Primeiras críticas apontam Pantera Negra como obra-prima da Marvel

Já podemos conferir as primeiras críticas de Pantera Negra, assim como a nota que o filme recebeu no Rotten Tomatoes. Mais uma vez, o longa recebeu elogios desde suas características técnicas até os temas abordados.

100% dos fresh tomatoes, mesmo após campanha negativa

pantera negra

Mesmo após o evento, criado por um grupo de fãs da DC, para prejudicar a nota do filme no site Rotten Tomatoes, Pantera Negra segue com 100% de "fresh tomatoes" (nota positiva) entre os críticos que avaliaram o longa na página. O Rotten Tomatoes publica ainda um "Consenso da crítica". A da nova produção da Marvel diz:

"Pantera Negra eleva o cinema de super-herói  para novos níveis emocionantes enquanto conta uma das histórias mais instigantes do MCU - e introduz alguns de seus personagens mais completos."

Confira abaixo o que os críticos de alguns dos principais veículos de comunicação estão falando sobre o longa (sem spoilers!).

Uma obra-prima do gênero, com sentimento e representatividade

pantera negra

Mesmo analisando o que funciona e o que não deu certo no filme, a imprensa mundial é só elogios para Pantera Negra. Seu lado político, as cenas de ação e sua importância cultural foram destacadas nas críticas.

Pantera Negra sacode a Marvel com sentimento

The New York Times - Manohla Dargis: Para o crítico, o filme se destaca entre as demais produções de super-heróis, sem repetir a mesma fórmula usada na maior parte delas. As cenas de ação, por exemplo, atingem resultados completamente diferentes, sem histórias esquecíveis e tempo de execução exagerados. O time de mulheres guerreiras que cercam T'Challa são personagens fortes, sem clichês, com papéis reais. Segundo o crítico, há sequências que podem fazer o expectador se emocionar pela sensibilidade dos temas e dos personagens.

"A raça importa em Pantera Negra, e importa profundamente, não em termos de maniqueísmo de mocinho e vilão, mas como meio para explorar preocupações humanas maiores sobre o passado, o presente e os usos e abusos do poder. Isso o torna mais reflexivo sobre como o mundo funciona do que muitos filmes convencionais, mesmo que essas ideias estejam intercaladas com muitas características dos quadrinhos. Não seria uma produção Marvel sem intrigas masculinas e efeitos digitais. No entanto, em sua ênfase no imaginário, na criação e na libertação negra, o filme se torna um emblema de um passado que foi negado e um futuro muito presente. E, ao fazê-lo, abre o seu mundo lindamente.

Fazendo certo onde outros estúdios fazem errado

THR – Todd McCarthy: Para o crítico do The Hollywood Reporter, o filme transporta o espectador para um mundo nunca visto antes nas produções da Marvel.

"Um mundo perdido escondido na África, definido pelas tradições reais e maravilhas tecnológicas que abrem novas dramáticas possibilidades visuais. Fazendo certo onde outros estúdios e franquias - eles sabem quem são eles - estão fazendo errado, a Marvel e a Disney têm outro leviatã comercial aqui, embora seja interessante ver como ele funciona em certos mercados no exterior, onde os tradicionalistas da indústria dizem que filmes com elenco predominantemente negro às vezes podem ter uma baixa performance."

Representativo e espetacular

USA Today - Brian Truitt: Segundo o crítico, mesmo em meio a rinocerontes armados e surreais tecnologias, Pantera Negra consegue trazer uma sentimento de realidade inegável para o MCU.

"Os filmes de super-heróis há muito tempo precisavam desse tipo de representação em termos de homens e mulheres de cor. Para o público negro, Pantera Negra, sem dúvida, será tão culturalmente significativo na forma como aborda assuntos de identidade, raça e gênero, quanto Mulher Maravilha foi para mulheres. [...] Enquanto os temas são profundos, filme, ao mesmo tempo, é um deleite visual a ser contemplado, com sequências de ação insana e efeitos especiais, e a gloriosa revelação de Wakanda, cuja cultura está mergulhada em influências africanas, mas que também oferece uma ideia de cair o queixo sobre como uma cidade do futuro poderia ser."

Uma declaração política em um filme de ação

IGN - Jim Vejvoda: Uma declaração política, um filme de ação e uma celebração cultural é como o crítico descreve o longa.

"O filme se recupera de um começo lento graças a um elenco memorável que enfrenta o melhor e mais completo vilão da Marvel em quase uma década. Um pouco da vibração é drenada pelos efeitos visuais caricaturais, que ameaçam o sentimento tão humano da história, mas o peso emocional de seus temas e as incríveis performances do elenco mantêm o filme no trilho. Acima de tudo, Pantera Negra é um excitante passo à frente para o MCU. Vida longa ao rei."

killmonger

O filme mais ousado da Marvel

Collider - Haleigh Foutch: A ousadia de Pantera Negra, entre as demais produções da Marvel, foi o destaque da crítica, que afirma que o estúdio prosperou com o longa, redefinindo as construções de narrativa cinematográfica enquanto honra os personagem dos quadrinhos.

"Pantera Negra cumpre todas essas exigências, mas também consegue ter mais uma identidade própria que outros filmes Marvel, uma decisão que se prova não apenas benéfica, mas essencial quando percebemos o peso total da história que se quer contar. Por Pantera Negra não ser apenas um filme de super-heróis que agrada a multidão (embora agrade, com certeza), ele é um momento vital na história do cinema e uma exploração sincera e atenciosa das cicatrizes do colonialismo e da esperança de cura."

Radicalmente diferente

Variety - Peter Debruge: Para o crítico, Pantera Negra pode não ter as sequências de ações mais impressionantes, mas traz um dos melhores vilões. Segundo ele, Coogler revive o velho debate entre Martin Luther King Jr. e Malcolm X, entre a resistência passiva e o chamado para o ativismo negro militante.

"Pantera Negra é um filme de quadrinhos radicalmente diferente, com um orgulhoso toque afrocentrista, com um elenco quase todo negro, que ignora os Estados Unidos e se concentra na nação ficcional de Wakanda. E  adivinha: praticamente tudo o que distingue Pantera Negra dos últimos filmes da Marvel funciona."

Uma obra-prima entre filmes de super-heróis

Rolling Stone - Peter Travers: Segundo o crítico, Pantera Negra é um triunfo emocionante em todos os níveis, roteiro, direção, atuações, design de produção, figurino, trilha, efeitos especiais. Para ele, uma das melhores decisões do diretor foi tratar Wakanda como um personagem, com estrutura social e leis governamentais.

"O primeiro filme da Marvel com um super-herói negro é uma oração respondida, um marco de ação e um novo clássico do cinema. [...] Não há muitos filmes de super-heróis que te encantam com efeitos estrondosos e também abordam questões étnicas e de gênero, esmagam estereótipos raciais, celebram as mulheres e condenam as noções de exclusão da era da Trump. [...] Black Panther levanta um escapismo muito perto do nível de arte: você nunca viu nada assim na sua vida. Wakanda para sempre!"

Pantera Negra chega aos cinemas no dia 15 de fevereiro.