Crítica Dragon Ball Super: Broly | O melhor filme da franquia!

Dragon Ball Super: Broly está sendo considerado por fãs em todo o mundo como um dos mais importantes filmes para a franquia criada pelo legendário Akira Toriyama.

Basicamente, além de introduzir o Saiyajin Broly como um personagem cânone (entre outros), o filme conseguiu corrigir algumas falhas de continuidade, focando-se em especial na destruição do planeta Vegeta pelo vilão Freeza.

Mas será que o filme foi capaz de satisfazer as elevadas expectativas dos fãs de Dragon Ball? A resposta é sim!

Dragon Ball está vivo!

dragonballfive

Se existe uma coisa que a Toei Animation e Akira Toriyama conseguiram provar foi a vitalidade da franquia Dragon Ball. Além de quebrar recordes de bilheteria, Dragon Ball Super: Broly demonstrou ser o melhor filme já produzido para a franquia protagonizada por Goku.

Existem muitos aspectos que fazem do longa um filme obrigatório para qualquer fã de Dragon Ball, desde a trama até o desenvolvimento dos personagens, passando pela animação.

Dragon Ball Super: Broly é uma produção coesa que deixa a porta aberta para novas aventuras e, certamente, deixa os fãs da franquia com confiança para o futuro.

O desenvolvimento dos personagens

broly

O filme demora algum tempo para dar início a toda a aguardada ação, mas esse tempo é bem utilizado para construir os personagens e apresentá-los ao público.

Isto era algo vital para que o longa funcionasse e a trama se desenrolasse da melhor forma. Principalmente se levarmos em conta que este foi o primeiro contato de muitos fãs com alguns dos protagonistas do filme - destaque especial para Broly.

Mesmo os personagens mais clássicos da franquia foram explorados da maneira certa, desde a imaturidade de Goku ao mau humor de Vegeta, está tudo no filme.

Vamos falar da animação?

broly

Outros dos pormenores que fazem com que este filme se destaque é a animação, diferente de tudo o que já vimos até hoje em Dragon Ball.

Akira Toriyama conseguiu colocar neste filme um novo estilo de animação, que apresenta um detalhe e uma dinâmica incrível, fazendo de Dragon Ball Super: Broly um verdadeiro espetáculo visual.

Para além do traço das ilustrações, existe toda uma mistura de técnicas, como a inserção de alguns elementos 3D que dão todo um novo dinamismo ao filme. A Toei Animation poderia ter optado por um caminho mais simples, seguindo a linha do anime, mas preferiu arriscar numa animação mais complexa. E isso valeu bem a pena!

Trama simples e eficaz

broly

Não fique esperando uma trama super complexa, cheias de reviravoltas e surpresas, pois Dragon Ball Super: Broly não segue essa fórmula.

A trama é simples, mas sólida e bastante divertida, deixando o espectador preso à telona durante o tempo todo, não existindo tempos mortos!

A missão não era fácil, pois Akira Toriyama e o restante da equipe de roteiristas tinham que clarificar bem a história de origem dos Saiyajins (especialmente a de Broly) e a destruição do planeta Vegeta. Tudo foi feito com grande maestria, deixando ainda caminho em aberto para o futuro de Broly na franquia.

Tudo está bem, quando acaba bem

broly

Para terminar podemos dizer que Dragon Ball Super: Broly é um sucesso sem precedentes, conseguindo bater recordes de bilheteria, arrecadar boas críticas e - mais importante que tudo - fazer a alegria de fãs em todo o planeta.

Agora veremos o que acontecerá no futuro e qual o destino de Broly e companhia, certamente que, depois deste filme, as expectativas estão lá em cima.

Dragon Ball Super: Broly serve ainda de exemplo, mostrando que, por vezes, são as coisas mais simples e mais sólidas que funcionam.

E você, já assistiu ao filme? O que achou de Dragon Ball Super: Broly? Deixe a sua opinião nos comentários!