Kevin Feige afirma que os X-Men não deverão ser usados 'tão cedo' no MCU

A fusão da Disney com a Fox encheu os fãs da Marvel de esperanças no que se tratava da fusão de universos: por questões de direitos autorais, os X-Men e os Vingadores não podiam dividir o mesmo universo nos cinemas.

Mas os tempos mudaram e os empecilhos jurídicos foram embora junto com eles. No entanto, parece que mesmo sendo possível, os mutantes não devem fazer parte do MCU por pelo menos mais 5 anos. 

Segue o plano

Kevin feige

Em entrevista ao IO9, o presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, disse que o estúdio vai se ater aos planos que já tinha estabelecido para a Fase 4, que envolve os próximos 5 anos de produções. 

Está tudo apenas começando e o plano de cinco anos em que estamos trabalhando, estávamos trabalhando antes que tudo isso estivesse definido. Então, realmente, é muito mais importante para nós o fator de conforto e o quão bom é tê-los (Os X-Men) de volta ao lar do que detalhes específicos sobre quando e como vão aparecer. Isso levará bastante tempo.

Apesar de, por agora, parecer um banho de água fria em quem esperava ver o Quarteto Fantástico e os X-Men ao lado dos Vingadores, consola o fato de a Marvel querer usar os personagens com calma e planejamento, evitando que novos fracassos envolvendo essas franquias aconteçam.

E você? Acha que vale a pena esperar ou os X-Men já tinham que ser prioridade na Fase 4?

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de abril nos cinemas brasileiros.

FIQUE POR DENTRO:

Vingadores: Ultimato | Plano dos heróis pode ter sido confirmado em nova cena 

Vingadores: Ultimato | Cena 'Você confia em mim?' pode não estar no filme

Vingadores: Ultimato | Vídeo da cena com Capitã Marvel é liberado!