Chernobyl | O que realmente aconteceu com todos aqueles cachorros?

Chernobyl retrata os acontecimentos que aconteceram durante e depois do trágico acidente nuclear que aconteceu na cidade com o mesmo nome, em 1986.

A série tem gerado alguma polêmica pois retrata com grande detalhe o que aconteceu na cidade ucraniana, mostrando os horrores causados pela radiação e a tentativa por parte dos Soviéticos em mascarar o que realmente se estava pensando na central nuclear de Chernobyl.

Contudo, existe uma cena no episódio quatro de Chernobyl que tem deixado todo mundo falando disso, onde vemos um grupo de três soldados soviéticos sendo ordenados a matar todos os cachorros que estavam na cidade.

O que realmente aconteceu?

chernobyl

Infelizmente o final de grande parte dos animais em Chernobyl não teve um final feliz. Os habitantes tiveram de abandonar a cidade em menos de 50 minutos, após passadas 36 horas da explosão do reator quatro, deixando tudo para trás.

Os habitantes foram evacuados, sendo colocados em ônibus que os levariam para Kiev, contudo seus animais de estimação tiveram que ser deixados para trás por ordem dos oficiais Soviéticos, pois eles poderiam espalhar ainda mais radiação.

Foi mesmo por isso que os mesmos oficiais Soviéticos ordenaram que os soldados abatessem todos os cachorros que encontrassem em Chernobyl, para evitar que a radiação fosse espalhada. Contudo essa era uma missão quase impossível e hoje ainda existem cerca de 300 cachorros vivendo na cidade de Pripyat.

Grande parte desses cachorros ainda transporta elevados níveis de radioatividade, sendo que a maioria deles não passa dos seis anos de idade, acabando por morrer por envenenamento radiativo.

FIQUE LIGADO:

Chernobyl | Foi o bombeiro Vasily Ignatenko uma pessoa real?

Chernobyl | Descubra os mitos e as realidades da série!

Chernobyl | TUDO o que você precisa de saber sobre o último sucesso da HBO!