Como surgiu o Mapa do Maroto? Saiba tudo sobre este artefato mágico!

Juro solenemente não fazer nada de bom!

Quem não gostaria de ter um Mapa do Maroto para evitar "esbarrões" constrangedores com aquelas pessoas chatas que andam por aí, hein? 

Sem dúvida, este é um dos mais interessantes artefatos mágicos do universo bruxo criado por J. K. Rowling, e que foi muito útil para Harry Potter durante os anos em que esteve na Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts. 

O Mapa do Maroto é uma obra-prima da magia! Afinal de contas, criar um mapa capaz de detectar o movimento de todas as almas vivas (e mortas) de todos os cantinhos do Castelo é mesmo um feito incrível! 

Mas afinal, quem são os Marotos?

Marotos

Os Srs. Aluado, Rabicho, Almofadinha e Pontas,
fornecedores de recursos para feiticeiros malfeitores, têm a honra de apresentar:
O MAPA DO MAROTO

Os Marotos é o nome de um grupo de quatro estudantes da Grifinória. Eles são bastante conhecidos pelos fãs da série: Remo Lupin (Aluado), Pedro Pettigrew (Rabicho), Sirius Black (Almofadinhas) e Tiago Potter (Pontas). 

Remo Lupin foi o professor de Defesa Contra as Artes das Trevas de Harry no 3º ano. O bruxo leva o apelido de Aluado devido ao fato de ter sido contaminado com licantropia, uma maldição que faz com que se transforme em lobisomem sempre que vê a lua cheia.

Pedro Pettigrew é o "Judas" do grupo. Ele ficou conhecido por "Rabicho" devido a sua forma como animago: um rato. Depois de ter traído os seus amigos, Rabicho se escondeu por 12 anos na casa da família Weasley, vivendo como o animal de estimação de Rony, o Perebas.

Sirius Black é o melhor amigo de Tiago Potter e o padrinho de Harry. A forma de animago de Sirius é um cão negro, e por causa das patas fofinhas que caracterizam este animal, o bruxo ganhou o apelido de Almofadinhas. Mas convenhamos, de fofinho o animago de Sirius só tem mesmo as patas... 

Já Tiago Potter se transformava num veado, forma esta que também representava o seu Patronum. Pontas é uma referência aos chifres pontiagudos deste tipo de cervo. 

E como o Mapa foi criado e por quê?

mapa do maroto

Como já vimos, O Mapa do Maroto foi criado pelos "Marotos" quando estes ainda frequentavam a Escola de Magia e Bruxaria, em meados dos anos 70.

A principal peculiaridade deste Mapa é que ele mostra com precisão todos os cômodos do Castelo de Hogwarts e suas redondezas. Ele também pode detectar os movimentos das pessoas que por ele andam, graças ao avançado feitiço Homonculous. Acredita-se ainda que vários outros feitiços complexos foram conjurados para criar o mapa, mas ainda são desconhecidos entre os fãs da série.

Mas como surgiu a ideia (genial) de criar tal objeto e por que os quatro amigos desejavam tanto "escapar" do Castelo facilmente? A resposta é uma: Remo Lupin.

Lupin foi mordido por um lobisomem quando criança, sendo contaminado com a licantropia (maldição que faz a pessoa se transformar em lobo sempre que vê a lua cheia).

Por causa disso, o jovem sofria bastante sempre que chegava a época de se transformar. Para conseguir fugir do castelo e não machucar ninguém, os amigos precisavam achar um modo de levar Lupin para um local seguro. 

Graças ao poder da Capa da Invisibilidade de Tiago Potter, ele foi capaz de vasculhar todos os cantos do Castelo e construir a sua arquitetura no Mapa. Enquanto isso, assumindo a forma de animagos, os outros amigos exploravam todo o vasto terreno de Hogwarts à noite sem ser detectados.

E para fechar com chave de outro, os Marotos também lançaram o feitiço do Homonculous no mapa. Então conseguiam prever os movimentos de todos que estivessem no castelo, observando quais as passagens mais seguras e menos movimentadas. 

Sirius, Pedro e Tiago acabaram se transformando em animagos (não-oficializados pelo Ministério da Magia). Então, escapavam de Hogwarts nas noites de lua para fazer companhia para Lupin, quando este assumia a forma de um terrível e sanguinário lobo.

Sabe-se que os lobisomens não costumam ser muito agressivos com outras criaturas mágicas, apenas com humanos. Por isso, os amigos podiam estar juntos para proteger Lupin sem correr grandes perigos.

ANIMAGOS

Infelizmente, Argus Filch confiscou o mapa dos marotos. Mas como ele não tem capacidade de executar feitiços, nunca conseguiu desvendar os "mistérios" do artefato. 

Depois do muitos anos, Fred e George Wesley, ainda no 1º ano de Hogwarts, conseguiram roubar o mapa do armário de Filch. Então, passaram a usá-lo para descobrir vários caminhos secretos do Castelo, que nem mesmo o zelador conhecia.

Por fim, os irmãos Wesley presenteiam Harry Potter com o Mapa. Isto faz com que Harry consiga escapar para Hogsmeade através de uma das passagens secretas que são mostradas.

Bem, como vocês lembram, Harry perde o mapa duas vezes: quando é confiscado por Snapes (e depois devolvido por Lupin, que aliás é um dos Marotos!) e por Bartô Crounch Jr., quando este esteve no Castelo disfarçado de Olho Tonto Moddy, professor de Defesa Contra as Artes das Trevas. 

Como o Mapa do Maroto funciona?

Mapa maroto

Para ativar o feitiço do Mapa, o bruxo deve tocar suavemente com a varinha no pergaminho e falar o seguinte encantamento: "Juro solenemente fazer nada de bom"

Bem, tirando o Pedro Pettigrew, este juramento não era levado ao pé da letra pelos outros amigos. Isto representava apenas uma brincadeira. Significa que desobedeceriam algumas leis de Hogwarts (como andar por determinadas áreas do castelo sem permissão), e não, sair por aí praticando Magia Negra.

Caso algum intrometido se aproximasse, o Mapa ficava imediatamente ocultado quando o seu usuário tocava novamente com a varinha no pergaminho e dizia: "Malfeito feito".

Como uma defesa contra feitiços de revelação (como o Revelio, por exemplo), o feiticeiro que tentasse vasculhar o Mapa sem repetir o juramento era extremamente insultado por uma mensagem. Lembra do Snapes em "Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban"

Nem tudo é perfeito no Mapa do Maroto

Harry Maroto

O Mapa do Maroto identifica sete passagens secretas no Castelo, mas dois locais importantes ficam protegidos da ação do Mapa: A Sala Precisa e a Câmara Secreta.

Não se sabe ao certo o motivo desses dois lugares não estarem no mapa. Uma das explicações mais defendidas é que os Marotos desconheciam a localização de ambos os espaços, por isso nunca foram postos no mapa.

Outro defeito do Mapa é que este não consegue distinguir pessoas que tenham o mesmo nome. Um exemplo foi quando Harry viu "Bartô Crouch" no mapa, mas na realidade, era o seu filho, Bartô Crounch Jr., que estava em Hogwarts, disfarçado de Olho Tonto Moddy através da poção polissuco.

O (verdadeiro) significado do Mapa do Maroto para J. K. Rowling

Mapa do Maroto

Num artigo publicado por Rowling no site Pottermore, a autora diz que o Mapa do Maroto representa a essência dela própria como criadora. 

Este artefato deu para Harry duas coisas primordiais: liberdade e informação, qualidades estas que pertencem a qualquer pessoa que se aventura pelos caminhos da imaginação ao criar uma história tão completa, profunda e apaixonante como a que foi feita por J. K. Rowling.

Rowling ainda disse ter se arrependido de ter deixado Harry ficar tanto tempo com um objeto tão poderoso, justamente pelas suas qualidades, que podem se revelar também, uma grande maldição.