(Des)encanto | As primeiras impressões que a 2ª temporada deixa!

Nesta sexta-feira, dia 20, para a felicidade de boa parte dos assinantes da Netflix, a parte 2 de Desencanto chegou na plataforma de streaming! Na tentativa de dar sequência a história da ilustre, e um pouco fora do comum, princesa Tiabeanie, a segunda temporada vem cheia de ganchos fechadinhos e que nos faz entender um pouco mais da história.

Do criador de Os Simpsons e Futurama, Matt Groening, Desencanto se tornou uma grande febre entre o público que gosta das animações adultas. Escrachado, sem medo de ofender e com um timing de piadas muito bom, os novos episódios da trama parece que amadureceu, mas sem perder sua essência. Por isso, o Aficionados deixa aqui as primeiras impressões da animação, que mantém seu público fiel.

ATENÇÃO: A matéria contém spoilers dos três primeiros episódios de Desencanto - Parte 2.

Nada de enrolações!

Desencanto na Netflix

Logo de cara, sem muita enrolação, nós vemos que a história de Dagmar, a mãe de Bean, é um dos maiores plot twists apresentado pela animação. No final da primeira temporada isso foi deixado claro e os novos episódios focam nisso, dando a entender porque Bean, na realidade, é tão importante para ela.

A pancada é tão direta que descobrimos que Bean tem ligação com dois personagens do início da trama. Você se lembra de um casal que foi responsável por enviar Luci até a princesa? Então, tinha um propósito muito maior, já que eles são tios da personagem!

Mas... E os memes?

Desencanto na Netflix

Na primeira temporada de Desencanto, a animação se tornou muito popular pelo fato de que a dublagem brasileira vinha carregada de frases que tomam conta da internet: memes. E, por incrível que pareça, muita gente acabou não gostando disso.

Agora na segunda temporada, isso é algo muito mais sútil. Ainda está lá, mas sem excesso, de maneira que quando você ouve, simplesmente parece apenas uma fala do personagem. O mais bacana nisso tudo é que eles apostaram em piadas que fazem você dar boas risadas.

Deus está envolvido em boa parte delas, já que o foco da trama no início é o Céu e o Inferno. Além de uma cutucadinha naqueles que acreditam na famosa história da Terra Plana.

No geral

Desencanto na Netflix

O barulho que Desencanto causou em sua estreia na plataforma de streaming pode ter sido muito menor nesta segunda temporada. É possível que muita gente não tenha gostado da trama ou que apenas o público de Groening tenha se mantido.

A questão é: nestes três primeiros episódios que assisti, me cativou. A presença de novos personagens, a continuação da história de Bean e seus amigos. A forma que eles responderam muitas perguntas deixadas no final da primeira temporada, como a mais importante: E o Elfo?!

Ela segue o ritmo que a primeira temporada apresentou, em picos que variam entre prender sua atenção e fazer com que você se perca um pouco por não achar interessante. Mas no geral, até o ponto em que parei, mostrou muita coisa legal e que com certeza vai fazer eu ficar até o final.

Desencanto é prova que Groening faz sucesso não só apenas com a família amarela de Os Simpsons. Apesar de ser muito mais nova que Homer e companhia, Bean, Luci, Elfo e todos os personagens da Terra dos Sonhos tem um grande potencial e é por isso que a Netflix apostou na animação.

Espero poder voltar em breve, seguindo essa linha de raciocínio, para falar da temporada no geral. Que a animação não me decepcione!

A segunda parte de Desencanto está disponível na plataforma de streaming e conta com dez episódios!

FIQUE LIGADO:

(Des)encanto | Confira o TRAILER completo da segunda temporada!

(Des)encanto é renovada pela Netflix e pode ter mais 3 temporadas!

The Witcher: Netflix divulga grande parte do elenco da série!