Alec Baldwin não vai mais interpretar Thomas Wayne em Coringa!

Apenas um dia após a notícia da contratação de Alec Baldwin para o filme solo do vilão Coringa, o ator declarou que não participará mais do longa.

Segundo as informações publicadas pelo The Hollywood Reporter (ver notícia original abaixo), Baldwin daria vida a uma versão diferente de Thomas Wayne, pai do Batman. O personagem, geralmente retratado como um filantropo distinto e elegante, deve ser um "Homem de negócios brega e bronzeado que está mais nos moldes do Donald Trump dos anos 1980."

Problemas de agenda

Let me state, for the record, that I have NOT been hired to play a role in Todd Phillips’ JOKER as some Donald Trump manque.That is not happening.Not.Happening.

— ABFoundation (@ABFalecbaldwin) 29 de agosto de 2018

Com a repercussão da notícia, Alec Baldwin publicou em seu Twitter, hoje mais cedo, uma mensagem que parece indicar ou que o ator nunca teve interesse no papel ou que ele estava corrigindo a imprensa acerca da descrição do personagem.

"Deixe-me declarar, para que todos saibam, eu NÃO fui contratado para interpretar um papel no Coringa de Todd Phillips como um Donald Trump falido. Isso não vai acontecer. Não. Vai. Acontecer."

Baldwin, contudo, deu uma nova declaração ao USA Today, na qual deu a entender que teria sido contratado, mas já não poderá participar do filme por problemas de agenda.

"Eu não vou mais fazer esse filme. Eu tenho certeza de que existem outros 25 caras que podem interpretar esse papel."

O papel, então, segue em aberto. Ainda não se sabe se o Homem-Morcego também aparecerá no longa.

Coringa estreia no dia 4 de outubro de 2019.

Notícia original

Coringa: Alec Baldwin é escalado para viver pai do Batman

Mais uma adição de peso ao elenco do filme solo do icônico vilão Coringa. Alec Baldwin (Missão: Impossível, 30 Rock) foi escalado para viver Thomas Wayne, pai do Batman.

A escalação pega os fãs um pouco de surpresa, não pela escolha do ator, mas pelo destaque ao personagem, geralmente abordado de forma rápida nos filmes, apenas como parte da história do Homem-Morcego.´

"Brega e bronzeado"

alec baldwin
Baldwin em sua interpretação de Trump, no Saturday Night Live

Parece, inclusive, que veremos um Thomas Wayne diferente do ao qual estamos habituados. Enquanto nas várias cenas em que vemos o personagem ser assassinado ele é retratado como um filantropo distinto e elegante; em Coringa, Wayne terá uma aparência e uma personalidade mais "Donald Trump dos anos 1980".

A informação é do site The Hollywood Reporter, que afirmou que o pai do Morcego de Gotham será:

"Homem de negócios brega e bronzeado que está mais nos moldes do Donald Trump dos anos 1980."

A página também aponta que os rumores de que nomes como Robert De Niro (O Poderoso Chefão), Zazie Beetz (Deadpool 2) e Marc Maron (Glow) também estão no filme são verdadeiros. Mas ainda não há informações sobre seus personagens (ou confirmação da Warner/DC sobre sua escalação).

Descrito como mais "pé no chão", mas também mais obscuro, o filme já ganhou uma descrição oficial:

"Sob a direção de Todd Phillips, o filme gira em torno do icônico arqui-inimigo e é uma história original e inédita não vista na tela grande. A exploração de Phillips por um homem desconsiderado pela sociedade não é apenas um estudo de caráter corajoso, mas também um cauteloso conto mais amplo."

Coringa terá Joaquin Phoenix no papel principal e contará com a direção de Todd Phillips (Se beber não case).

As filmagens terão início já em setembro. E o filme pode marcar um novo momento para a DC, com a possibilidade de criar um novo selo para os filmes do seu universo cinematográfico, que pode vir a se chamar DC Dark ou DC Black.

Coringa tem estreia marcada para 4 de outubro de 2019.