Netflix vai produzir adaptação de Cem Anos de Solidão!

A popularização dos serviços de streaming tem gerado benefícios para os fãs de conteúdo audiovisual de qualidade. A variedade de temas e abordagens, que vão desde séries de super heróis a documentários, faz com que tenha produções para todos os gostos e públicos.

E os fãs de literatura acabam de ganhar um presente da Netflix: o serviço de streaming acaba de anunciar que adquiriu os direitos de Cem Anos de Solidão, um clássico da literatura mundial.

Do prêmio nobel para as telinhas

Gabriel Garcia Marquez

Cem Anos de Solidão, do escritor colombiano Gabriel García Marquez, nunca havia recebido uma adaptação. Os herdeiros do autor, que possuem os direitos da obra ganhadora do Nobel de Literatura, nunca haviam permitido, até então, que produções baseadas no livro fossem feitas.

Segundo Rodrigo García, filho mais velho do escrito, seu pai teria recusado diversas propostas de levar a obra para os cinemas. O autor temia que as produções não fossem bem contadas nas telonas. Outro entrave era a exigência de Marquez em que uma possível adaptação continuasse na sua língua original, o espanhol.

Ao The New York Times, Rodrigo García falou sobre o que teria feito mudar sua ideia a respeito de uma adaptação.

Nos últimos três ou quatro anos, o nível e prestígio e sucesso das séries cresceram tanto. A Netflix foi uma das primeiras a provar que as pessoas estão mais dispostas do que nunca a ver séries produzidas em idiomas estrangeiros com legendas. Tudo isso já não parece mais ser um problema.

O livro acompanha a história da família Buendía ao longo de um século, como o título sugere. Fundadores da cidade colombiana fictícia de Macondo, os membros dos Buendía vivem histórias mágicas e dramáticas, num estilo que ficou conhecido como realismo mágico.

O que se sabe sobre a produção até agora é que terá o formato de mini-série e será filmada em terras colombianas. Segundo o The New York Times, a Netflix já procura atores renomados da América Latina para integrarem o elenco.

Cem Anos de Solidão ainda não tem previsão de estreia.