Crítica 2ª temporada Legends of Tomorrow: Uma bagunça temporal!

A série Legends of Tomorrow chegou ao final da sua segunda temporada, que contou com 17 episódios. A produção do canal norte-americano CW seguiu a premissa da temporada passada. Colocou os heróis viajando no tempo de modo a impedir uma nova ameaça que poderia destruir toda a realidade.

Mas será que esta temporada ficará na memória dos fãs da série ou de heróis em geral? Aqui no Aficionados, ficamos bem decepcionados com a evolução da série e vamos contar para você quais as razões dessa decepção!

Comecemos pelas (poucas) coisas boas

legião do mal

Nesta nova temporada a série decidiu colocar o time de heróis contra um time de vilões. Enquanto que na primeira os heróis se centravam no vilão Vandal Savage, na segunda temporada os fãs foram introduzidos ao time de vilões que dá pelo nome de Legião do Mal.

Apesar da adaptação da Legião do Mal não ter sido excelente (nas HQs a Legião tem dezenas de membros, na série, apenas conta com quatro), existiu um cara que roubou o show. Claro, estamos falando do Flash Reverso.

O ator Matt Letscher se destacou com a sua brilhante interpretação do vilão e nos últimos episódios da temporada se revelou mesmo como o principal vilão da série.

Legends of Tomorrow: Conheça os personagens da 2ª temporada

A série está cheia de furos de roteiro

Bem vamos começar a falar de tudo o que há de errado com esta segunda temporada. Você já reparou no montão de furos de roteiro que existiram ao longo desta temporada? Uma das cenas que está mais fresca na nossa memória foi a do episódio 14, onde Ray Palmer fica preso na lua com o Flash Reverso... Contudo o Flash Reverso não pode usar a sua velocidade pois no espaço não existe gravidade.

Contudo, passados alguns momentos, os dois estão dentro de uma nave espacial onde existe gravidade e o cara continua não conseguindo utilizar a sua velocidade. Como é que isso é possível?

Este é apenas um dos muitos furos de roteiro que aconteceram ao longo desta temporada.

Temos que falar sobre os efeitos especiais...

legens

OK, nós sabemos que é uma série sobre viagens no tempo e que a produção tem um orçamento super reduzido. Mas se é assim, não seria mais fácil utilizar planos mais simples?

A série usa e abusa de efeitos digitalmente criados por computador, o pior de tudo é que a qualidade deles é bem questionável. É que os efeitos são tão artificiais que até desconcentram o espetador daquilo que se está a passar na telinha. Caso para dizer que por vezes menos é mais...

O roteiro parece que foi improvisado

Além de um montão de furos no roteiro, parece que a trama desta segunda temporada foi sendo improvisada à medida que os episódios iam acontecendo. Muita coisa fica difícil de explicar por exemplo, o fato do time de heróis ter conseguido viajar no tempo, mesmo depois da realidade ter sido alterada. Parece que certas coisas foram simplesmente abandonadas sem explicação.

Durante alguns episódios dessa temporada, parecia que ia rolar um possível romance entre o Onda Térmica e a Vixen. De um episódio para o outro, essa ideia foi abandonada por completo e a Vixen começou a se envolver com o Cidadão Gládio.

Já para não falar que as Lendas estão constantemente alterando o tempo e aparentemente sem qualquer tipo de repercussões.

Não dá para ir com mais calma com esse negócio das viagens no tempo?

legends

Nada contra as viagens no tempo, pois elas são a premissa essencial da série, mas será que em todos os episódios eles têm que ir para uma diferente zona temporal? Para além de forçado, acaba por tornar tudo mais confuso. Em vez de andar saltando de século em século todos os episódios, deixem o time passar alguns episódios numa determinada época.

Para além de pouparem no orçamento da série e aproveitarem muito melhor os recursos, isso irá fazer com que outros personagens cresçam se tornando mais interessantes para o público.

O que dizer do final da temporada?

Depois de mais de uma dezena de episódios onde o time tentou recuperar a memória do Capitão Rip Hunter, ele apenas voltou (como Rip Hunter) para pouquíssimos episódios sendo que no final, num diálogo com a Canário Branco ele revelou que iria abandonar mais uma vez o time...

Outra coisa bem brega foi o combate final, cerca de 40 Flash Reversos não foram capazes de vencer o time das Lendas? E para terminar em beleza (sarcasmo), você viu aquele negócio com os Dinossauros? Só nós é que achamos algo extremamente forçado?

A terceira temporada que venha rápido, que nós queremos esquecer essa bem depressa!

legends

No final, se não fosse pelos vilões ( principalmente pelo papel exemplar de Matt Letscher enquanto Flash Reverso), nós poderíamos dizer que esta foi uma das piores temporadas de todas as séries de heróis do Arrowverso.

Legends of Tomorrow tem que ter uma trama mais forte (sem metade dos furos de roteiro) e alterar um pouco o negócio das viagens do tempo, que já começa a ficar bem previsível.

Em muitos episódios é notório que a série apenas vai para uma diferente época, para ganhar algum tempo e não para evoluir a trama ou desenvolver os personagens.

A utilização de efeitos especiais também deveria ser cortada em metade, de forma a tornar o que se passa na telinha um pouco mais credível.

No final de contas, a segunda temporada de Legends of Tomorrow não vai deixar saudades! Esperemos que as coisas melhorem para o ano!

As 7 melhores frases de Legends of Tomorrow