Saiba o que é o Orgulho, o grupo de vilões (e pais) dos Fugitivos

É natural que durante a criação dos filhos, eles se revoltem contra os pais pelos os mais variados motivos. Isso faz parte da vida de qualquer um. Contudo, se os pais são secretamente super-vilões que matam pessoas inocentes, é possível que essa revolta seja justificada. Conheça agora o Orgulho, um grupo de super-vilões que possui uma relação muito "familiar" com os Fugitivos.

O Orgulho

O orgulho

O Orgulho é uma organização criminosa de super-vilões que atua e controla a região de Los Angeles, Califórnia. A presença do grupo é tão forte que impede o surgimento de qualquer outro vilão que tenha a pretensão de tomar o controle da cidade.

À primeira vista isso é tudo que o grupo parece ser, apenas administradores das ações criminosas de Los Angeles. Contudo, seus membros possuem um plano muito maior que a cidade, um pacto que envolve o contato com forças superiores e antigas e a realização de rituais anuais.

Membros

Membros

O orgulho é composto por doze integrantes, que se dividem em seis casais. Abaixo se encontra uma breve descrição de cada casal e suas peculiaridades.

Família Wilder

Geoffrey e Catherine são senhores do crime que posam como empresários para a sociedade. Os dois comandam todas as atividades ilícitas de Los Angeles, principalmente o tráfico de drogas, apostas e assaltos. Esse casal é responsável pelos contatos do Orgulho, com agentes infiltrados em áreas de interesse de Los Angeles, como o departamento de polícia e a prefeitura. 

Família Dean

Este casal não é original da Terra. Na verdade, Frank e Leslie Dean são alienígenas do planeta Majesdane e responsáveis pelo início de uma guerra interplanetária entre sua raça e os Skrulls, após traficar armas para o inimigo. Sua fisiologia alienígena permite com que voem e manipulem a energia solar para os mais diversos propósitos. Na Terra o casal esconde sua identidade verdadeira trabalhando como atores de um programa de TV.

Família Minoru

Um casal de classe média, que frequenta a igreja, e que secretamente são magos das trevas. Tina e Robert Minoru são os membros mais odiados pelos outros integrantes do Orgulho, contudo sua presença é tolerada por conta da importância de suas funções. O casal de magos é responsável por ler os encantamentos do Rito de Sangue que deve ser realizado todos os anos.

Família Yorkes

Dale e Stacey Yorkes são donos de uma loja de antiguidades. Apesar disso, o casal tem muito mais em comum com o futuro. Os dois são viajantes do tempo criminosos do século LXXXVII que vivem pulando entre período históricos utilizando uma máquina do tempo. 

Família Stein

O casal super-inteligente composto por Janet e Victor Stein são os cientistas malucos do Orgulho. Através de seus invenções, os dois são os responsáveis por adquirir o dinheiro utilizado pela organização de super-vilões. Além disso, os dois foram os responsáveis por criar o recipiente que abriga as espíritos das pessoas assassinadas no Rito de Sangue.

Família Hayes

Os médicos Alice e Gene Hayes são os únicos mutantes integrantes do Orgulho. Ambos possuem poderes psíquicos de telepatia e controle mental, que usam para imobilizar as vítimas do Rito de Sangue. Devido aos poderes e aparência semelhante, além de comentários sobre pureza de sangue, é especulado que a relação entre os dois personagens seja incestuosa.

O paraíso dos deuses antigos

Gibborim

O Orgulho foi formado na década de 80 quando seus membros foram abduzidos pelos Gibborim, três deuses antigos gigantescos. As divindades anunciaram que dentre os doze, os seis que melhor os servissem seriam escolhidos para viver no paraíso que eles criariam na Terra. Os outros seis seriam destruídos com o resto da humanidade. Por 25 anos o Orgulho deveria servir, em troca, os Gibborim lhes assegurariam poderes e riquezas para que pudessem conquistar Los Angeles.

Os integrantes do Orgulhos se reuniam anualmente na residência dos Wilder com a desculpa de organizar um fundo de caridade. Na verdade, realizavam o Rito de Sangue. É uma cerimônia na qual sacrificavam uma vida inocente para aprisionar seu espírito. Esse espírito então era guardado até uma outra cerimônia, o Rito do Trovão, quando o espírito era oferecido diretamente para os Gibborim.

Legado

Filhos

Por quatro anos o Orgulho agiu dessa forma, servindo aos Gibborim, mesmo sabendo que seis deles não veriam o futuro que foi prometido. Os plano mudaram quando Janet e Victor Stein tiveram uma gravidez inesperada, o que levou o grupo a fazer um novo juramento entre si. Todos os casais se comprometeram a ter um filho e trabalhariam para que o Paraíso dos Gibborim fosse passado para seus herdeiros. Dessa forma, a matemática dos seis escolhidos seria igual para todos os membros.

Traição

Traição

É válido relembrar que o Orgulho é formado por super-vilões. Ou seja, pessoas poderosas e caóticas que normalmente colocam seus interesses pessoais acima das prioridades de um grupo. Portanto, não é de se espantar que o grupo tivesse seus desentendimentos e antipatias. Como é o já citado caso dos Minoru, que são odiados pelos outros integrantes por serem considerados instáveis por causa de seus poderes mágicos.

Outro exemplo dos problemas internos do grupo são os planos secretos de traição de alguns membros. Os casal Hayes, por serem mutantes, tinham um ódio intenso contra a humanidade. Por conta disso, conspiravam com os Dean, o casal alienígena, planejando matar todos os integrantes humanos do Orgulho. Assim o Paraíso dos Gibborim seria passado apenas para os dois casais e suas filhas.

Fugitivos

Fugitivos

Infelizmente para o Orgulho, seus planos de criar um paraíso para seus herdeiros foi frustrado pelos seus próprios filhos. Durante uma reunião na casa dos Wilder, seus filhos resolveram espiar o que os negócios dos pais e testemunharam o assassinato de uma garota durante o Rito de Sangue. Os jovens ficaram chocados com a revelação de que seus pais não eram pessoas boas e fugiram para longe deles.

Ao perceberem que seus filhos haviam descoberto suas identidades secretas e que haviam fugido, o Orgulho percebeu que medidas deveriam ser tomadas. A solução encontrada foi incriminar os jovens pelo assassinato da moça morta no Rito de Sangue e pelo sequestro da Molly Hayes. Que modo de disciplinar seus filhos!

Por sua vez, os Fugitivos resolveram usar seus poderes recém adquiridos para combater os planos malignos de seus pais.

Esse foi o essencial sobre o Orgulho, o grupo de super-vilões que também está presente na série Fugitivos da Marvel em parceria com a Hulu.