Vingadores: Guerra Infinita | Dizimação de Thanos quase aconteceu em 'Ultimato'!

O Universo Cinematográfico da Marvel é mais complexo do que parece. Alinhar tantas histórias dentro de uma única narrativa é um trabalho delicado meticulosamente estudado.

A participação de Thanos como principal vilão da Fase 3 da Marvel já era há muito planejada. As dúvidas, no entanto, seriam sobre quando o Titã estalaria os dedos e causaria toda a sua destruição. E, de acordo com um dos roteiristas, todos esses eventos aconteceriam originalmente em Vingadores: Ultimato!

Mudança de planos

Thanos

Em entrevista à Empire Magazine, o roteirista Stephen McFeely revelou que, nas primeiras versões do script, a destruição causada por Thanos deveria ter ocorrido na primeira metade de Vingadores: Ultimato, não em Vingadores: Guerra Infinita.

Para McFeely, havia tanto para se contar em Guerra Infinita que talvez aquele não fosse o melhor momento para a dizimação.

"Nós tínhamos muita história nos primeiros rascunhos de Guerra Infinita, e pensamos que talvez não devêssemos fazer o estalar de dedos até o final do primeiro ato do Ultimato."

No entanto, a decisão de adiantar a dizimação de Thanos para Guerra Infinita partiu do próprio Kevin Feige, presidente da Marvel Studios. Segundo McFeely, o assunto foi discutido por anos e, no final das contas, essa era a decisão mais chocante que eles poderiam tomar para encerrar o filme.

Vingadores: Ultimato estreia dia 25 de abril nos cinemas brasileiros.