Você sabe quem são os maiores perdedores da história do Oscar?

O Oscar 2018 se aproxima e alguns filmes já chamam a atenção pelo número de nomeações que possuem em diferentes categorias. É o caso de A Forma da Água (The Shape of Water, 2017), com 13 indicações. No entanto, ter muitas indicações não necessariamente significa que ganhará algo. Ranqueamos aqui, do menor para o maior, os filmes que tinham grandes chances de levar vários Oscar para casa, mas que saíram de mão abanando.

Um Sonho de Liberdade (The Shawshank Redemption, 1994)

Um sonho de liberdade

7 nomeações

Apesar de ser considerado um dos melhores filmes já feitos, assumindo o primeiro lugar da lista do IMDB, Um Sonho de Liberdade não teve sorte na premiação do Oscar. Entre as categorias que foi nomeado, estavam melhor filme, ator, fotografia, roteiro adaptado, edição, som e trilha sonora. Como estamos falando dos maiores perdedores, dá para concluir que este filme não levou nenhuma estatueta dourada para casa. O grande campeão da noite foi Forrest Gump.

Outros filmes que também tiveram 7 indicações, mas não ganharam nenhum Oscar: O Poderoso Chefão III (The Godfather: Part III, 1990) e Pacto de Sangue (Double Indemnity, 1944). 

O Homem Elefante (The Elephant Man, 1980)

O Homem Elefante

8 nomeações

Filme dirigido pelo já então cultuado e respeitado David Lynch e que contava com a atuação do talentosíssimo John Hurt no papel principal. O drama baseado em uma história real conta a história de John Merrick, um homem que viveu no Século XIX e que sofria na sociedade pela má formação de seu corpo. Tinha tudo para ser o grande filme da cerimônia de 1981, mas não foi. Saiu de bolsos vazios.

Outro filme que teve oito indicações ao Oscar, mas não ganhou nenhuma estatueta foi Vestígios do Dia (The Remains of the Day, 1993).

Pérfida (The Little Foxes, 1941)

Pérfida

9 nomeações

Esse drama sobre as traições dentro de uma família era um dos filmes favoritos do Oscar de 1942. Concorria na categoria de melhor filme contra outros grandes filmes, como O Falcão Maltês (The Maltese Falcon, 1941) e Cidadão Kane (Citizen Kane, 1941) de Orson Welles. Nenhum dos três ganhou a estatueta, que foi para o filme Como Era Verde o Meu Vale (How Green Was My Valley, 1941).

Outro filme com desempenho igual a Pérfida foi A Caldeira do Diabo (Peyton Place, 1957), que também foi indicado a no categorias e não ganhou nenhum prêmio.

Gangues de Nova York (Gangs of New York, 2002)

Gangues de Nova York

10 nomeações

Há muito tempo se sabe da competência e da qualidade dos filmes de Martin Scorsese. No entanto, a Academia demorou muito para reconhecer seu trabalho, que só aconteceu em 2007, pelo filme Os Infiltrados (The Departed, 2006). Antes disso, tudo indicava que o prêmio viria em 2003, pelo filme Gangues de Nova York, que foi indicado a 10 categorias diferentes, incluindo a de Melhor Diretor.

Não foi dessa vez. O melhor filme daquele ano foi o musical Chicago (Chicago, 2002) e o de Melhor Diretor foi para Roman Polanski, pelo filme O Pianista (The Pianist, 2002).

Bravura Indômita (True Grit, 2010)

Bravura indômita

10 nomeações

Este filme dos Irmãos Coen é a regravação de um aclamado western estrelado pelo lendário John Wayne. Para fazer jus ao filme original, os diretores escalaram um elenco de peso, com Jeff Bridges no papel principal, Matt Damon e Josh Brolin em papéis secundário. Parecia ser a receita perfeita para o Oscar, mas, pelo jeito, a receita desandou. O filme não se saiu bem em nenhuma das 10 categorias que concorria. 

A Trapaça (American Hustle, 2013)

A Trapaça

10 nomeações

O filme mais recente a fazer parte desta lista. A comédia dramática de David O. Russell que conta a história de um grupo de trambiqueiros que se envolvem com o FBI era um dos filmes favoritos do ano e contava um elenco já vencedor de Oscar. No entanto, a maioria dos prêmios da noite foram divididos entre Gravidade (Gravity, 2013) e 12 Anos de Escravidão (12 Years a Slave, 2013), que não deixaram nada para A Trapaça

Momento de Decisão (The Turning Point, 1977)

Momento de decisão

11 nomeações

Este drama sobre ballet estava cotado nas principais categorias da Cerimônia do Oscar, e realmente tinha boas chances de ganhar. No entanto, para o azar de Momento de Decisão, concorreu contra Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (Annie Hall, 1977), considerado até hoje como um dos melhores, senão o melhor, filme de Woody Allen. Além disso, outro concorrente foi Star Wars, fenômeno sem precedências da história do cinema. Obviamente, Momento de Decisão ficou sem nada.

A Cor Púrpura (The Color Purple, 1985)

A cor Púrpura

11 nomeações

Nem mesmo o diretor de cinema mais famoso do mundo está a salvo de ser um fiasco no Oscar. Muitos fatores indicavam que o filme de Steven Spielberg levaria várias estatuetas do Oscar para a casa, mas todos se provaram errados. A Cor Púrpura é baseado em um romance best seller vencedor do prêmio Pulitzer. Whoopi Goldber, no auge de sua carreira, concorria na categoria de melhor atriz. Na categoria de atriz coadjuvante, o filme contava com duas indicações, com os nomes de Oprah Winfrey e Margaret Avery.

Entretanto, a derrota que mais chamou a atenção foi na categoria de melhor diretor. Pois Steven Spielberg já havia ganhado um prêmio nessa mesma categoria, pelo mesmo filme, na Guilda dos Diretores da América. Por sua vez, o Oscar foi diferentão e resolveu não conceder essa estatueta para o diretor. O primeiro Oscar de Spielberg só viria alguns anos mais tarde com A Lista de Schindler (Schindler's List, 1993).

Não um filme, mas uma pessoa. O caso Kevin O'Connell

O'Connell

21 nomeações

Apesar de todos esses filmes acima serem os maiores casos de decepção no Oscar, nenhum deles supera Kevin O'Connell. Não é um filme, mas sim uma pessoa, um designer de som, para ser mais preciso. DiCaprio nem sequer chegou aos pés de O'Connell, que já foi indicado 20 vezes em ao longo dos vários anos de sua carreira sem nunca ganhar nada. Finalmente ganhou uma estatueta pelo filme Até o Último Homem (Hacksaw Ridge, 2016) na cerimônia de 2017.

Algumas das obras que lhe concederam nomeações foram: Questão de Honra (A Few Good Men, 1992). Armageddon (Armageddon, 1998). Homem-Aranha (Spider-man, 2002). Transformers (Transformers, 2007).

O que achou da lista? E quais são suas esperanças quanto ao desempenho de A Forma da Água? Espera que o filme seja o grande ganhador da noite ou prefere vê-lo afundar e se tornar mais um item desta lista?