Foi de uma forma totalmente inesperada que a Netflix anunciou a aquisição da editora norte-americana de quadrinhos Millarworld. Apesar de não podermos comparar este momento aquele que aconteceu em 2009, quando a Disney comprou a Marvel, este não deixa de ser um acontecimento importante para todos os fãs de quadrinhos.

As obras criadas por Mark Millar são sombrias e violentas, estando assim direcionadas para um público maioritariamente adulto. Uma das mais conhecidas é a do super-vilão Nemesis, um milionário que utiliza a sua fortuna para espalhar o terror por todo o mundo.

Quem é o Nemesis?

nemesis

Basicamente Nemesis é o anti-Batman. Na época de lançamento da HQ do personagem, a DC Comics ponderou mesmo processar a Millarworld por uso indevido dos seus personagens.

É que para além do uniforme do Nemesis ser extremamente parecido ao do Batman (mas em branco) a frase que acompanhava a HQ em todas as campanhas de marketing era: "E se o Batman fosse o Coringa?".

Nemesis pode chegar à telinha

netflix

O objetivo claro por parte da Netflix em comprar a Millarworld é ter acesso completo a todas as obras e personagens da editora para fazer possíveis adaptações através de filmes e séries.

Sendo Nemesis uma das obras mais populares, controversas e apreciadas pela crítica é bem provável que esta seja uma das primeiras franquias a ser trabalhada pela Netflix.

Para além disso, existiram já planos para fazer um filme baseado no personagem, tendo estado envolvidos os diretores Tony ScottJoe Carnahan. Contudo, no caso da Netflix é mais provável que o serviço de streaming aposte na produção de uma série e não de um filme.