10 filmes do Studio Ghibli essenciais de ver!

Para os fãs do legado de Hayao Miyazaki, fevereiro de 2020 provavelmente ficará marcado como o mês em que a Netflix adicionou todos os filmes do Studio Ghibli ao seu catálogo! Mas afinal, qual ver primeiro? Qual o melhor filme do estúdio?

Para que você possa decidir isso, elencamos abaixo os dez melhores filmes do Studio Ghibli segundo sua nota no IMDb. Mas fica tranquilo(a), que este artigo vai falar um pouco das 21 aclamadas produções do estúdio que marcou história.

1. A Viagem de Chihiro

filmes studio ghibli

  • Nota: 8,6
  • Ano: 2001

As aventuras da menininha Chihiro marcaram o 13º filme do Studio Ghibli e o 7º a ter direção de Hayao Miyazaki. Por que, então, este filme geralmente é o primeiro título sobre o qual ouvimos falar quando o Studio Ghibli é o assunto? Porque o longa alcançou um reconhecimento inédito, sendo, por exemplo, o primeiro anime a ganhar o Oscar de Melhor Animação.

Durante uma mudança, Chihiro se perde com a família e vai parar em um povoado abandonado. Pela noite, a garota descobre que o local é habitado por centenas de espíritos e que seus pais viraram porcos após comerem restos de comida. Para encontrar uma forma de romper o feitiço, ela vai trabalhar para uma bruxa em uma casa de banho que atende as mais estranhas criaturas. Neste caminho, ela faz inesperados amigos, como Haju, um garoto que é também um dragão.

Com uma arrecadação doméstica de 30 bilhões de ienes, A Viagem de Chihiro se tornou o longa mais bem sucedido da história do cinema japonês. O British Film Institute incluiu a produção entre os 10 primeiros filmes da lista "filmes que você deveria assistir até os 14 anos". Além do Oscar, o longa conquistou o Urso de Ouro no Festival de Berlim, em 2002.

2. Cemitério dos Vagalumes

filmes studio ghibli

  • Nota: 8,5
  • Ano: 1988

Para ver esse filme é bom preparar os lenços de papel e uma garrafa de água, pois é bem provável que você fique desidratado de tanto chorar. Baseado no livro semi-autobiográfico de Akiyuki Nosaka, o longa acompanha os irmãos Seita e Setsuko tentando sobreviver no Japão Imperial, durante os últimos meses da Segunda Guerra Mundial, enfrentando perdas, fome, mal tratos e a extrema violência do conflito.

Considerado um dos filmes que melhor descrevem os horrores da guerra, Cemitério dos Vagalumes não só é uma belíssima animação, como também um drama de apertar o coração. Aqui, o Estúdio Ghibli foi além de criar uma animação de visuais estonteantes, mas mostrou também toda a sua capacidade de contar uma história mais séria e adulta.

Dirigido por Isao Takahata, o longa é tratado por muitos críticos como um filme antiguerra, tema recorrente em diversos títulos do Estúdio Ghibli, como O Castelo Animado (2004) e Porco Rosso (1992).

3. Princesa Mononoke

filmes studio ghibli

  • Nota: 8,4
  • Ano: 1997

A característica Ghibli presente em Princesa Mononoke é o enredo que envolve magia e seres fantásticos. Neste caso, uma história sobre espíritos, deuses da floresta e uma maldição.

O filme acompanha San, uma jovem que cresceu em uma tribo de deuses-lobo. O seu ódio pelos humanos que tentam destruir a floresta dos deuses muitas vezes a faz esquecer a própria humanidade, algo que vai mudar com a chegada do príncipe Ashitaka, que tenta sobreviver a uma maldição.

Um filme bem mais violento e sombrio que as demais produções do estúdio, contém cenas de mortes sangrentas que fariam Quentin Tarantino sorrir de empolgação, além de uma temática densa. Mas Princesa Mononoke também é um filme muito bonito, com cenas belas que retratam muito bem o aspecto maravilhoso das florestas e da vida selvagem.

4. O Castelo Animado

filmes studio ghibli

  • Nota: 8,2
  • Ano: 2004

Baseada no livro Howl's Moving Castle, da escritora inglesa Diana Wynne Jones, este filme nos apresenta a Sophie, uma jovem que acredita que dar continuidade à chapelaria da família é seu único destino. Sua vida dá uma reviravolta após ser amaldiçoada pela Bruxa das Terras Abandonadas, que a transforma em uma velha.

Na busca por uma forma de quebrar a maldição, ela liberta o espantalho Cabeça de Nabo, que a leva para o castelo de Howl, um prédio em constante movimento. Em meio à temática da magia e da fantasia, o filme ainda aborda a violência e as consequências de uma guerra.

O longa conquistou o Prémio Osella de Realização Técnica no Festival de Veneza de 2004 e foi nomeado ao Oscar de Melhor Filme de Animação em 2005. No site Rotten Tomatoes, ostenta uma excelente pontuação de 87% e é descrito como um filme que "irá encantar crianças com a sua história fantástica e tocar os corações e mentes dos espectadores mais velhos também".

5. Meu Amigo Totoro

filmes studio ghibli

  • Nota: 8,2
  • Ano: 1988

Meu amigo Totoro foi tão icônico para a história do Studio Ghibli que o personagem Totoro se tornou a mascote, o símbolo do estúdio e uma espécie de ícone cultural no Japão.

Trata-se de uma história sobre a inocência e a imaginação das crianças, apresentadas pelas irmãs Satsuki e Mei. Após se mudarem para o interior com o pai, enquanto a mãe se recupera de uma doença, as meninas conhecem uma criatura misteriosa e de sorriso enorme que vive em uma árvore: Totoro. Ele as apresenta a um mundo de magia que apenas as crianças conseguem ver, e as ajuda a enfrentar as dificuldades que precisarão encarar.

É praticamente impossível não sentir saudades dos tempos de criança ao assistir às duas garotinhas brincando com os seres fantásticos desta obra prima do Estúdio Ghibli.

6. O Castelo no Céu

filmes studio ghibli

  • Nota: 8
  • Ano: 1986

O primeiro filme a ser oficialmente produzido pelo estúdio (oficialmente, pois o filme Naisicaä do Vale do Vento é considerado uma produção Ghibli, mesmo sendo concluído antes da fundação do estúdio). É também o primeiro trabalho de direção de Hayao Miyazakipara o estúdio. O diretor é o responsável por influenciar o estilo de todas as obras seguintes.

Nesta história, conhecemos Sheeta, uma garota que consegue escapar do sequestrador Coronel Muska, graças a um cristal mágico que leva em seu pescoço. Após conhecer o também órfão e aprendiz de engenheiro Pazu, ela e o amigo se aventuram para encontrar a cidade mística flutuante de Laputa enquanto fogem dos militares.

7. Sussurros do Coração

filmes studio ghibli

  • Nota: 8
  • Ano: 1995

Este filme acompanha a jovem Shizuku. Completamente apaixonada por livros, ela sonha em um dia ser escritora. Durante o verão do último ano da escola secundária, ela descobre que todos os títulos que já pegou na livraria também foram alugados e lidos por um rapaz chamado Seiji Amasawa.

No dia seguinte, Shizuku encontra um gatinho na rua. Ao segui-lo, ele acaba por guiá-la até a casa de Seiji. Embora ela o ache irritante inicialmente, aos poucos os dois vão se aproximando, e ele revela que seu sonho é se tornar um fabricante de violinos.

Com o desenvolvimento do vínculo entre os jovens, esta história simples e emocionante consegue ser guiada pelo olhar adolescente, cheio de desejos, sentimentos e dúvidas.

8. O Conto da Princesa Kaguya

filmes studio ghibli

  • Nota: 8
  • Ano: 2013

Baseado no folclore O Conto do Cortador de Bambu, este dá início a sua trama quando o cortador de bambu Sanuki no Miyatsuko encontra uma menina dentro de um brilhante conjunto de bambus. Ela cresce em meio à natureza, em uma cidade nas montanhas, rodeada por amigos. Mas o futuro viria mudar isso.

Pela forma como a encontrou, seu pai acredita que a menina seja uma divindade. Para fazer dela uma princesa adequada, ele e a esposa levam a filha para a capital, onde ela passa a ser atendida por servos, enquanto é sobrecarregada com estudos sobre como se comportar como uma nobre. Em meio aos absurdos da vida social nobre e às propostas cheias de interesses de diferentes pretendentes, Kaguya entra em depressão.

O filme chegou a ter 100% de aprovação no Rotten Tomatoes e conquistou fãs por todo o mundo, ao mostrar as nuances da pureza da juventude e abordar importantes temas como valores, princípios, depressão e família.

9. O Serviço de Entregas da Kiki

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,9
  • Ano: 1989

Primeiro filme do Studio Ghibli a ser lançado em parceria com a Disney, O Serviço de Entregas da Kiki se baseia na novela homônima de Eiko Kadono. Miyazaki - que produziu, escreveu e dirigiu o filme - detalhou que o longa aborda a confiança e a independência crescente entre as jovens adolescentes do Japão.

Na vila onde Kiki mora, é uma tradição as bruxas fazerem uma viagem de um ano sozinhas logo que completam 13 anos, idade à qual a protagonista chegou. O longa, portanto, acompanha o crescimento de Kiki em meio às dificuldades que ela precisa enfrentar, chegando a perder seus poderes e certo ponto da história.

Mesmo em um contexto fantasioso, Miyazaki consegue trazer de forma leve a aventura de crescer, os medos, os bloqueios e as buscas.

10. Vidas ao Vento

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,8
  • Ano: 2013

Último trabalho de Hayao Miyazaki antes de sua aposentadoria, este filme é parcialmente baseado na trágica história do escritor, tradutor e poeta Tatsuo Hori. Em um formato de biografia ficcional, conhecemos Jiro Horikoshi, um jovem que sonhava em se tornar piloto.

Impedido de alcançar este sonho devido a sua miopia, Jiro decide projetar por inteiro um avião, após ter um sonho com o engenheiro aeronáutico Giovanni Caproni. O longa acompanha todo o esforço do jovem para alcançar seu sonho, muitas vezes dividido entre o amor da sua vida e seu trabalho.

Os horrores da Segunda Guerra Mundial também são pano de fundo para essa dramática história.

Outros filmes do Studio Ghibli

Ok ok, esses dez filmes acima foram os mais bem avaliados pelo público no IMDb. Porém, isso não significa que as outras 11 produções do Studio Ghibli não sejam de igual qualidade e não mereçam ser vistas. Muito pelo contrário! Você pode conferir abaixo que o estúdio ficou conhecido por bem mais que dez filmes, com vários outros títulos que marcaram a história do cinema e da animação (e apenas dois deles com nota abaixo de 7 no IMDb!).

11. Porco Rosso: O Último Herói Romântico

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,8
  • Ano: 1992

Mais um dos filmes do estúdio que trazem os terrores e as consequências da guerra como contexto, este longa animado acompanha Marco Porcellino, um ex-piloto da Força Aérea Italiana que foi transformado em um misto de porco e humano.

Durante o período entre as duas guerras, caracterizado na Itália pelo crescimento do fascismo e pela recessão econômica, Porco Rosso, como se identifica agora, se torna um caçador de recompensas e passa a lutar contra os piratas do ar, resgatando reféns e evitando roubos.

12. Ponyo: Uma Amizade que Veio do Mar

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,7
  • Ano: 2008

Com cenas lindas de tirar o fôlego, tanto do fundo do mar quanto da superfície, este filme nos apresenta ao garotinho Sosuke, de cinco anos. Sosuke mora em um penhasco com vista para o Mar Interior. Lá, certo dia, ele encontra a peixinha Ponyo na praia, com a cabeça presa a um pote de geleia.

Após salvá-la, ele promete protegê-la. Em sua luta para fugir das garras de Fujimoto, um feiticeiro do mar que já foi humano, Ponyo decide se transformar em humana, para ficar ao lado de Sosuke.

Miyazaki revelou, em uma entrevista, que seu filho Goro Miyazaki, na época do filme com cinco anos, foi sua inspiração para a criação de Sosuke.

13. As Memórias de Marnie

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,7
  • Ano: 2014

Para quem curte histórias de fantasmas, mistérios e segredos do passado, este filme traz um pouco de tudo isso. Escrito e dirigido por Hiromasa Yonebayashi, o longa acompanha a jovem Anna Sasaki, de 12 anos. Após perceber que a menina está ficando deprimida, sua mãe a envia para passar o verão em uma pequena aldeia no norte de Hokkaido com alguns parentes.

Lá, ela descobre uma antiga casa em uma colina, na qual, segundo rumores, fantasmas apareciam durante a noite. Atraída pela mansão, Anna acaba indo até o local, onde conhece a fantasma Marnie. O que Anna não poderia imaginar era que a cidade guardava tantos segredos de seu próprio passado.

14. Memórias de Ontem

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,7
  • Ano: 1991

Uma mulher solteira e inteiramente dedicada a seu trabalho, Taeko sai de Tóquio pela primeira vez para visitar sua irmã em Yamagata. No decorrer das vivências que adquire na viagem, ela começa a relembrar sua infância e a se questionar sobre o rumo que sua vida tomou.

Memórias de Ontem aborda o difícil confronto entre as lembranças da infância, os sonhos da adolescência e a realidade da vida adulta, algo com que todos nós podemos nos identificar.

15. O Mundo dos Pequeninos

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,6
  • Ano: 2010

Arriety e sua família são seres humanoides de tamanho bem reduzido. Vivendo sob uma antiga casa no subúrbio de Tóquio, eles sobrevivem de pequenos roubos da comida dos humanos donos do local, enquanto esperam que a culpa recaia em ratos, gatos ou outros animais.

Embora conheça as regras para que nunca seja percebida, Arietty é descoberta por Shawn, um jovem que se hospeda na casa. Apesar da diferença de tamanho e do risco, eles acreditam que podem manter uma amizade.

16. Da Colina Kokuriko

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,4
  • Ano: 2011

Realizado por Gorō Miyazaki, filho de Hayao Miyazaki, este filme narra a história de Umi, uma adolescente que segue com esperança de ver seu pai retornar, após ele desaparecer em alto mar. Para tentar ajudá-lo, ela ergue duas bandeiras no quintal de sua casa, na colina, como uma forma de mensagem.

Ao tomar conhecimento da curiosa história, o estudante Shun escreve um artigo para o jornal da universidade. Durante o desenvolvimento desse artigo ele acaba se aproximando de Umi. Há, contudo, um segredo sobre o passado de ambos que pode colocar em risco o que prometia ser uma incrível relação de amor e amizade.

17. O Reino dos Gatos

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,3
  • Ano: 2002

Haru é uma menina conhecida por ser preguiçosa e por sempre se atrasar para a escola. Certo dia, ela salva um gato de ser atropelado, sem saber que, na verdade, o bichano era um príncipe.

Como forma de agradecimento, o Rei dos Gatos decide visitá-la e a pede em casamento, levando a menina para seu reino, um universo em que os animais falam e se comportam como seres humanos. Mas Haru vai lutar por sua liberdade.

18. PomPoko: A Grande Batalha dos Guaxinins

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,3
  • Ano: 1994

Baseado no folclore japonês, o filme traz um grupo de corajosos guaxinins que lutam para salvar a pátria da floresta do perigo dos tratores de investidores gananciosos.

Os protagonistas são o que a lenda japonesa chama de tanukis, antropomorfos capazes de alcançar a forma de animais realistas, animais com traços e comportamentos humanoides ou ainda de humanos.

Curiosidade: os testículos proeminentes dos tanukis fazem parte do folclore. Por esse motivo, esse traço está presente no filme com frequência.

19. Meus Vizinhos, Os Yamadas

filmes studio ghibli

  • Nota: 7,2
  • Ano: 1999

Separado em espécies de quadros, este filme apresenta o cotidiano da família Yamada. As relações entre pais e filhos, a primeira namorada, a perda de uma das crianças em uma loja de departamento e outros pontos corriqueiros na vida de uma família são abordados na história de Takashi e Matsuko (o pai e a mãe), Shige (a mãe de Matsuko), Noboru (o filho de 13 anos), Nonoko (a filha de 5 anos) e Pochi (o cão da família).

Durante a produção, o diretor Isao Takahata decidiu optar por um estilo de arte de fotos aquarela. Para tanto, o filme precisou ser inteiramente pintado em computador, fazendo dessa a primeira produção digital do Studio Ghibli.

20. Eu Posso Ouvir o Oceano

filmes studio ghibli

  • Nota: 6,8
  • Ano: 1993

Este filme acompanha um triângulo amoroso entre dois melhores amigos e uma nova estudante que é transferida para a escola que eles frequentam. Baseado na light novel homônima escrita por Saeko Himuro, foi uma produção feita para a TV (telefilme).

Desenvolvido como uma iniciativa do Studio Ghibli de proporcionar aos seus funcionários mais jovens a oportunidade e fazer um filme razoavelmente barato, o longa não obteve o mesmo sucesso das demais produções Ghibli.

21. Contos de Terramar

filmes studio ghibli

  • Nota: 6,5
  • Ano: 2006

Parcialmente baseado nos quatro primeiros livros da franquia Terramar - A Wizard of Earthsea, The Tombs of Atuan, The Farthest Shore e Tehanu - este filme animado tem início quando algo estranho e assustador acontece no Reino de Terramar: a vinda dos dragões.

Na trama, acompanhamos Ged, um poderoso arquimago que decide partir em viagem para investigar o motivo da imigração dos dragões; o príncipe Arren, um jovem atormentado por seu passado que pode usar o poder do ódio e da crueldade a seu favor; Theru, uma garota misteriosa a quem Arren protege com seus poderes; e Cob, uma poderosa bruxa rival de Ged que tentará usar os poderes de Arren para benefício próprio.