Ansioso pelo próximo capítulo da saga Star Wars? Não perca mais tempo e corra para assistir a um dos trailers mais esperados do ano!

Confira aqui o teaser trailer legendado de Star Wars: Os Últimos Jedi!

Adorou o primeiro grande teaser de Os Últimos Jedi? Confira agora os 5 melhores easter eggs e revelações do trailer!

1. A luz de Leia Organa

trailer

O treinamento de Rey parece envolver uma visão dividida em 3 partes. A primeira começa com a jovem vendo “luz” e existe uma cena breve da General Leia Organa numa base da Resistência.

Mas existe uma frase sutilmente colocada que remonta ao tempo em que a general era princesa. Ecos da famosa frase “Ajude-me Obi-Wan Kenobi. Você é minha única esperança.” surgem sob as outras camadas de som.

5 lições que a Princesa Leia deixou para todas as mulheres

2. Capacete destruído de Kylo Ren

trailer

O elmo de Kylo Ren está destruído em vários pedaços mas o mais importante não é a imagem. É posível ouvir a voz de Obi-Wan Kenobi (Alec Guinness) em essa cena, uma camada de som muito mais baixa que a voz de Rey ou a trilha sonora.

A frase de Obi-Wan é do filme Uma Nova Esperança quando o Jedi conta a Luke como o seu pai morreu. Só se consegue escutar um trecho da frase: “seduzido pelo lado negro da Força”.

Isso é uma referência a Darth Vader mas também a Kylo Ren, mostrando a ligação entre avô e neto. É curioso lembrar que Ren tinha o capacete parcialmente danificado de Vader em O Despertar da Força e agora vemos que o seu próprio elmo está destruído.

Teoria Star Wars: será que o pôster revela quem são os Últimos Jedi?

3. Livro misterioso

trailer

Quando Rey fala em equilíbrio, vemos uma estante de livros naquilo que parecem ser raízes de árvores. Vendo uma das páginas destes livros, é bem visível a insígnia da Ordem Jedi, revelando que estas obras estarão relacionadas com a Força.

Serão esses livros parte do mítico Jornal dos Whills? Muito antes de existirem filmes Star Wars, George Lucas criou um roteiro com o subtítulo “Do Jornal dos Whills” onde seria contada a história dos Skywalker diretamente das páginas dos livros.

Os Whills seriam uma antiga ordem de pessoas profundamente ligadas à Força e nesse Jornal estaria escrita toda a história da galáxia.

Recentemente foi estabelecida uma ligação no universo dos filmes com os Whills. Em Rogue One, é declarado que Chirrut Îmwe e Baze Malbus são Guardiões dos Whills, protetores do antigo templo de Jedha para os seguidores da Força.

Descubra 18 easter eggs e referências que encontramos em Rogue One!

4. O coma de Finn

Finn

Após a luta contra Kylo Ren em O Despertar da Força, Finn ficou gravemente ferido. Atualmente em coma, no trailer vemos o antigo Stormtrooper em uma câmara de reabilitação. É possível que esteja se recuperando num centro da Resistência; infelizmente só temos essa cena do personagem.

5. “Está na hora de os Jedi acabarem”

trailer

Uma frase muito difícil de ouvir para os fãs da saga. Como assim o mítico Luke Skywalker pode querer ver a extinção dos Jedi?

Durante o evento de Celebração Star Wars, a atriz Daisy Ridley (Rey) comentou sobre as consequências de alguém conhecer os seus heróis. Ridley indicou que a lenda que Rey esperava encontrar em Luke, não é o homem que ela conhece na verdade.

Luke Skywalker tem todos os motivos para se sentir responsável pelo massacre da sua escola. Ele ensinou Ben Solo a controlar a Força, treinando ele e todos os seus alunos para serem Jedi. Quando Ben foi seduzido para o lado negro, Luke sentiu que a culpa era sua por ter iniciado o sobrinho junto da Força.

Isto foi o suficiente para Luke buscar se afastar de todo o mundo e se refugiar em um exílio autoimposto. Agora que conhecemos esta frase – “Está na hora de os Jedi acabarem” – sabemos um pouco mais sobre onde se encontra mentalmente Luke.

Com o trauma que ele sofreu, o Cavaleiro Jedi pode agora acreditar que a solução para os problemas da galáxia é não existirem Jedi. Mas isso não significa que ele deseje a existência dos Sith. O que significa é que ele acredita que o lado negro só existe porque há um lado luminoso em primeiro lugar.

A saga Star Wars sempre dividiu preto e branco, as diferenças entre Sith e Jedi. Os heróis e os vilões, os mocinhos e os tiranos. Mas este trailer pareceu abrir caminho para outras possibilidades na história.

O teaser mostra Rey sendo treinada por Luke e tendo uma visão dividida em 3 partes: luz, escuridão e equilíbrio. As duas primeiras são o coração da saga mas o equilíbrio é algo que sempre foi o mais complicado de definir em Star Wars.

Basta pensar que Qui-Gon Jinn acreditava que Anakin Skywalker seria quem traria o equilíbrio para a Força. O Escolhido dos Jedi se revelou o maior trunfo dos Sith quando traiu a Ordem Jedi e renasceu como Darth Vader.

Luke pode ter passado tempo suficiente sozinho para colocar todas estas questões e ponderar o que realmente a galáxia necessita. E com Rey, ele pode ter a chance de começar algo completamente diferente. Se a solução para acabar com o lado negro é deixar de existir os Jedi, então é preciso construir algo acima destas noções tradicionais do certo e errado.

Será que o equilíbrio está na conjugação dos dois lados da Força? Veremos Luke treinando Rey sob ensinamentos diferentes daqueles que ele recebeu de Yoda?

Esse seria um passo verdadeiramente marcante para a franquia e revolucionaria a história. E depois de Rogue One ter mostrado o mundo mais cinza da saga, é possível acreditar que Star Wars pode apostar em uma direção que ninguém imaginava.

8 coisas que queremos ver em Star Wars: Os Últimos Jedi