Sem dúvidas, American Gods foi uma das séries mais promissoras de 2017. Com uma lista enorme de críticas positivasa série dramática está rankeada com 94% das críticas profissionais positivas no Rotten Tomatoes e 83% pelas notas dos usuários.

A segunda temporada já foi confirmada pela Starz, mas vai ter que seguir sem a dupla de criadores: Michael Green e Bryan Fuller.

E agora, quem poderá substituí-los?

Criadores de American Gods anunciam saída

O anúncio foi feito nesta quarta-feira (29) pela Variety, em que reporta como principal motivo um conflito sobre orçamento e direção criativa com a produtora FremantleMedia. A dupla teria dito que estava tentando, sem sucesso, aumentar o investimento para a segunda temporada. Segundo fontes próximas à revista, a estreia já está orçada em aproximadamente $10 milhões.

A saída dos criadores deixa certas dúvidas se será mantida a mesma qualidade, visto que eles atuavam também como produtores e foram responsáveis pela maioria dos episódios da primeira temporada.

Surgiram rumores que o próprio Neil Gaiman, autor do romance sobrenatural do qual a série foi adaptada, estaria sendo cotado para substituí-los. Entretanto, a possibilidade já foi descartada por Neil Gaiman em sua conta no twitter:

Tradução:

Não, nada disso é verdade. Eu estou como showrunner de Good Omens no Reino Unido até o próximo ano, depois irei deixar essas funções e vou voltar à escrita de livros. 

Seja quem for escolhido para ficar no lugar da dupla, só resta esperar que a segunda temporada mantenha o tom que tem sido dado à série até então, bem como a qualidade no roteiro e produção