Crítica 4ª temporada The Flash: uma decepção à velocidade da luz!

Eram grandes as expectativas para a quarta temporada de The Flash. A série do Velocista Escarlate é a mais vista de todas as séries do Arrowverso, chegando mesmo a ser o projeto com mais espectadores de todo o canal norte-americano CW.

Depois do cliffhanger da temporada passada os fãs encheram a internet de teorias, mostrando que o entusiasmo para os novos episódios de The Flash era bem grande.

Mas será que a série conseguiu ir ao encontro de todas essas expectativas? Ou será que a quarta temporada não passou de uma grande decepção? Nesta crítica você ficará sabendo tudo de uma forma bem sintetizada, para que a sua leitura seja bem rápida. Se preparem velocistas!

A pior temporada de The Flash

review

Vamos diretos ao assunto, a quarta temporada de The Flash foi sem dúvida a mais fraca de todas (até o momento). É certo que a terceira temporada já tinha deixado um pouco a desejar, no entanto a quarta season da série baseada no icônico super-herói da DC Comics, foi sem margem para dúvidas uma enorme decepção.

A trama foi confusa, mal resolvida, as motivações do vilão nunca ficaram bem esclarecidas e, por várias vezes, os roteiristas acabaram por utilizar mecânicas que já tinham sido vistas em temporadas passadas.

Para além de tudo isso, existe uma coisa que claramente falhou durante esta temporada: o elenco. Se nas temporadas passas os atores e os seus desenvolvimentos eram um motivo de destaque, nesta última season o elenco parecia desligado, não conseguindo passar ao espectador qualquer tipo de emoção.

Mas nem tudo foi mau, a série terminou em um ascendente de qualidade, deixando alguma esperança para aquela que será a quinta temporada das aventuras do Velocista Escarlate.

O vilão foi um enorme problema

devoe

A quarta temporada de The Flash foi a primeira que não contou com um vilão velocista, mas infelizmente as coisas não correram pelo melhor. O vilão escolhido pela equipe de produtores da série foi DeVoe, um personagem relativamente desconhecido por grande parte dos fãs.

Na realidade, DeVoe nunca foi um dos vilões mais populares nos quadrinhos do Flash, mas isso também parece que não foi um problema, pois os roteiristas se basearam muito pouco nas HQs para desenvolver o personagem.

Para além de ter sido muito pouco fiel à fonte, as motivações do vilão não foram suficientemente impactantes e a sua ameaça nunca pareceu real.

Basicamente DeVoe não conseguiu criar uma relação com os espectadores, não gerando o impacto de outros vilões, como foram os casos do Flash Reverso e de Zoom.

O destaque excessivo a Iris West

iris

Se existiu um momento em que era dado muito destaque a Felicity Smoak na série Arrow, parece que agora é a vez de Iris West roubar por completo todas as atenções em The Flash (e não pelos melhores motivos).

Nesta temporada tudo aconteceu com Iris West, e muito pouco agradou aos fãs da série. Ela passou a ser líder da equipe, chegou a dizer a infame frase "nós somos o Flash", ela foi velocista durante um episódio e inexplicavelmente passou a ter conhecimentos profundos em ciência e tecnologia... Tudo isto enquanto voltou a ser jornalista através do seu blog independente.

Iris West é uma das personagens menos populares da série, mas quase de uma forma inexplicável, os roteiristas decidiram lhe dar um destaque enorme ao longo da quarta temporada. Resultou? Tememos que não.

Formula Wells está esgotada

wells

Por muito que amemos o ator Tom Cavanagh, temos que admitir que os seus personagens já não resultam. Este acaba por ser um dos exemplos mais claros de como a escrita da série se tornou super preguiçosa e previsível.

Durante esta temporada Wells ofereceu muito pouco à série e por muitas vezes a dinâmica que aplicou à trama acabou por ser muito pouco positiva. O pior de tudo foi que no final da temporada foi deixada a ideia de que os roteiristas vão novamente utilizar a mesma fórmula, como se o ator fosse voltar na próxima season, mas com um personagem diferente.

Tom Cavanagh merecia um personagem melhor, os fãs mereciam um Harrison Wells melhor... A única solução seria se ele voltasse a ser o Flash Reverso, como aconteceu na primeira temporada.

O lado técnico da série foi medíocre

elongated man

Mas existe algo que vai para além do roteiro e do desenvolvimento dos atores que começa a preocupar os fãs de The Flash. Os novos trajes (à exceção do novo uniforme do Flash) não convenceram, mais uma vez os designs pareceram preguiçosos e até um pouco amadores.

Contudo não foram só os trajes que deixaram a desejar, várias sequências de efeitos especiais e até mesmo de combates coreografados não convenceram, dando à série um ar muito artificial.

Não sabemos o que se passa nos bastidores, nem qual o motivo para esta queda de qualidade, mas é triste ver como uma série que nos ofereceu tão bons momentos acaba chegando a este ponto.

Existe esperança para The Flash?

crítica

Depois de uma terceira temporada mal executada e de uma quarta temporada verdadeiramente decepcionante, a pergunta que se deve colocar é: será que existe esperança para The Flash?

É claro que sim, na realidade é bastante normal que séries deste tipo sofram os seus altos e baixos, e que nem sempre tudo corra como o planejado. The Flash conta com um elenco super talentoso, tem uma base de fãs gigantesca e o canal norte-americano que produz a série continua a querer apostar forte no seu desenvolvimento.

Felizmente, o Flash tem uma galeria de vilões enorme nos quadrinhos e existem muitas histórias fascinantes que poderão ser adaptadas no futuro. Nós como fãs, apenas desejamos que a série volte aos padrões de qualidade apresentados na primeira e segunda temporada.