Aquaman, além de ser o super-herói submarino da DC, é o rei de Atlantis. Contudo, um rei não governa sozinho, e para isso precisa de conselheiros. É ai que entra Vulko, um antigo servo da família real e indubitavelmente um homem leal a Atlantis... talvez seja leal até demais.

Conselheiro real de Atlantis

conselheiro

Nuidis Vulko é um cidadão de Atlantis que trabalhava como conselheiro da família real, sendo extremamente leal a essa. Servia à rainha Atlanna, cujo casamento com o rei Orvax era infeliz e apenas uma jogada política para conseguir o apoio do exército atlante. O que Atlanna realmente queria era se afastar dessa vida de realeza e voltar para sua família na superfície, ao lado de seu filho Arthur Curry. Quando Orvax morreu, Atlanna viu ai uma oportunidade de fuga e Vulko a ajudou a se preparar.

Estava tudo certo para que Atlanna fugisse para a superfície junto de Orm, filho que tivera com Orvax, mas um desastre aconteceu. Atlanna foi assassinada uma noite antes que pudesse fugir. Vulko prontamente desconfiou de que fora Orm quem matou a rainha. Entretanto, os leais a Orm se voltaram contra Vulko e tentaram capturá-lo. Vulko fugiu de Atlantis e foi para o mundo da superfície em busca de uma salvação para seu reino.

Vida no mundo da superfície

superficie

O ex-conselheiro vagou por anos pelo mundo da superfície até que, por fim, encontrou Arthur Curry, o Aquaman, na costa da Noruega. Vulko mostrou Atlantis para Aquaman e disse que o reino era dele por direito. Também deu a ele um mapa que o levaria ao Arsenal do Rei Morto, onde o herói poderia se armar com os mais poderosos artefatos de Atlantis.

Aquaman se tornou o rei de Atlantis e Vulko retornou ao seu papel de conselheiro. Contudo, isso não durou muito tempo. Aquaman, desconfortável com sua posição de realeza, preferia utilizar seus poderes a serviço do mundo e abandonou o trono de Atlantis. Com isso, Vulko também foi destituído de sua posição e mais uma vez foi morar na superfície. 

Aliança com o inimigo

alianca

Essa aposentadoria não foi do agrado de Vulko, que novamente resolveu influenciar a política de Atlantis, porém de modo mais incisivo dessa vez. Vulko contratou os serviços de Arraia Negra, inimigo de Aquaman, para atacar Atlantis com mísseis. Isso fez com que Orm, então rei de Atlantis, declarasse guerra ao mundo da superfície.

A intenção de Vulko por trás disso tudo era fazer com que Aquaman retornasse a ativa e reassumisse o trono de Atlantis. O plano deu certo. Aquaman derrotou as tropas do rei Orm e reassumiu o trono de Atlantis, mas descobriu todos os planos de Vulko. Dessa vez Vulko não voltou a ser conselheiro e aceitou sua punição e aprisionamento. Um preço que estava disposto a pagar para ver Atlantis sob o governo justo de Aquaman.

Poderes e habilidades

poderes

Vulko, por ser um atlante, possui uma fisiologia diferente de um ser humano normal. Seu organismo é adaptado para viver em ambientes aquáticos, resistindo às altas pressões e podendo respirar debaixo da água. Além disso, entre essas adaptações, estão  super-resistência, superforça e vigor superdesenvolvido.

Contudo, Vulko não é um guerreiro ou mesmo alguém muito ligado à ação. Sua área de atuação é mais intelectual. Como um conselheiro, Vulko põe seus conhecimentos de ciência política, historiografia e até mesmo ocultismo a serviço da realeza de Atlantis.

Vulko é um personagem confirmado no filme solo do Aquaman, que possui data de estreia para 20 de dezembro de 2018. Vulko será interpretado pelo ator Willem Dafoe.