Marvel ou Fox: Qual o melhor Mercúrio do cinema?

Mercúrio, o personagem mais veloz do universo Marvel, ganhou duas versões cinematográficas diferentes: o Mercúrio da Fox, nos filmes de X-Men, e o Mercúrio dos estúdios Marvel, em Os Vingadores: Era de Ulton.

Esse artigo coloca os dois Mercúrios frente a frente para decidir quem é o melhor! Afinal quais são as diferenças entre eles?

1. O abismo entre a demonstração de poderes

Mercúrio em Vingadores: Era de Ultron

Um dos pontos que mais marca a diferença de um Mercúrio para o outro é a demonstração de poderes.

Na adaptação da Marvel, assistimos a Aaron Taylor-Johnson correndo rapidamente, com a imagem muito acelerada para dar o visual de rapidez necessário. A cena ficou completa com a inserção de efeitos especiais, conferindo a sensação de movimento.

Ficou interessante mas não impressionou nem se destacou entre os outros heróis de Vingadores: Era de Ultron.

Já a versão da Fox foi memorável. Muitos dizem que foi a melhor cena de X-Men: Dias de um Futuro Esquecido. Ver o Mercúrio de Evan Peters é ver o mundo pelo seu ponto de vista: tudo em câmera lenta enquanto se move.

O público fica conhecendo a extensão incrível dos poderes do personagem através desse efeito muito bem desenvolvido pela Fox.

2. As motivações que os despertam

Mercúrio e sua irmã Feiticeira Escarlate

Em Era de Ultron, Taylor-Johnson teve bastante material para desenvolver as motivações do seu personagem. Pietro Maximoff perdeu seus pais num conflito armado em sua terra natal, com bombas fabricadas pelas Indústrias Stark. Este fato torna plausível o seu ódio aos americanos e a Tony Stark, o que cria uma ligação com os Vingadores.

Esta conexão emocional torna possível assistir a um Mercúrio complexo, moralmente ambíguo e com razões plausíveis para o seu estado atual no filme.

Do lado da Fox não é dada muita história para Evan Peters desenvolver. Sua entrada no filme tem como objetivo tirar Magneto da prisão, o que proporciona um rápido momento de pai e filho juntos na mesma cena. Embora não seja explícito, é algo que delicia os fãs que nunca poderão ver isso feito na Marvel (devido a problemas de direitos autorais).

Mercúrio com Fera, Professor Xavier e Wolverine

Mas além dessa cena e da indicação de um passado criminal, não sabemos nada sobre o jovem Mercúrio. Mesmo no mais recente X-Men: Apocalipse, não houve desenvolvimento emocional do personagem.

O público assiste a Mercúrio tentando falar com Magneto e tentando ganhar coragem para dizer que é seu filho. Mas o jovem não consegue e fica no ar a ideia de que isso pode acontecer mais tarde na franquia...

3. A inclusão / exclusão de Feiticeira Escarlate

Feiticeira Escarlate em Vingadores: Era de Ultron

Nos quadrinhos, Pietro e sua irmã Wanda são inseparáveis e a versão da Marvel segue a mesma linha.

A inclusão de Feiticeira Escarlate foi importante para dar mais sentido ao personagem de Mercúrio. Ali podemos ver como eles se complementam e como sua relação dá uma dimensão emocional de destaque aos personagens.

O Mercúrio da Fox não teve a mesma sorte, sem nenhuma irmã gêmea como nas HQs. A ausência de Feiticeira Escarlate se deve a conflitos de direitos cinematográficos que, infelizmente, prejudicam Mercúrio nos filmes X-Men.

Ter Wanda Maximoff em Era de Ultron trouxe uma ligação essencial a Mercúrio, capaz de desenvolver o personagem de uma forma que não foi possível na Fox. A história perde com isso e o público também.

4. A personalidade mais fiel ao Mercúrio das HQs

Mercúrio da Marvel

O Mercúrio dos estúdios Marvel é o que mais se aproxima de seu personagem nos quadrinhos. Tem o mesmo jeito arrogante e temperamental, assim como os seus conhecidos traços como a ansiedade e o fato de ser pouco dado a risadas.

Nos filmes da Fox, Mercúrio é retratado como impaciente, falante e sarcástico. O lado negro do personagem não é explorado, embora o Maximoff de Evan Peters seja também moralmente ambíguo, dado sua ficha criminal.

Mercúrio em X-Men: Dias de um Futuro Esquecido

Mas o destaque de Mercúrio em X-Men vai para seu jeito cômico em grandes cenas de ação. Nenhuma situação parece dramática o suficiente para impedir que Mercúrio se divirta enquanto salva o dia.

Existe também a questão de que em Era de Ultron foram mantidas as origens do personagem como sendo do leste europeu. Em Dias de um Futuro Esquecido, o nome de Mercúrio foi alterado de Pietro para Peter, sendo um jovem dos EUA.

5. A recepção por parte do público

Evan Peters como Mercúrio

Sem sombra de dúvidas: o Mercúrio da Fox foi o preferido do público assim que chegou aos cinemas. Suas cenas são sempre comentadas com entusiasmo e, embora o da Marvel seja mais fiel às HQs, todo mundo quer ver mais do Mercúrio da Fox.

O nosso veredito

Mercúrio em X-Men: Apocalipse

Stan Lee, Joss Whedon e toda a sua companhia criaram um Mercúrio muito fiel ao que os fãs de quadrinhos conhecem. Sua história foi interessante de acompanhar na telona, mas a sensação que deixou foi de que não era um Mercúrio memorável.

Nossa escolha como vencedor é o Mercúrio da Fox por sua performance incrível nos filmes. Às vezes é preciso se afastar do material de origem para criar personagens memoráveis em outra plataforma, e foi isso que aconteceu aqui!