Com o último episódio da temporada, Westworld explorou detalhadamente a natureza da consciência e da autodeterminação. Vimos os anfitriões atingirem a autoconsciência e fazerem as suas escolhas… Mas será que vimos isso no caso de Maeve?

Os criadores respondem agora a essa inquietante pergunta!

A decisão de Maeve

Maeve

Jonathan Nolan e Lisa Joy foram os convidados do Vulture TV Podcast e deram uma resposta clara sobre a decisão de Maeve sair do trem: sim, ela quebrou o seu ciclo e escreveu sua própria narrativa.

Nolan revelou isso quando explicava como as filmagens feitas com Steadicam (equipamento com a função de estabilizar as imagens captadas) indicavam que os robôs estavam agindo de acordo com a sua programação. Mas quando se passa desse modo de filmagem para a câmera de mão, a indicação é que os anfitriões estão agindo por sua própria vontade:

“No finale, quando Maeve entra dentro do trem… a Steadicam está seguindo ela. Está apenas seguindo o ritmo dela enquanto ela toma essa decisão. O que compreendemos nesse momento é que essa é a primeira decisão real que ela fez em toda essa temporada. Que é, ela não vai seguir o roteiro que foi dado a ela, que é pegar o trem seja para onde for que ele vá, e fazer seja o que for que ela está programada a fazer. Ela pode sair do trem. Nesse momento, nós mudamos para a câmera de mão, que a gente se conteve em usar durante toda a temporada até um momento com ela e um momento com Dolores, quando Teddy vem buscar ela. Nós filmamos Maeve saindo do trem com a câmera de mão.”

Nolan continua explicando a importância destes detalhes para contar uma história:

"E eu me lembro de assistir os diários e quase estar chocado com o quão eficaz uma técnica cinematográfica pode ser se você adiar por tempo suficiente. Se você usar isso no momento certo, isso sugere que ela é literalmente como um trem saindo dos trilhos. Não estamos mais em comportamentos programados ou prescritos. Ela está improvisando, e estamos ali com ela."