westeros.

O último episódio coloca Dany numa situação bastante delicada: ela precisa decidir se ataca Porto Real com todo o seu poderio, colocando em risco a vida de milhares de inocentes que moram na cidade ou se segue os conselhos de Tyrion e Varys e evita um confronto direto.

A escolha de Daenerys é muito mais complexa do que parece: apesar de descobrir que as forças de Cersei possuem meios de ferir e matar seu dragão, a Targaryen vê uma de suas mais fiéis companheiras ser assassinada na frente de todos. E agora: Dany deve ser implacável em atacar Porto Real, vingar Missandei e tentar tomar à força o trono que tanto deseja ou esperar pelas forças do Norte e sitiar a capital?

A decisão de Jon Snow

Jon Snow

Depois de passar uma vida toda acreditando que era um mero bastardo, Jon descobre que não é filho de Ned Stark, mas de Raegar Targaryen com Lyanna Stark. Isso o coloca como concorrente direto ao trono de Westeros, pondo em cheque até mesmo sua relação com Daenerys.

Embora não tenha a pretensão de assumir o poder dos Sete Reinos, o fato de Jon estar à frente da linha sucessória desperta questionamentos acerca de quem deve ser o próximo ocupante do trono, uma vez que os boa parte dos senhores de Westeros não confia em Daenerys e também não aceite o domínio de Cersei.

Ao revelar sua verdadeira identidade aos seus familiares em Winterfell, Jon contrariou o pedido de Daenerys e pode ter sua relação com ela abalada, além de alimentar o ímpeto daqueles que o querem no trono. Diante desse dilema, Snow chega num ponto em que sua lealdade a um dos lados dessa história terá que ser rompido em favor do outro. Ele será fiel ao Norte e aos interesses de sua família adotiva, seguirá Daenerys incondicionalmente em sua luta ou reclamará o trono para si?

A lealdade de Jaime

Jaime Lannister

Quando soube que Cersei não cederia suas tropas para enfrentar o avanço do Rei da Noite, Jaime abandona Porto Real e se junta às forças unidas dos vivos. O Lannister combate ao lado de Brienne, a quem consagrou como cavaleira, na Batalha de Winterfell.

No episódio dessa semana, Jaime acaba passando a noite com Brienne, fazendo acontecer um casal que já vinha sendo shippado pelos fãs há muito tempo. Mas o romance não durou muito: perto do final do capítulo, Jaime monta seu cavalo e diz que vai retornar a Porto Real.

Acontece que não dá pra saber ao certo o que é que o Lannister vai fazer na sequência: antes de deixar Winterfell, Jaime revela a Brienne os crimes que cometeu em nome do seu amor por Cersei. E agora: o cavaleiro vai voltar para os braços de sua irmã/amante ou tentará detê-la?

A missão de Arya

Arya Stark

Enquanto todo mundo parece tomar um partido em um dos lados do jogo dos Tronos, Arya parece de fato ter aberto mão do seu futuro em uma posição de poder. Depois de matar o Rei da Noite e salvar os Sete Reinos, a jovem Stark foi pedida em casamento por Gendry, bastardo de Robert que foi legitimado como verdadeiro herdeiro de Ponta Tempestade. Ela, porém, recusou.

No final do episódio, vemos Arya montar seu cavalo e seguir junto de Clegane em direção ao sul. Os dois dizem ter assuntos inacabados para resolver. Isso nos remete a lista de pessoas que Arya jura que irá matar um dia. Entre os nomes estão o de Cersei, do Montanha e do próprio Clegane.

A dúvida que fica é o que será de Arya depois de cumprir (ou pelo menos tentar) sua vingança contra todos os nomes da sua lista. Qual é o espaço que a jovem irá ocupar no destino de Westeros?

E aí? Como será que acaba toda essa história?

A oitava temporada de Game of Thrones vai ao ar aos domingos na HBO.

FIQUE POR DENTRO:

Game of Thrones | Acompanhe aqui os acontecimentos da 8ª temporada!

GoT | George R.R. Martin dá atualizações sobre séries spinoffs

Game of Thrones | As PRINCIPAIS MORTES da Batalha de Winterfell