8 filmes com finais alternativos melhores que o original

Algumas vezes terminamos de ver um filme e ficamos com a impressão "esse final bem que poderia ser melhor". Algumas vezes até mesmo as pessoas envolvidas com a produção do filme têm esse sentimento. É assim que muitas vezes nascem os finais alternativos de vários filmes. Confira a seguir alguns desses finais "não oficiais" que conseguiram dar uma melhorada em seus respectivos filmes. Cuidado com spoilers!

Blade Runner, o Caçador de Andróides (Blade Runner, 1982)

Blade Runner

Começamos com um final que, de certa forma, foi "corrigido" na versão do diretor. Contudo, a primeira vez que este filme foi apresentado para o público, teve um final bastante controverso.

Na versão original, aprovada pelo estúdio, Deckard foge com a replicante Rachael, e a última cena mostra os dois em um carro, dirigindo em direção ao pôr do sol. Uma cena feliz e cheia de belas paisagens naturais, ou seja, duas coisas que não condizem bem com o tom e temática do filme.

Na versão do diretor, o filme termina no momento em que os dois entram no elevador, ambos com cara de preocupação. Esse final é melhor pois evidencia a incerteza que ambos os personagens sentem sobre o futuro e condiz totalmente com o resto do filme.

A Pequena Loja dos Horrores (Little Shop of Horrors, 1986)

Little Shop of Horrors

Graças às opiniões das audiências de teste, o filme A Pequena Loja de Horrores recebeu um final muito diferente do musical Off-Broadway do qual foi baseado. Nesse final, o florista Seymour consegue salvar sua amada Audrey de ser devorada pela planta carnívora, que se revela um alienígena em missão de dominar o planeta. Além disso, Seymour mata o monstro eletrocutando-o. Para completar o final "água com açúcar", Audrey e Seymour se casam.

A melhor versão (que seria a oficial, se não fosse as opiniões do público teste), é muito mais divertida. Neste final, Seymour não apenas falha em salvar Audrey de ser devorada, como ele próprio é engolido pela gigantesca planta carnívora. A partir desse ponto, várias plantas carnívoras atacam Nova York, destruindo tudo e devorando toda a população. Nada como ver o mundo ser dominado por plantas cantoras.

Efeito Borboleta (The Butterfly Effect, 2004)

The Butterfly Effect

Neste filme sobre viagens no tempo e suas consequências, seu final alternativo é bem mais sombrio que o original. Na versão oficial, para poder finalmente acertar todos os problemas que causou para as pessoas a sua volta, Evan retorna à sua infância, para o dia em que conhece Kayleigh, sua paixão durante o filme. Evan, então, propositadamente assusta a garota, fazendo com que ela nunca fosse morar na vizinhança.

A versão alternativa mostra que a solução de Evan foi retornar muito antes do dia que conheceu Kayleigh. Ele voltou para o dia de seu nascimento, quando ainda estava no útero de sua mãe. Para evitar que sua vida causasse tantos males às outras pessoas, Evan usa o próprio cordão umbilical para se enforcar no útero da mãe. Esse final também dá a entender que os filhos natimortos que a mãe de Evan teve antes dele também fizeram a mesma escolha.

Rambo - Programado para matar (First Blood, 1982)

First Blood

O final de Rambo - Programado para matar é bem simples: John Rambo termina em um posto policial e confessa todos os seus pecados para o Coronel Trautman, se entregando às autoridades logo em seguida. Já o final alternativo dá uma profundidade ainda maior para o personagem Rambo e se assemelha muito mais ao final do livro cuja história baseou o filme.

Além de sua confissão para o Coronel Trautman, no final alternativo, Rambo se mostra incapaz de continuar lidando com seus traumas da guerra. Como solução, ele pede para que o Coronel o mate com um tiro. Uma vez que o militar se recusa a matar Rambo, o protagonista puxa ele mesmo o gatilho, acabando com sua vida.

É compreensível que a versão alternativa não tenha se tornado a oficial. Pois, junto com a morte de Rambo, também haveria a morte de uma franquia inteira de filmes.

O Exterminador do Futuro 2: O Julgamento Final (Terminator 2: Judgement Day, 1991)

Terminator 2

O final alternativo deste filme mostra uma Sarah Connor idosa refletindo sobre o futuro apocalíptico que nunca aconteceu. A sua volta tudo está bem. Seu filho, John Connor, é um congressista e tem uma filhinha, ambos brincam em um parque. A cena é uma contraposição direta ao pesadelo que Sarah tem durante o filme.

Essa cena alternativa não é um final incrível. Na verdade, é bem sem graça. Contudo, caso fosse aceita como a oficial, também teria impedido o futuro terrível da franquia. Teria impedido a produção de vários filmes terríveis de Exterminador do Futuro. Teria terminado a franquia no seu ápice.

Com a Bola Toda (Dodgeball: A True Underdog Story, 2004)

Dodgeball: A True Underdog Story

O final alternativo deste filme é mais fiel ao seu título original e é o preferido dos roteiristas. Underdog, em inglês, se refere aos competidores que tem pouquíssimas chances de vencer um campeonato. O título propõe que o filme contará uma história verdadeira desses competidores. Portanto, na partida final, após muito custo, a equipe dos protagonistas iriam perder a competição. Simples assim. Todo o esforço mostrado durante o filme não teria nenhuma recompensa.

Eu sou a Lenda (I am Legend, 2007)

I am Legend

Este é outro caso em que o final alternativo se assemelha mais ao final apresentado no livro que inspirou a história do filme. No caso de Eu sou a Lenda, a outra versão do final não conta com o sacrifício do Dr. Robert para que a cura da doença que transformou a humanidade numa espécie de "zumbis" chegue a um lugar seguro. Em vez de se explodir junto aos zumbis, Robert se comunica com eles e descobre que eles só queriam resgatar um de seus companheiros.

Apesar de ser um final um pouco mais "feliz", pois Roberto sobrevive, é considerado melhor pois traz uma camada a mais de profundidade para o filme. Esse versão alternativa mostra que Robert passou toda a história do filme considerando que os zumbis fossem apenas monstros, sem perceber que eles também tinham sentimentos e viviam bem do jeito que eram. No fim, Robert descobre que ele era o vilão o tempo todo.

Os 7 Suspeitos (Clue, 1985)

Clue

Este filme não está aqui por ter um final ruim, mas sim por ter três ótimos finais. Os 7 Suspeitos é um filme de suspense e comédia baseado no jogo de tabuleiro Detetive (Clue, em inglês). Por conta disso, desde o princípio, ter mais um final fazia parte da proposta do filme.

Quando estreou em 1985, os cinemas recebiam cópias diferentes do filme, cada um com um final diferente. Portanto, as pessoas compravam seus ingressos sem saber qual final iriam ver. Essa estratégia dos múltiplos finais pode ser visto como uma tentativa de incorporar em sua história as variedades de resultados que o jogo de tabuleiro pode apresentar. Cada um dos finais conta uma resolução diferente para o mistério do assassinato que movimenta o filme.

Assim termina a nossa listagem de finais alternativos. Esperamos que tenham gostado. Fim. 

(Não, não. Que finalização de artigo mais sem graça. Nem dá espaço para uma participação dos leitores. Talvez seja melhor fazer outro...)

Esta foi nossa lista de finais alternativos que conseguem superar aqueles qu forma originalmente exibidos. Você concorda com todas? Ou sabe de mais algum que poderia ser adicionado? Esta lista pode ser aprimorada no futuro.