Seja iniciado à sabedoria da Ordem Jedi de Star Wars

É impossível assistir aos filmes e séries do universo Star Wars sem se imaginar como um Jedi, balançando pra lá e pra cá seus chamativos sabres de luz ou usando a Força pra fazer as pessoas esquecerem alguma coisa embaraçosa sobre você. Contudo, os Jedi são muito mais do que guerreiros espaciais com espadas luminosas. Conheça mais sobre esses poderosos guardiões da paz.

O surgimento da ordem

História da Ordem Jedi

A Ordem Jedi é uma organização religiosa extremamente antiga que visa manter a paz na galáxia. Seus membros, os chamados Jedi, veneram a Força, uma energia que permeia todo o universo e está conectada a todas as formas de vida. Os Jedi são sensitivos à essa energia e são capazes de utilizá-la de modo prático, o que lhes concede certos poderes.

Com o passar do tempo, a palavra da Ordem se espalhou pela galáxia, chegando a mais planetas e acolhendo novos membros. Um dos mundos descoberto pelos Jedi foi o planeta congelado chamado Ilum. Nesse lugar os Jedi descobriram os cristais kyber, que utilizaram para criar suas armas características, os sabres de luz. A Ordem então firmou um templo em Ilum, transformando o planeta em um dos lugares mais sagrados para os Jedi.

Outro ponto de extrema importância na história dos Jedi é o surgimento do governo galático, que futuramente seria conhecido como a Antiga República. Os Jedi se aliaram ao governo para ajudá-lo no cumprimento de seus ideais de paz e liberdade, firmando definitivamente sua posição de força de paz constante na galáxia. Também foi nessa época que transferiram para o planeta Coruscant o seu templo principal.

Ao lado da Antiga República os Jedi fizeram muitos inimigos e participaram de várias guerras. Os principais conflitos que lutaram foram contra os Guerreiros Mandalorianos, o Império Escravagista Zygerriano, e os Sith.

Código Jedi

Símbolo da Ordem Jedi

Como é de praxe em toda organização religiosa, a Ordem Jedi também possui suas práticas, regras e dogmas. Sua doutrina é praticamente baseada apenas no Código Jedi, um conjunto de regras que ditam o comportamento ideal de seus seguidores. Eles são orientados a se afastarem de todo tipo de emoções extremas, como a raiva e o amor. Dessa forma os Jedi seriam capazes de superar o medo e o lado sombrio da Força.

Por conta desse Código, os Jedi são proibidos de constituir família ou ter qualquer tipo de relação romântica, e os Mestres só podem ter um aprendiz por vez. Tudo para que se evite o surgimento de afeto e facilitar o desprendimento. Os Jedi também possuem a crença de que toda a vida é preciosa, o que os impede de matar qualquer inimigo que esteja desarmado. 

Abaixo se encontra o Código Jedi, base de todos os preceitos da Ordem:

"Não há emoção, há paz;
 Não há ignorância, há conhecimento;
 Não há paixão, há serenidade;
 Não há caos, há harmonia;
 Não há morte, há a Força."

Cristais Kyber e os Sabres de Luz

Construção de um Sabre de Luz

Uma das principais tradições entre os Jedi é a construção de seu primeiro sabre de luz. Para isso, uma turma de jovens iniciados era levada até o planeta Ilum, onde tinham que entrar nas cavernas de cristais e encontrar algum exemplar de kyber. O cristal kyber, também conhecido como cristal-vivo, é uma formação cristalina que possui uma sintonia direta com a Força e o núcleo principal dos sabres de luz. 

Os sabres de luz são a arma utilizada pelos Jedi em suas missões pela galáxia. É uma arma extremamente poderosa, capaz de cortar qualquer coisa, seja inimigos ou a mais resistente liga metálica. O único modo de parar um ataque de sabre de luz é utilizando alguma arma que produza algum tipo de energia.

Devido à sua periculosidade e poder, os Jedi treinam arduamente e desde de muito cedo a manusear os sabres de luz em batalha, utilizando-o não apenas ofensivamente, mas também de modo defensivo. Também aprendem a usar a Força em conjunto, o que faz com que a arma se torne ainda mais eficiente. O combate com sabre de luz é dividido em sete estilos diferentes, cada um adequado para uma situação diferente.

Hierarquia interna

Mestre Jedi e Padawan

Todos os seguidores da Ordem são considerados Jedi. Contudo, nem todos possuem o mesmo nível dentro da organização. Alguns possuem mais conhecimentos e são mais poderosos que os outros. Por conta disso, existe uma hierarquia entre os Jedi que mostra o quão avançados e comprometidos estão com a doutrina da Ordem. Confira abaixo a hierarquia Jedi.

Iniciados

Crianças sensitivas à Força que são recrutadas ainda muito novas por todos os cantos da Galáxia, pois a partir de certa idade, não podem mais ser treinadas. Isso é feito para que diminuam as chances de que sejam seduzidas pelo Lado Sombrio da Força. 

Essas crianças são criadas juntas no Templo Jedi em Coruscant. Os iniciados compõem uma grande classe, na qual recebem seus primeiros ensinamentos sobre a Força e os costumes da Ordem. Ainda não possuem um professor individual e são todas ensinadas ao mesmo tempo por um Mestre Jedi.

O rito de passagem dos Iniciados para subirem na hierarquia é chamado de "A Coleta". Trata-se da construção de seu próprio sabre de luz em Ilum.

Padawan

Termo usado para designar os iniciados que já construíram seu sabre de luz e que foram escolhidos como aprendizes por um Cavaleiro ou Mestre Jedi. Também usam uma pequena trança no cabelo para se distinguir dos iniciados. Os Padawans são ensinados individualmente e acompanham seus mestres em suas missões pela galáxia.

Uma vez que se sinta pronto para se tornar um Cavaleiro Jedi, o Padawan deve passar por um teste no qual é avaliado em nove etapas. Elas são: Trabalho em equipe, isolamento, medo, raiva, traição, foco, instinto, perdão, e proteção.

Cavaleiro Jedi

Uma vez que um Padawan tem sucesso em seu teste, o título de Cavaleiro Jedi lhe é concedido. Nesse nível hierárquico, o Jedi não mais necessita da tutelagem de um superior e pode ter suas próprias missões solo pela galáxia. Como um Cavaleiro Jedi, ele pode assumir outras funções, como ser um Guarda Templário, um Investigador, um professor, ou um Consular, por exemplo.

Para avançar para o próximo nível da hierarquia, os Cavaleiros Jedi devem provar ser altamente habilidosos, sábios e devotos à Força. Outro modo de conseguirem o título de Mestre Jedi é concluir com sucesso o treinamento de um jovem Padawan.

Mestre Jedi

Esse é o posto mais elevado e respeitável que a maioria dos Jedi alcançam na Ordem. Como Mestre Jedi, podem conferir a Padawans o título de Cavaleiros Jedi, se tornar Chefes Bibliotecários, e concorrer a uma vaga no Alto Conselho Jedi. O Conselho é composto de 12 Mestres que são responsáveis por supervisionar e governar a Ordem. Todos os assuntos que envolvem os Jedi são analisados, discutidos e julgados pelo Conselho. 

Grande Mestre

Título único em toda a Ordem. O Grande Mestre geralmente é o Mestre mais velho e mais sábio entre todos os Jedi. É também o líder absoluto da Ordem e, por consequência, a voz final por trás de cada decisão feita pelo Alto Conselho Jedi. Durante os período mostrado nos filmes Star Wars, o título de Grande Mestre foi carregado por Yoda.

Origem dos Sith

O lado sombrio da Força

Os Sith são um dos inimigos mais antigos dos Jedi. Notórios pelo uso de sabres de luz de cor vermelha, por venerarem o Lado Sombrio da Força e por terem como principal objetivo a aniquilação da Ordem Jedi. Apesar de se apresentarem como o extremo oposto dos Jedi, os Sith possuem sua origem diretamente ligada à Ordem.

Tudo começou há muito tempo atrás (em uma galáxia muito, muito distante), quando um membro da Ordem passou a questionar os preceitos da Ordem. Esse Jedi começou a focar em suas emoções e assim descobriu o caminho para o Lado Sombrio da Força. Suas divergências com a Ordem fizeram com que fosse expulso, mas não sem ter conquistado seguidores entre seus companheiros Jedi.

O Jedi renegado e seus seguidores fundaram a Ordem Sith, fizeram do planeta Moraband sua base e declararam guerra aos Jedi. Assim começou um período na história Jedi conhecido como "Os Cem Anos de Escuridão". Após anos de muitas batalhas, os Jedi conseguiram ser vitoriosos, muito em razão de brigas internas dos Sith que enfraqueceram sua organização.

O fim desse conflito fez com que os Jedi acreditassem que a ameaça Sith havia sido eliminada. Contudo, o Lado Sombrio apenas se reorganizou e passou a agir nas sombras, esperando o melhor momento para executar sua vingança contra os Jedi.

Poderes

Uso prático da Força

A Força pode conceder poderes especiais para aqueles que lhe são sensitivos. Os Jedi passam anos de suas vidas estudando essa energia vital para melhor compreendê-la e dominar esses poderes. Abaixo estão as principais habilidades dos Jedi concedidas pela Força. 

Telecinese

Habilidade de fazer objetos e seres se moverem e levitarem à distância através de manipulação da Força. A telecinese é comumente utilizada em combate na forma de empurrões, seja para arremessar algo contra o inimigo, ou mesmo o próprio inimigo.

Truques mentais

Nessa habilidade, a Força é utilizada para confundir a mente e influenciar os pensamentos de outras pessoas. Os truques geralmente são acompanhado de um tom de voz sugestivo e um gesto com as mãos. Essa habilidade só funciona com pessoas de mente fraca e em certes espécies. Lembre-se, esses não são os dróides que você está procurando. 

Melhoria atlética

Por conta de sua íntima ligação à Força, os Jedi são capazes de utilizá-la consciente e inconscientemente para melhorar suas condições físicas. Dessa forma aprimoram seu desempenho atlético, como velocidade, coordenação e manobras acrobáticas.

Visões da Força

Alguns Jedi conseguem utilizar a Força para ter relances de eventos futuros, geralmente na forma de visões fora de contexto. Nem todos os Jedi experienciam essas visões e mesmo aqueles que tem acesso à essa habilidade não possuem controle sobre ela, normalmente ocorrendo durante sonhos.

Sonda Mental

Poder utilizado para vasculhar por informações na mente de outros. Essa habilidade invasiva pode ser impedida através de uso da Força, que, caso a defesa seja forte o suficiente, pode reverter a sonda mental contra quem a estava fazendo originalmente.

União espiritual com a Força

Todas as habilidades anteriores podem ser utilizadas por sensitivos da Força, seja Jedi ou Sith. Contudo, a união espiritual com a Força é uma habilidade restrita àqueles que seguem o Lado Claro da Força. É um poder raro que permite que o usuário mantenha sua consciência ligada à Força após a morte de seu corpo. Dessa forma podem se manifestar seu espírito no mundo físico para outras pessoas sensitivas à Força.

Agora que você conhece mais sobre os Jedi, o que você pensa sobre sua doutrina? Se juntaria a eles para garantir a paz da galáxia? Admita que ter um sabre de luz e poderes da Força são ótimos benefícios para atrair novos membros.