Conheça a Gata Negra, a ladra apaixonada pelo Homem-Aranha

Felicia Hardy, a Gata Negra, é uma clássica inimiga do Homem-Aranha e seu nome nunca esteve tão em alta quanto hoje em dia. Ela é a personagem central dos eventos do primeiro DLC do jogo Spider-Man do PS4, chamado O Assalto. Além disso, também está nos planos da Sony fazer um filme solo da Gata Negra, dando sequência ao seu Universo Cinematográfico de Personagens da Marvel, que foi iniciado com Venom. Conheça agora um pouco mais sobre a história dessa personagem.

Tal pai, tal filha

Walter Hardy

Walter Hardy era o pai de Felicia, e também um ladrão mundialmente conhecido, até que um dia foi preso e sentenciado a passar o resto de sua vida atrás das grades. Antes disso, no entanto, ele inspirou sua filha a ser sempre a melhor no que se propuser a fazer. Dizia: "Se você ama basquete, você deve se esforçar para se tornar uma jogadora e não apenas uma líder de torcida." Dessa forma, seu maior ensinamento para Felicia foi nunca se contentar em ser a segunda melhor.

Vítima de um crime

Vítima

Apesar da condenação de seu pai, Felicia Hardy teve uma vida normal, se graduou no colégio e começou seus estudos na Empire State University. Contudo, foi nesse momento que sua vida mudou, e da pior maneira possível. Durante seu primeiro ano na universidade, certa vez Felicia foi abusada sexualmente por um rapaz que fingiu ser seu amigo.

Felicia odiava ser uma vítima e por isso jurou que se vingaria de seu agressor. Deixou os estudos de lado e começou a treinar em vários tipos de artes marciais e em acrobacias. Contudo, não pôde matar o rapaz que a abusou, pois esse se envolveu em um acidente fatal de carro, quando dirigia bêbado.

Surge a Gata Negra

Gata Negra

Felicia ficou muito frustrada por não poder se vingar, sentindo-se sem rumo e sem saber como utilizar as habilidades que havia treinado para matar o rapaz. Resolveu então que iria seguir os passos de seu pai e começou a realizar roubos pela cidade. Teve muito sucesso no crime, conseguindo levantar uma fortuna com tudo que roubou. Somente após vários roubos bem-sucedidos é que começou a se mascarar e usar o nome de Gata Negra.

Em sua primeira noite como Gata Negra, Felicia resolveu fazer algo diferente dos roubos que estava acostumada. Foi até a prisão para soltar o pai que estava doente (estava prestes a morrer e Felicia queria que isso acontecesse em casa, perto de sua família). No entanto, foi justamente nessa noite que cruzou o caminho do Homem-Aranha pela primeira vez.

Por mais que Felicia tivesse um desprezo pelos homens (devido à sua experiência traumática) ela acabou desenvolvendo uma afeição pelo Homem-Aranha, e continuou a agir como Gata Negra, na tentativa de conquistar a atenção do herói. Apesar de perdidamente apaixonada pelo Aranha, não desistiu da vida do crime e até mesmo tentou convencê-lo a se juntar a ela. Por fim, depois de ser capturada e fugir da prisão, a Gata Negra forjou a própria morte para não ser presa novamente.

Relacionamento com o Homem-Aranha

Relacionamento

Tempo depois, Gata Negra voltou à ativa, roubando um detonador do Rei do Crime que tanto o Doutor Octopus quanto o Coruja planejavam usar em seus planos malignos. Contudo, ela não ficou com o detonador e o entregou para o Homem-Aranha. Após Gata Negra se tornar um alvo da vingança do Doutor Octopus, o Homem-Aranha a salva e percebe o tanto que se importa com ela. Assim começa o relacionamento dos dois.

Contudo, Felicia não se sentia atraída da mesma forma por Peter Parker quanto pela persona heroica de Homem-Aranha. Não conseguia entender a necessidade que Peter tinha de viver uma vida civil normal. Por sua vez, Peter só manteve o romance com Felicia, pois era a primeira vez que podia ter um relacionamento sem ter que esconder que era um super-herói.

Fim do amor

Chefe do Crime

Felicia temia que sua falta de poderes pudesse ser um problema para o Homem-Aranha, pensando que seus esforços para protegê-la poderiam um dia matá-lo. Depois de ser negada pelos Vingadores e pelo Quarteto Fantástico, ela recebeu uma misteriosa proposta para participar de um experimento similar ao que concedeu poderes ao Escorpião. Só depois de concluído é que ela descobriu que o experimento era bancado pelo Rei do Crime.

Gata Negra ganhou poderes de influenciar as probabilidades, causando uma "má sorte" aos seus inimigos. Contudo, essa má sorte também começou a afetar o Homem-Aranha, o que era o plano do Rei do Crime. Felicia não revelou seus poderes para o namorado, que só foi descobrir a razão de sua má sorte após consultar o Doutor Estranho. O mago não apenas acaba com o azar do Aranha como também acaba removendo os poderes da Gata Negra. 

Devido aos vários segredos que pareciam haver entre os dois, Peter Parker decide terminar com Felicia. Ela, por mais que também estivesse pronta para terminar, para que assim poupasse Peter do azar, não recebeu o término muito bem. Sempre manteve sentimentos pelo Homem-Aranha, intrometendo-se e tentando arruinar sua vida amorosa ao mesmo tempo que tentava não ser presa por seus roubos.

Poderes e habilidades

Poderes

Felicia Hardy é um ser humano comum, possuindo as limitações de uma mulher normal, embora esteja no pico de seu condicionamento físico. Não nasceu com nenhum superpoder e suas habilidades foram adquiridas através de um árduo treinamento. É uma ladra mestra, com habilidades impecáveis de escalada, invasão, furtividade, acrobacias, arrombar fechaduras e cofres, escapismo e desarmar alarmes.

Como foi dito anteriormente, a Gata Negra participou de um experimento bancado pelo Rei do Crime que lhe concedeu superpoderes de influenciar o campo das probabilidades. Por mais que tenha perdido essas habilidades depois que Doutor Estranho removeu o "azar" do Homem-Aranha, tempo depois ela o recuperou através de outro experimento, dessa vez conduzido por cientistas do Senhor Negativo. Após esse evento, seu controle sobre a probabilidade ficou ainda mais poderoso do que antes.