Muitas teorias sobre este personagem começaram a rolar pela internet quando estreou Star Wars: O Despertar da Força. Agora com Star Wars: Os Últimos Jedi a se aproximar rapidamente, a especulação nunca esteve tão acesa.

Algumas loucas, outras até bastante plausíveis, veja quais as teorias mais populares sobre a verdadeira identidade do vilão Snoke.

Snoke é Darth Plagueis

plagueis

Provavelmente essa é a teoria mais falada entre os fãs. 

Darth Plagueis é um personagem discutido pela primeira vez em Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith. Ele é descrito por Palpatine, enquanto este conta para Anakin a história de como seu antigo mestre estaria procurando enganar a morte. Ele indica que seus poderes seriam tão grandes que ele até conseguia criar vida. Palpatine continua explicando para Anakin como Plagueis acabou sendo eliminado por seu aprendiz, que o matou durante o sono.

A teoria diz que afinal Plagueis conseguiu mesmo enganar a morte, controlando as midi-chlorians de forma a o manterem vivo. Assim, ele teria sobrevivido tempo suficiente para tomar o lugar de Líder Supremo. As suas aparentes feridas também seriam explicadas como cicatrizes da tentativa de assassinato de Palpatine.

No romance Star Wars: Darth Plagueis, de James Lucerno, o personagem foi caracterizado como sendo da espécie extraterrestre Munn. Esses seres são humanoides altos que realmente apresentam semelhanças com o visual de Snoke. O problema é que esse romance deixou de ser considerado cânone pela Disney-LucasFilms. É claro que isso não significa que o personagem seja removido do universo Guerra das Estrelas, até porque Plagueis foi efetivamente mencionado por Palpatine em Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith. Porém a descrição apresentada no livro deixa de ser considerada.

Outra evidência apresentada é o fato de existirem semelhanças claras entre a música que John Williams compôs para a cena de Palpatine e a que compôs para Snoke, em Star Wars: O Despertar da Força.

Algo que veio trazer algum descrédito à teoria, porém, foi quando o criador-executivo da Lucasfilms, Pablo Hidalgo, confirmou no Twitter que realmente Plagueis havia morrido nas mãos de Darth Sidious. Mais tarde ele acrescentou também que Snoke e Plagueis são dois personagens separados. No entanto, não é a primeira vez que mentiras são espalhadas pela produção para proteger certas reviravoltas nas tramas dos filmes.

Snoke é Palpatine

palpatine

Outra teoria interessante é que Snoke é na realidade Palpatine, o qual não morreu no final de Guerra nas Estrelas: O Retorno de Jedi. Aliás, a idade avançada e as feridas de Snoke são até explicadas como marcas de um homem que caiu em um reator gigante e sobreviveu à explosão que se seguiu. Afinal, nos quadrinhos Star Wars: Empire’s End, Palpatine já havia enganado a morte ao transferir seu espírito para um dos clones que ele criou de si próprio.

Também a música que toca tanto em Star Wars: O Despertar da Força como em Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith pode afinal estar conectada com Palpatine, quem efetivamente aparece na cena do Episódio III. Fora isso, as evidências de que Snoke possa ser Palpatine são poucas.

Na verdade, o ator Ian McDiarmid, que representou Palpatine na telona, disse em 2014 que o imperador maléfico estava mesmo morto desde o Guerra nas Estrelas: O Retorno de Jedi. Se bem que isso não significa que os planos originais de George Lucas para o universo de Guerra das Estrelas não tenham mudado entretanto.

Snoke é Mace Windu

windu

Esta é uma das teorias que se tornaram mais populares entre os fãs. Tal como as anteriores, esta também especula que um personagem que acreditamos estar morto afinal sobreviveu.

Ou seja, neste caso, o Mestre Jedi Mace Windu teria sobrevivido após ser jogado de uma janela por Palpatine em Star Wars: Episódio III - A Vingança dos Sith. Ele retornou então cheio de cicatrizes, maléfico e pálido, devido a ter sido exposto às descargas elétricas de Palpatine. Mas ainda vivo, tomou a identidade de Líder Supremo Snoke.

A teoria sugere também que Windu voltou com o desejo de se vingar da família Skywalker, pois ele acredita que Anakin não só o atraiçoou a ele mas também à República, levando à queda dos Jedi. Na verdade, Windu sempre foi visto como um jedi balançando entre a Luz e a Sombra. Não só seu sabre-de-luz é roxo, uma mistura entre o vermelho dos Sith e o azul dos Jedi, mas também algumas de suas atitudes eram ambíguas.

Porém, umas das provas mais convincentes da veracidade desta teoria é o fato de Kylo Ren usar um dos movimentos de batalha específicos de Mace Windu. Isto pode sugerir que Windu, enquanto Snoke, treinou Kylo nas suas técnicas de luta de sabre-de-luz.

Além disso, esta teoria abre também portas a que Finn possa ser filho de Windu, embora não haja qualquer evidência que o suporte.

Snoke é o Grande Inquisitor

inquisitor

Na série Star Wars Rebels, o Grande Inquisitor é um alto e impiedoso caçador de Jedi e um dos mais importantes personagens da série animada. Ele foi treinado na Força e respondia diretamente a Darth Vader, que atribuiu a ele a função de encontrar e eliminar todos os restantes Jedi que se encontrassem escondidos.

A teoria explica que, apesar dele ter se jogado em um reator explosivo, o Grande Inquisitor sobreviveu de alguma forma e se tornou Snoke. Ele realmente tem a altura e a constituição física do Líder Supremo. Quanto à falta das tatuagens faciais que ele usa na série pode ser explicada com sua queda no reator seguida de uma explosão.

Snoke é Gallius Rax

operator

No livro Star Wars: Aftermath, escrito por Chuck Wendig, somos apresentados a um personagem misterioso chamado The Operator. Mais tarde identificado como Gallius Rax no livro seguinte, Star Wars: Aftermath: Life Debt, é revelado que ele fora um habitante de Jakku e um comandante da Frota Imperial. Rax tinha a intenção de reconstruir o Império com um novo sistema criado por ele próprio, após os eventos do Guerra nas Estrelas: O Retorno de Jedi.

Será que isso significa que Rax é na realidade Snoke, o responsável pela criação da Primeira Ordem? As ligações entre Rax, Jakku e Palpatine são bastante evidentes. Enquanto ainda era apenas um garoto, Rax se esgueirou dentro da nave de Palpatine. Este, quando o encontrou, disse que sentia um grande potencial no garoto e que via um destino em seu futuro.

Apesar de Rax ter sido morto no final da trilogia Star Wars: Aftermath, já existiram vários personagens na franquia que conseguiram contornar a morte. Por fim, estas podem ser as pistas que indicam que a introdução de Rax nos livros significa que ele vai ainda desempenhar um papel importante nos filmes.

Snoke é apenas Snoke

snoke

Provavelmente a teoria mais acertada é a de que Snoke é apenas um cara chamado Snoke, um novo personagem de uma nova trilogia. Talvez ele até tenha estado sempre com o Império ou tenha agido por sua conta, mas se mantendo na obscuridade.

Na verdade, J.J. Abrams e outros membros da produção e do elenco já disseram mais do que uma vez que Snoke é um novo personagem no universo. Mesmo tendo em conta que Abrams é conhecido por suas mentirinhas relacionadas com personagens de seus filmes, uma boa parte dos fãs acreditam que realmente Snoke é apenas Snoke.

Snoke é Jar-Jar Binks

jar jar

Não podíamos deixar de incluir a que deve ser a teoria mais sem noção sobre a verdadeira identidade de Snoke. Por mais louca que possa parecer, existem algumas provas que a suportam.

A teoria diz que Jar-Jar Binks é na realidade um usuário da Força extremamente inteligente e manipulativo, que intencionalmente participou na formação do Império e na subida do poder de Palpatine.

Uma grande parte desta teoria deriva da crença de que Jar-Jar é um guerreiro tão hábil quanto os Jedi, utilizando um estilo de luta influenciado pela arte marcial popular Punho Bêbado. Esta disciplina é usada para enganar os oponentes, fazendo com que pensem que somos pouco coordenados e que os derrotamos apenas à base da sorte. Mas, na realidade todos os movimentos são bem calculados e aplicados.

Ou seja, Jar-Jar Binks com seu ar de bobo desastrado convence todo mundo de que ele é inofensivo, quando afinal ele consegue sempre escapar com sucesso das mais variadas situações de perigo.

A evidência mais credível que suporta esta teoria é a ligação que Jar-Jar parece manter com Palpatine. Além dos dois serem oriundos do mesmo planeta, foi a habilidade de Binks em convencer o Senado a conceder poderes de emergência a Palpatine que efetivamente cimentou o nascimento do Império.

Essa sua influência sobre pontos da história importantes e sobre personagens como a senadora Amidala são explicados pelos poderes mentais de Jar-Jar Binks através da Força.

Se a teoria for correta e Jar-Jar for um dos Sith mais poderosos do universo da Guerra das Estrelas, então é muito provável que ele tenha se estabelecido como o Líder Supremo Snoke.